Após 71 voltas, prova texana é cancelada por causa da chuva

Nova prova foi reagendada para 27 de agosto, com reinício na volta 72. Fortíssimo acidente entre Newgarden e Daly marcou corrida no oval de Forth Worth

Após 71 voltas, prova texana é cancelada por causa da chuva
James Hinchcliffe, Schmidt Peterson Motorsports Honda, Marco Andretti, Andretti Autosport Honda, Ryan Hunter-Reay, Andretti Autosport Honda
Conor Daly, Dale Coyne Racing Honda and Josef Newgarden, Ed Carpenter Racing Chevrolet in huge crash
Jack Hawksworth, A.J. Foyt Enterprises Honda
Carlos Munoz, Andretti Autosport Honda, Helio Castroneves, Team Penske Chevrolet
Carlos Munoz, Andretti Autosport Honda

A chuva foi mais forte do que todos os pilotos da Indy que estiveram no oval do Texas Motor Speedway neste final de semana. Depois de provocar o adiamento da largada de sábado à noite para domingo à tarde, ela voltou a aparecer durante a prova causando uma bandeira vermelha que interrompeu a disputa na volta 71.
Após nova espera de mais de duas horas, a corrida acabou cancelada e reagendada para o dia 27 de agosto. O novo evento terá apenas uma sessão de treinos e o reinício será na volta 72. Como a prova não atingiu as 125 voltas necessárias (de um total de 248) para valerem os pontos totais, a Indy optou pelo cancelamento.
Até então, a corrida teve poucas mudanças na ponta, um fortíssimo acidente e uma trapalhada em um dos pit stops. A ordem final foi praticamente uma loteria já que a corrida havia sido interrompida logo após a parada de muitos carros nos boxes: James Hinchcliffe, da equipe Schmidt Peterson, em primeiro; Ryan Hunter-Reay, da Andretti, em segundo; e Mikhail Aleshin (Schmidt Peterson) em terceiro. E de quebra ainda houve uma polêmica sobre quem estava à frente na saída do pitlane na hora da paralisação. Com o cancelamento, essa será a ordem da relargada no dia 27 de agosto.


AS 71 VOLTAS DA PROVA

Depois de ter conquistado sua primeira pole na carreira, o piloto colombiano Carlos Munoz manteve a ponta na primeira parte, até começarem as paradas nos boxes, na volta 33. Logo após a largada, Helio Castroneves, que havia saído em terceiro, pulou para a segunda posição. Tony Kanaan largou em oitavo e chegou a travar duelo com Newgarden pela quarta posição antes de seu carro começar a perder performance a partir da volta 20. 
O momento mais tenso aconteceu na 43ª passagem. Conor Daly perdeu o controle em uma saída de curva e bateu no carro de Josef Newgarden, jogando-o no muro. O acidente foi muito forte. Tombado, o carro da equipe Carpenter deslizou pela pista se arrastando pelo muro e ficou completamente destruído. Ao sair do carro, Newgarden desfaleceu nos braços dos comissários. Em seguida voltou a ficar consciente e apontou problemas no ombro. Foi retirado da pista pelo resgate e levado para o hospital com lesões no ombro e no pulso direito, mas aparentemente sem nada mais sério.
Ainda sob bandeira amarela, a equipe AJ Foyt soltou o carro de Jack Hawksworth com uma mangueira presa. Ela chicoteou e atingiu um mecânico, também sem gravidade.
Por conta do acidente entre Daly e Newgarden a corrida ficou sob bandeira amarela por um longo período, até a volta 71. Foi quando a chuva voltou a cair sobre o oval e paralisou a prova.
Agora a Indy levanta acampamento e segue para Elkhart Lake, no Wisconsin, para a prova no circuito Road America, no dia 26.

compartilhar
comentários
Veja o forte acidente entre Daly e Newgarden no Texas
Artigo anterior

Veja o forte acidente entre Daly e Newgarden no Texas

Próximo artigo

Newgarden quebrou a clavícula e fraturou a mão

Newgarden quebrou a clavícula e fraturou a mão
Carregar comentários