IndyCar
16 ago
-
18 ago
Evento encerrado
22 ago
-
24 ago
Evento encerrado
30 ago
-
01 set
Evento encerrado
20 set
-
22 set
Evento encerrado

Sem Pocono e com Richmond, IndyCar revela calendário de 2020

compartilhar
comentários
Sem Pocono e com Richmond, IndyCar revela calendário de 2020
Por:
1 de set de 2019 19:33

Mais importante categoria norte-americana de monopostos divulga provas da próxima temporada

Após o polêmico acidente envolvendo Takuma Sato, Alexander Rossi, Ryan Hunter-Reay e companhia na etapa de Pocono desta temporada, a IndyCar acaba de anunciar que a pista não está no calendário da categoria para o ano que vem. O circuito substituto é o de Richmond, que voltará ao principal campeonato norte-americano de monopostos pela primeira vez desde 2009. Disputada à noite, prova será a 11ª de 17 compromissos agendados.

O CEO da IndyCar, Mark Miles, declarou: “Temos o prazer de retornar à região do Meio-Atlântico, que sabemos estar cheia de fãs da IndyCar. Também estamos animados em voltar ao histórico Richmond, que foi recentemente repaginado com um projeto de reconstrução de US $ 30 milhões. Isso modernizou o circuito interno para uma melhor experiência dos fãs".

Leia também:

O presidente da pista, Dennis Bickmeier, acrescentou: “A história do Richmond Raceway no automobilismo remonta a 1946, quando a pista sediou dois eventos do AAA Championship Car. Depois de hospedar a Indy de 2001 a 2009, agora esperamos o retorno da IndyCar como parte de um festival de velocidade no Meio-Atlântico de 26 a 27 de junho de 2020”.

O calendário também tem outras alterações notáveis. O Circuito das Américas, no Texas, deixa de ser a segunda prova do ano e passa a ser a quarta. Já a etapa de Mid-Ohio será atrasada para meados de agosto, deixando um intervalo de três semanas após a corrida disputada em Iowa. A mudança se deve aos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020.

Outro intervalo alterado está entre a penúltima e a última rodada, novamente em Portland e Laguna Seca, respectivamente, que foi reduzido de três semanas para duas. A composição do cronograma deixa a IndyCar em 2020 correndo em sete pistas permanentes, cinco circuitos de rua e cinco ovais.

Calendário de provas da IndyCar em 2020

15 de março: St. Petersburg

05 de abril: Birmingham, Alabama

19 de abril: Long Beach

26 de abril: Circuito das Américas

09 de maio: Indianápolis Road Course

24 de maio: 500 Milhas de Indianápolis

30 de maio: Detroit 1

31 de maio Detroit 2

06 de junho: Texas Motor Speedway

21 de junho: Road America

27 de junho: Richmond Raceway

12 de julho: Toronto, Canadá

18 de julho: Iowa Speedway

16 de agosto: Mid-Ohio Sports Car Course

22 de agosto: Gateway

6 de setembro: Portland International Raceway

20 de setembro: Laguna Seca

Etapa de Portland de 2019

A prova acontece neste domingo e pode ser decisiva para a definição do vencedor do atual campeonato. No entanto, os principais concorrentes - Josef Newgarden, Alexander Rossi, Simon Pagenaud e Scott Dixon - largam no meio do bolo. Os brasileiros Tony Kanaan e Matheus Leist também não tiveram sorte na classificação e começam do fundo do grid. O pole foi Colton Herta, novato prodígio e recordista da categoria norte-americana de monopostos.

Gerações estelares de clãs da IndyCar

A expectativa pelo futuro de Herta já é uma realidade mais do que palpável, uma vez que o norte-americano vem dando dor de cabeça aos consagrados veteranos da Indy. O jovem também representa mais um episódio de envolvimento de diferentes gerações de uma mesma família na categoria. Entre os clãs, está o do brasileiro Emerson Fittipaldi, bicampeão da Fórmula 1 e das 500 Milhas de Indianápolis, e seu sobrinho Christian, vice-campeão da Indy 500. Confira abaixo:

Galeria
Lista

Colton e Bryan Herta

Colton e Bryan Herta
1/17

Foto de: Michael L. Levitt LAT Photo USA

Caso mais recente de diferentes gerações de uma mesma família na IndyCar. O pai teve resultados consistentes, mas o filho tem tudo para superar as marcas de Bryan

Bryan Herta

Bryan Herta
2/17

Foto de: Geoffrey M. Miller / Motorsport Images

Contando as épocas de CART, Champ Car e Indy, Bryan soma 10 pole positions e 4 vitórias. Ele foi oitavo em três temporadas. O patriarca é mais famoso por chefiar equipe própria que levou Dan Wheldon à vitória nas 500 Milhas de Indianápolis em 2011. Herta também fez parceria com Michael Andretti no time que deu a Alexander Rossi o triunfo da Indy 500 de 2016

Colton Herta

Colton Herta
3/17

Foto de: Michael L. Levitt LAT Photo USA

Em sua primeira temporada completa, o filho já quebrou os recordes de vencedor mais jovem e pole mais novo. Tudo isso com 19 anos. O futuro é mais do que promissor para Colton

Marco, Michael e Mario Andretti

Marco, Michael e Mario Andretti
4/17

Foto de: IndyCar Series

O 'clã' Andretti é um dos mais famosos do automobilismo mundial. As gerações mais antigas estão diretamente envolvidas no meio até hoje

Mario Andretti

Mario Andretti
5/17

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

Tudo por causa de Mario Andretti, uma verdadeira lenda do esporte a motor. O norte-americano de origem italiana ganhou a Indy 500 em 1969, foi campeão da Fórmula 1 em 1978 e retornou aos Estados Unidos para conquistar a temporada 1984

Michael Andretti

Michael Andretti
6/17

Foto de: Michael L. Levitt LAT Photo USA

Michael também teve uma carreira de sucesso, embora tenha fracassado em sua passagem na Fórmula 1 como companheiro de Ayrton Senna na McLaren em 1993. O norte-americano foi campeão da Indy em 1991 e venceu 42 corridas na categoria, com 32 poles

Marco Andretti

Marco Andretti
7/17

Foto de: Geoffrey M. Miller / Motorsport Images

Filho de Michael, Marco ainda não repetiu as glórias das gerações anteriores, mas tem sólida carreira na Indy. O piloto tem 20 pódios, 5 poles e duas vitórias. Com 32 anos, ainda tem tempo para conquistas com a equipe da família

Bobby Rahal e Graham Rahal

Bobby Rahal e Graham Rahal
8/17

Foto de: Michael L. Levitt LAT Photo USA

Outro clã norte-americano de sucesso, os Rahal têm no patriarca um exemplo de sucesso

Bobby Rahal

Bobby Rahal
9/17

Foto de: IndyCar Series

Ele é tricampeão da Indy (1986, 1987 e 1992) e venceu uma edição das 500 Milhas de Indianápolis, em 1986. Além disso, já trabalhou na parte administrativa da Jaguar na F1 e é um dos sócios da equipe pela qual seu filho corre, a Rahal Letterman Lanigan (RLL)

Graham Rahal

Graham Rahal
10/17

Foto de: Art Fleischmann

Graham já tem 24 pódios, 6 vitórias e 3 poles na Indy. Com 30 anos, o filho de Bobby ainda tem bastante tempo para chegar às conquistas

Al Unser, Jr., Al Unser III, Bobby Unser e Al Unser, Sr.

Al Unser, Jr., Al Unser III, Bobby Unser e Al Unser, Sr.
11/17

Foto de: Earl Ma

O clã Unser é o maior vencedor da história das 500 Milhas. Com três diferentes campeões de duas gerações, a família conquistou nove triunfos na Indy 500

Bobby Unser

Bobby Unser
12/17

Foto de: Indianapolis Motor Speedway

O representante mais velho do clã é Bobby, que venceu as 500 Milhas três vezes (1968, 1975 e 1981). Ele também chegou a disputar uma corrida na F1, com a BRM, em 1968

Al Unser

Al Unser
13/17

Foto de: Indianapolis Motor Speedway

Ao lado de Rick Mears e AJ Foyt, Al é um dos maiores vencedores de toda a história das 500 Milhas, com quatro conquistas (1970, 1971, 1978 e 1987)

Al Unser Jr

Al Unser Jr
14/17

Foto de: IndyCar Series

Filho de Al e sobrinho de Bobby, 'Junior' venceu as 500 Milhas duas vezes, em 1992 e 1994. Neste último ano, conquistou o título da Indy, assim como em 1990

Christian Fittipaldi e Emerson Fittipaldi

Christian Fittipaldi e Emerson Fittipaldi
15/17

Foto de: Gridwork

O último clã desta lista é brasileiro. Os Fittipaldi são um exemplo de sucesso em diversas áreas do automobilismo mundial. Hoje representada pelos irmãos Pietro e Enzo, a família teve em Emerson seu primeiro grande campeão

Emerson Fittipaldi

Emerson Fittipaldi
16/17

Foto de: IndyCar Series

A bordo da Lotus, o 'Rato' conquistou seu primeiro título da F1 em 1972, com direito a narração de seu pai, o radialista Wilson Fittipaldi, o Barão. O bi veio em 1974, com a McLaren. Nos Estados Unidos, conquistou o título da Indy em 1989, mesmo ano em que venceu as 500 Milhas pela primeira vez. Em 1993, veio o bi da Indy 500

Christian Fittipaldi

Christian Fittipaldi
17/17

Foto de: David Magahy

Sobrinho de Emerson e filho de Wilsinho, que também correu na F1, Christian passou pelas duas categorias. Na Indy, seu resultado de maior destaque foi o segundo lugar na Indy 500 de 1995, vencida por Jacques Villeneuve. Além disso, Christian venceu 2 corridas na categoria e subiu em 20 pódios, além de ter feito uma pole

Próximo artigo
Herta supera Power e Newgarden fica pelo caminho em briga por pole

Artigo anterior

Herta supera Power e Newgarden fica pelo caminho em briga por pole

Próximo artigo

Indy: Power aproveita problema de Dixon e vence etapa de Portland

Indy: Power aproveita problema de Dixon e vence etapa de Portland
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria IndyCar
Autor David Malsher