Le Mans: Negrão vê Alpine “na briga”, mesmo com domínio da Toyota

Piloto da equipe francesa se coloca como melhor brasileiro no grid da mais importante corrida de longa duração do planeta

#36 Alpine Elf Matmut Alpine A480 - Gibson Hypercar, Andre Negrao, Nicolas Lapierre, Matthieu Vaxiviere

Eric Le Galliot

A Alpine, time que conta com o brasileiro André Negrão e os franceses Nicolas Lapierre e Matthieu Vaxiviére, garantiu a terceira posição no grid de largada para as 24 Horas de Le Mans. Ao registrar 3min25s574 para os 13.626 metros do longo traçado às margens do rio Sarthe, o trio garantiu sua melhor volta na semana de treinos na Hyperpole, sessão realizada nesta quinta-feira (19) que definiu as principais posições de largada para a corrida, marcada para o sábado.

Leia também:

O time francês, que volta a disputar a principal classe do Mundial de Endurance nesta temporada, foi superado apenas pelos dois hipercarros da Toyota Gazoo Racing, equipe que ficou com a pole position com o trio formado por Kamui Kobayashi (Japão), José María López (Argentina) e Mike Conway (Inglaterra). Apesar disso, Negrão acredita que a Alpine pode desafiar os pilotos da equipe japonesa, atual tricampeã da prova, na corrida deste final de semana.

“Em uma prova de 24 horas, a posição de largada não é tão determinante para o resultado final”, disse Negrão, que foi campeão de Le Mans em 2018 e 2019 na categoria LMP2, a segunda na hierarquia da prova. “O importante é estarmos próximos dos líderes, no caso os Toyota, para podermos batalhar com eles durante a prova. Em 24 horas de corrida, muita coisa vai acontecer e apesar da vantagem deles por gastarem menos combustível e por fazerem menos pit stops, nós estamos na briga. Agora vamos repassar a estratégia de corrida para tentar essa vitória no domingo”, disse Negrão.

André terá a companhia de outro brasileiro na segunda fila do grid de largada. Pipo Derani, piloto do Glickenhaus número #708, partirá da quarta posição na corrida deste sábado. Outros dois pilotos do Brasil disputaram a Hyperpole: Daniel Serra garantiu a segunda posição no grid da LMGTE-Pro com a Ferrari 488 GTE Evo da AF Corse, enquanto Felipe Fraga largará da sexta posição na LMGTE-Am com um Aston Martin Vantage AMR da TF Sport.

Além dos pilotos que participaram da Hyperpole, outros dois competidores do Brasil não se classificaram para a disputa das poles positions de todas as categorias realizada hoje. Felipe Nasr, da Risi Competizione, partirá da 14ª posição entre os competidores da LMP2, enquanto Marcos Gomes inicia a corrida no 15º posto da LMGTE-Am com um Aston Martin Vantage AMR da Aston Martin.

F1: Saiba detalhes da REUNIÃO SECRETA que poderia sacramentar SENNA na FERRARI dias antes de morrer

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Qual piloto merece uma segunda chance na F1?

 

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Le Mans: Kobayashi lidera dobradinha da Toyota e conquista pole position
Próximo artigo Le Mans: Gomes confiante para desafio das 24 Horas na LMGTE-Am

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil