Ex-MotoGP leva tiro de pistola de ar na cabeça em parque nos Estados Unidos e sobrevive

Incidente aconteceu nos Estados Unidos na quarta-feira; piloto divulgou imagem em suas redes sociais do ferimento

Ex-MotoGP leva tiro de pistola de ar na cabeça em parque nos Estados Unidos e sobrevive

O ex-piloto do Mundial de Motovelocidade Miguel Duhamel passou por um grande susto na última quarta (24). O canadense andava de bicicleta no Parque Estadual Red Rock Canyon, na Califórnia, Estados Unidos quando foi baleado, com tiros vindos de uma pistola de ar comprimido.

Felizmente, o canadense, de 52 anos, não teve nenhuma sequela. Em suas redes sociais, ele postou imagens do ferimento.

Leia também:

Segundo Duhamel, ele viu um carro atrás de sua bicicleta e chegou a ouvir o barulho dos disparos, antes de sentir a descarga de gás. Com dor na cabeça, ele tirou o capacete e percebeu o sangramento. Sua situação foi atenuada por causa do capacete e do boné que ele usava.

Miguel Duhamel

Miguel Duhamel

Photo by: Reprodução

O ex-piloto foi socorrido rapidamente por paramédicos que estavam próximos do local. A polícia ainda não sabe o motivo nem quem são os envolvidos.

Duhamel é filho de Yvon Duhamel, piloto de motos e membro do Hall da Fama do Esporte a Motor canadense. Sua carreira nas principais categorias de moto começou na década de 80, quando tinha 20 anos.

Em 1992, ele fez sua única temporada no mundial de motovelocidade, correndo pela Yamaha na 500cc, a principal classe da época. Seu melhor resultado foi um quinto lugar no GP do Brasil, que foi realizado em Interlagos. Duhamel voltou à MotoGP 15 anos depois, fazendo uma participação especial no GP dos Estados Unidos, em Laguna Seca, mas não chegou a terminar a prova.

Depois de sua passagem pelo mundial de motovelocidade, focou sua trajetória em campeonatos de Superbike, onde obteve grande sucesso.

Raio-X de Hamilton: veja a metamorfose e as histórias inéditas do maior piloto da F1 na atualidade

PODCAST #054: Sérgio Sette Câmara detalha protocolos para a volta da F1

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
MotoGP: Empresário de Dovizioso espera renovação com Ducati antes do início do mundial e não vê Lorenzo como ameaça
Artigo anterior

MotoGP: Empresário de Dovizioso espera renovação com Ducati antes do início do mundial e não vê Lorenzo como ameaça

Próximo artigo

ANÁLISE: O calendário reduzido da MotoGP não deve ameaçar o domínio de Marc Márquez

ANÁLISE: O calendário reduzido da MotoGP não deve ameaçar o domínio de Marc Márquez
Carregar comentários