Invicto nos EUA desde 2011, Márquez busca virada em Austin

Imbatível nos Estados Unidos desde a Moto2, Marc Márquez busca recuperação em Austin; desde primeira edição, GP das Américas viu somente espanhol como vencedor; confira galeria e relembre

Invicto nos EUA desde 2011, Márquez busca virada em Austin
Marc Márquez possui um histórico impressionante nos EUA, que poderia ter começado ainda nas 125cc. Em 2010, o espanhol caiu enquanto liderava. Na Moto2, em 2011 e 2012, o espanhol venceu em Indianápolis.
Marc Márquez possui um histórico impressionante nos EUA, que poderia ter começado ainda nas 125cc. Em 2010, o espanhol caiu enquanto liderava. Na Moto2, em 2011 e 2012, o espanhol venceu em Indianápolis.
1/10

Foto de: Repsol Media

Em 2013, ano da estreia do GP das Américas, Austin foi o palco da primeira vitória de Márquez na MotoGP.
Em 2013, ano da estreia do GP das Américas, Austin foi o palco da primeira vitória de Márquez na MotoGP.
2/10

Foto de: Repsol Media

2013 foi o último ano de Laguna Seca como sede do GP dos EUA. E Márquez venceu com uma ultrapassagem sobre Valentino Rossi no 'saca-rolha' - manobra similar à que Rossi executou sobre Casey Stoner, em 2008.
2013 foi o último ano de Laguna Seca como sede do GP dos EUA. E Márquez venceu com uma ultrapassagem sobre Valentino Rossi no 'saca-rolha' - manobra similar à que Rossi executou sobre Casey Stoner, em 2008.
3/10

Foto de: Repsol Media

Veio ainda o GP de Indianápolis no mesmo ano e Márquez completou a trinca com mais um triunfo. No final do ano, o espanhol conquistou o primeiro título na MotoGP.
Veio ainda o GP de Indianápolis no mesmo ano e Márquez completou a trinca com mais um triunfo. No final do ano, o espanhol conquistou o primeiro título na MotoGP.
4/10

Foto de: Repsol Media

Em 2014, Márquez dominou a temporada e engatou uma sequência de dez vitórias seguidas. A segunda delas foi, claro, em Austin.
Em 2014, Márquez dominou a temporada e engatou uma sequência de dez vitórias seguidas. A segunda delas foi, claro, em Austin.
5/10

Foto de: Repsol Media

A sequência terminou com o triunfo em Indianápolis. Àquela altura, estava claro que Márquez não teria adversários na luta pelo título e o bicampeonato foi confirmado no Japão.
A sequência terminou com o triunfo em Indianápolis. Àquela altura, estava claro que Márquez não teria adversários na luta pelo título e o bicampeonato foi confirmado no Japão.
6/10

Foto de: Repsol Media

Em 2015, Márquez ficou sem o título, mas o domínio nos EUA seguiu firme. Primeiro, mais uma vitória no GP das Américas.
Em 2015, Márquez ficou sem o título, mas o domínio nos EUA seguiu firme. Primeiro, mais uma vitória no GP das Américas.
7/10

Foto de: Repsol Media

Após uma sequência irregular, com dois abandonos (Itália e Catalunha), Márquez venceu na Alemanha e voltou a Indianápolis com o ânimo renovado, triunfando na última edição da prova no circuito, que saiu do calendário.
Após uma sequência irregular, com dois abandonos (Itália e Catalunha), Márquez venceu na Alemanha e voltou a Indianápolis com o ânimo renovado, triunfando na última edição da prova no circuito, que saiu do calendário.
8/10

Foto de: Repsol Media

Desde 2016, o calendário só tem Austin como prova norte-americana. O que não mudou foi o domínio de Márquez, que venceu novamente.
Desde 2016, o calendário só tem Austin como prova norte-americana. O que não mudou foi o domínio de Márquez, que venceu novamente.
9/10

Foto de: Michelin Sport

No pódio, com chapéus texanos, Márquez teve a companhia de Jorge Lorenzo e Andrea Iannone, tirando esta selfie. Será que Márquez volta ao topo do pódio? A resposta vem neste final de semana.
No pódio, com chapéus texanos, Márquez teve a companhia de Jorge Lorenzo e Andrea Iannone, tirando esta selfie. Será que Márquez volta ao topo do pódio? A resposta vem neste final de semana.
10/10

Foto de: Michelin Sport

compartilhar
comentários
Viñales não consegue pilotar Yamaha da maneira que gostaria
Artigo anterior

Viñales não consegue pilotar Yamaha da maneira que gostaria

Próximo artigo

Barros exalta dedicação de Rossi: “é incrível o que ele faz”

Barros exalta dedicação de Rossi: “é incrível o que ele faz”
Carregar comentários