Morbidelli espera manter um bom relacionamento com Rossi: "Nada é mais importante do que a amizade"

Piloto ítalo-brasileiro será companheiro do multicampeão na Petronas SRT; ele também foi membro da Academia de Jovens Pilotos de Rossi

Morbidelli espera manter um bom relacionamento com Rossi: "Nada é mais importante do que a amizade"

Franco Morbidelli chega à sua quarta temporada completa na MotoGP cercado de expectativas após o vice-campeonato no ano passado, superando os companheiros de Yamaha apesar de ser o único sem uma moto de fábrica. E neste ano ele terá um novo companheiro de equipe, Valentino Rossi, que é mais do que um amigo ao ítalo-brasileiro.

O piloto, que é filho de mãe brasileira, teve seu potencial descoberto pelo próprio pai, o também piloto Livio Morbidelli. Mas inicialmente não tinha recursos para bancar a carreira do filho, até descobrir do centro de treinamento em Tavillia, na Itália. Lá ele começou a treinar com o multicampeão, tornando-se, posteriormente, o primeiro membro da Academia VR46 de Jovens Pilotos.

Leia também:

Agora, Morbidelli terá a chance de dividir a pista com seu tutor de muitos anos. E para ele não será difícil separar o Valentino amigo do Valentino companheiro de equipe.

“Eu espero ter com Valentino o mesmo relacionamento que tenho com todos os meus amigos”, disse Morbidelli em coletiva virtual após o lançamento da moto de 2021 da Petronas. “Espero ser justo e correto, assim como sou com os demais, Valentino é um grande amigo e sua figura vai além de ser apenas um amigo”.

Para o piloto, é importante lembrar que o que acontece nas pistas é apenas um jogo e não deve interferir com coisas mais importantes que existem fora delas.

“Correremos um contra o outro e, para ser justo e correto comigo e com ele, basta eu seguir como venho fazendo minha vida toda. Claro, vamos lutar por coisas importantes, mas precisamos lembrar que nada é mais importante do que a amizade e o amor”.

“O lado humano é mais importante que o jogo. Isso aqui é um jogo, um importante que estamos envolvidos desde que éramos crianças. Mas ainda é um jogo. Então é preciso manter isso em mente quanto estamos lutando pelas primeiras posições”.

A Academia de Rossi, a VR46, já rendeu diversos frutos às principais categorias do Mundial de Motovelocidade, incluindo a MotoGP. Além de Morbidelli, Francesco Bagnaia, que assumiu uma das vagas da equipe oficial da Ducati neste ano e Luca Marini, meio-irmão do multicampeão, estão no grid deste ano.

Para Morbidelli, Rossi deve se sentir muito orgulhoso do trabalho que faz, além do legado que deixa para o esporte.

“Não sei dizer ao certo o que passa em sua cabeça quando vê seus pupilos indo tão bem. Acho que ele já se acostumou com isso e sente muito orgulho de nós. Acredito que é isso que ele pensa quando vê eu, Luca e os outros. Acho que ele se sente muito orgulhoso e feliz com o trabalho que vem desenvolvendo e o legado que deixa”.

Perguntado ainda se, mesmo com essa visão de mundo, ele conseguirá ver Rossi como o “primeiro rival a ser batido”, ele acredita que vai acabar passando por momentos assim, mas que é difícil separar o piloto do amigo.

“Acho que verei ambos. É difícil fazer uma separação dessas. Nossos pensamentos nunca vão apenas em uma direção. É difícil afirmar que vou vê-lo como o meu principal rival porque cinco minutos depois posso vê-lo novamente como um dos meus melhores amigos”.

“Certamente, enquanto estivermos nas corridas e na garagem, vou acabar sendo dominado pela sensação do esporte, e o verei como o meu primeiro rival a ser batido. Mas é difícil separar o piloto do amigo”.

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

MERCEDES 2021: Veja carro que pode render OCTA e RECORDES a HAMILTON e manter sua HEGEMONIA na F1

PODCAST: Corridas aos sábados e tetos: revolução imposta pela Liberty pode tirar DNA da F1?

 

.

compartilhar
comentários
MotoGP: Petronas SRT divulga motos de Rossi e Morbidelli para 2021

Artigo anterior

MotoGP: Petronas SRT divulga motos de Rossi e Morbidelli para 2021

Próximo artigo

MotoGP: Morbidelli quer lutar novamente pelo título em 2021

MotoGP: Morbidelli quer lutar novamente pelo título em 2021
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Autor Guilherme Longo