MotoGP: Ducati diz que incidente entre Márquez e Bagnaia em Portugal é "muito lamentável"

Gigi Dall'Igna falou ainda sobre o pódio com sabor de vitória para Bastianini, por ter conquistado o segundo lugar no mesmo circuito de seu acidente em 2023

Marc Marquez, Gresini Racing and Francesco Bagnaia, Ducati Team crash

Gold and Goose / Motorsport Images

O gerente de operações da Ducati na MotoGP, Gigi Dall'Igna, falou pela primeira vez sobre o incidente entre Marc Márquez e Francesco Bagnaia no GP de Portugal, afirmando que foi um caso "muito lamentável", mas que "qualquer outro tipo de comentário seria muito supérfluo".

Os dois pilotos disputavam a quinta posição na prova do último domingo quando, a duas voltas do fim, Márquez, usando a GP23, fez a ultrapassagem em cima de Bagnaia na curva 5. Mas como o espanhol espalhou um pouco na trajetória, o italiano tentou dar o X por dentro, e a disputa terminou com os dois no chão e zerados na pontuação.

Leia também:

O caso foi considerado um incidente de corrida pelos comissários, com um irritado Bagnaia aceitando o veredito. Já Márquez sentiu que o caso foi um erro do bicampeão, sentindo que suas ações eram injustificadas, devido ao impacto mínimo de se perder dois pontos na briga pelo Mundial.

Tendo falado com a imprensa antes de Márquez, Bagnaia ainda não respondeu diretamente aos comentários do hexacampeão.

Dall'Igna falou sobre o caso pela primeira vez em seu post sobre o GP de Portugal no site da Ducati: "É muito lamentável esse incidente envolvendo Pecco e Marc, que negou a ambos a chance de obterem pontos importantes para o campeonato em uma corrida complexa onde nenhum dos dois tinha a chance de lutar pela vitória".

"Para ser completamente honesto, qualquer outro tipo de comentário seria muito supérfluo"

Gigi Dall'Igna, Ducati Corse General Manager

Gigi Dall'Igna, Ducati Corse General Manager

Photo by: Gold and Goose / Motorsport Images

Mesmo antes da queda, Bagnaia já havia sido superado por outros dois pilotos com a GP24: Jorge Martín, da Pramac, vencedor da corrida, e seu companheiro de Ducati, Enea Bastianini, em segundo.

Dall'Igna disse ainda que  retorno de Bastianini ao pódio pela primeira vez desde o GP da Malásia do ano passado e no palco de seu grave acidente no começo de 2023 "conta como uma vitória".

"A Ducati também fez o segundo lugar com Enea; vontade e determinação que deram um resultado bem válido. É mais importante para ele estar ali na frente. Ele precisava disso, e mais ainda se sentir bem na pista. Estamos no começo da temporada e, sem dúvidas, o segundo lugar conta como uma vitória".

LECLERC, HAMILTON ou SAINZ? RICO PENTEADO escolhe DUPLA para FERRARI e analisa futuro do ESPANHOL

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Podcast #275 – Sainz e Ricciardo deram passos definitivos em suas carreiras na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior ANÁLISE: Ducati vive clima de 'guerra civil' na MotoGP que precisa ser tratado com cuidado
Próximo artigo F1: Liberty Media se aproxima de acordo para compra da Dorna Sports, dona da MotoGP

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil