MotoGP
23 ago
-
25 ago
Evento encerrado
13 set
-
15 set
Evento encerrado
20 set
-
22 set
Evento encerrado
04 out
-
06 out
Evento encerrado
18 out
-
20 out
Evento em andamento . . .
25 out
-
27 out
Próximo evento em
6 dias
R
GP da Malásia
01 nov
-
03 nov
Próximo evento em
13 dias
R
GP de Valência
15 nov
-
17 nov
Próximo evento em
27 dias

Pole após ir para o Q1, Márquez reflete: “paguei pelo risco”

compartilhar
comentários
Pole após ir para o Q1, Márquez reflete: “paguei pelo risco”
6 de out de 2018 08:51

Piloto supera Valentino Rossi por apenas 0s011 para conquistar a primeira pole position da MotoGP na Tailândia

O espanhol Marc Márquez interrompeu a sequência de três poles da Ducati na MotoGP neste sábado (6). O piloto conquistou sua 50ª pole na classe principal da MotoGP por apenas 0s011 em cima do rival italiano Valentino Rossi.

No entanto, não foi sem alguns sustos. O piloto da Honda acabou caindo no TL3 e ficou de fora dos dez que vão para o Q2 diretamente. Tendo que passar pelo Q1, ele manteve a calma, liderou a sessão e depois foi o pole position na sessão subsequente.

Após o treino, ele reconheceu que o fato de ter ido para o Q1 foi por ter corrido um risco além do devido para se preparar para o ritmo de corrida.

“Eu fiquei bem desapontado de ir para o Q1, porque me senti bem com a moto durante todo o final de semana”, disse Márquez.

“Tive um problema no TL3 com a moto com a qual saí para fazer uma boa volta. Mas quando troquei de moto meu pneu era usado e com muitas voltas e acabei caindo. Por isso não fui diretamente ao Q2.”

“Mas isso pode acontecer quando você trabalha para a corrida. Isso é bom, mas às vezes apresenta riscos, e hoje acabei pagando por isso.”

“Mas conseguimos fazer boas voltas no Q1 e no Q2, então estou animado para a amanhã. Será uma corrida longa.”

Próximo artigo
Mesmo perdendo pole, Rossi se anima com bom ritmo

Artigo anterior

Mesmo perdendo pole, Rossi se anima com bom ritmo

Próximo artigo

3º, Dovi diz que 2ª metade da pista é ponto fraco da Ducati

3º, Dovi diz que 2ª metade da pista é ponto fraco da Ducati
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Tailândia