MotoGP
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
32 dias
R
GP da França
14 mai
-
17 mai
Próximo evento em
46 dias
R
GP da Itália
28 mai
-
31 mai
Próximo evento em
60 dias
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
67 dias
R
GP da Alemanha
18 jun
-
21 jun
Próximo evento em
81 dias
R
GP da Holanda
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
88 dias
R
GP da Finlândia
09 jul
-
12 jul
Próximo evento em
102 dias
R
GP da República Tcheca
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
130 dias
R
GP da Áustria
13 ago
-
16 ago
Próximo evento em
137 dias
R
GP da Grã-Bretanha
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
151 dias
R
GP de San Marino
10 set
-
13 set
Próximo evento em
165 dias
R
GP de Aragón
25 set
-
27 set
Próximo evento em
180 dias
R
GP do Japão
15 out
-
18 out
Próximo evento em
200 dias
R
GP da Austrália
23 out
-
25 out
Próximo evento em
208 dias
R
GP da Malásia
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
214 dias
13 nov
-
15 nov
Próximo evento em
229 dias
R
GP da Argentina
20 nov
-
22 nov
Próximo evento em
236 dias
R
GP de Valência
27 nov
-
29 nov
Próximo evento em
243 dias

Valência assina novo contrato com a MotoGP em regime de ‘rodízio’

compartilhar
comentários
Valência assina novo contrato com a MotoGP em regime de ‘rodízio’
21 de fev de 2020 18:38

O circuito Ricardo Tormo sediará pelo menos três GPs finais de 2022 a 2026

A Dorna Sports, organizadora da MotoGP, anunciou a renovação de contrato com o Circuito Ricardo Tormo em Valência de 2022 a 2026, com um acordo confirmando a pista como anfitriã de pelo menos três GPs durante esses cinco anos. Cada uma dessas etapas continuará sendo a final da temporada.

O GP de Valência está garantido em 2022 e, posteriormente, poderá alternar com outros circuitos na península Ibérica até 2026, último ano do acordo. O acordo foi assinado por Ximo Puig, presidente do governo de Valência, e Carmelo Ezpeleta, CEO da Dorna Sports, em Valência nesta quinta-feira.

Leia também:

“Haverá o GP até 2022 e, a partir de então, haverá um mínimo de três GPs de Valência, cada um dos quais será o final da temporada. Isso mostra o bom trabalho realizado pelo circuito”, afirmou Puig.

“Sempre dissemos que este é um GP fundamental para o impacto econômico que gera e o que representa para o desenvolvimento do turismo na comunidade valenciana, bem como para as centenas de milhares de fãs do automobilismo em Valência - é por isso que chegamos a este contrato", completou.

Ezpeleta comentou: “A Dorna garante à comunidade valenciana que, durante esses cinco anos, haverá três GPs na pista, no mínimo. Como Valência é a primeira a chegar a esse acordo, será no calendário do primeiro ano que a rotação começará, que é 2022”.

“Valência mantém o direito de ser o GP final do calendário. Eu gostaria de poder oferecer mais cinco anos com uma corrida garantida, mas isso não é possível. No entanto, tenho orgulho de ter mais uma vez chegado a um acordo com Valência”, afirmou o CEO.

GALERIA: O que esperar do esporte a motor em 2020

Galeria
Lista

MotoGP: Márquez igualando Rossi

MotoGP: Márquez igualando Rossi
1/47

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Após garantir o hexa em 2019 e contando com a poderosa moto Honda, Márquez começa 2020 com vantagem para garantir o heptacampeonato e igualar o Doutor. Yamaha e Ducati prometem evoluções, mas será o suficiente para frear o espanhol?

MotoGP: Primeira vitória de Fabio Quartararo

MotoGP: Primeira vitória de Fabio Quartararo
2/47

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Sensação da temporada 2019, francês terá uma moto Yamaha atualizada e experiência para buscar primeiro triunfo na categoria

MotoGP: Quartararo x Márquez

MotoGP: Quartararo x Márquez
3/47

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Depois das atualizações introduzidas no meio da temporada, os pilotos da Yamaha ficaram esperançosos para 2020. Uma evolução da marca japonesa permitiria que os fãs apreciassem a tão esperada batalha com Marc Márquez pelo título. É sonhar muito?

MotoGP: Aposentadoria de Valentino Rossi

MotoGP: Aposentadoria de Valentino Rossi
4/47

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Com os contratos de vários pilotos chegando ao fim e com a queda de desempenho de Rossi em um momento que Quartararo pede passagem, é possível imaginar que o Doutor decida seguir o caminho de Jorge Lorenzo e encerrar sua carreira. No entanto, o piloto ainda não se manifestou oficialmente sobre o assunto e nenhuma decisão surpreenderia os fãs.

MotoE: Eric Granado em alta

MotoE: Eric Granado em alta
5/47

Foto de: Divulgacao

Brasileiro foi uma das grandes forças da primeira temporada da categoria de motos elétricas. Sua reputação é tão grande, que seus rivais chegaram a dizer que se não fossem os erros, Eric Granado seria praticamente imbatível. A segunda temporada da categoria dará ao piloto a oportunidade de consolidar seu talento e partir em busca do título. Além disso, Granado será piloto de testes da Avintia na MotoGP.

F1: Leclerc se consolidando na Ferrari

F1: Leclerc se consolidando na Ferrari
6/47

Foto de: Alessio Morgese / Luca Rossini

Após encantar os tifosi com vitórias em Spa e Monza, monegasco tem tudo para despontar como grande estrela da equipe italiana. Seu único obstáculo para crescer dentro da equipe seria uma recuperação de Sebastian Vettel.

F1: O futuro de Sebastian Vettel

F1: O futuro de Sebastian Vettel
7/47

Foto de: Jerry Andre / Motorsport Images

Muitos fãs têm apostado em uma aposentadoria precoce do tetracampeão que não vence um campeonato desde 2013. Porém, Vettel fez piada quando jornalistas sugeriram essa hipótese. A Ferrari afirma que se quiser permanecer, as portas estariam abertas. Também há rumores de que o alemão teria negociado com a McLaren. O fato é que ninguém sabe o que Vettel fará quando seu contrato se encerrar ao final da temporada.

F1: Ferrari e Red Bull mais próximas da Mercedes

F1: Ferrari e Red Bull mais próximas da Mercedes
8/47

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

Acredita-se que a equipe alemã continuará à frente das rivais, mas apenas porque seu conjunto chassi-motor é o mais equilibrado para todos os circuitos. Com o congelamento do regulamento em 2020, Ferrari e Red Bull devem encostar nas flechas de prata, com os italianos levando vantagem em pistas de alta velocidade e as Red Bull nos circuitos mais lentos e nas corridas na chuva. Um acerto no projeto de qualquer uma das três equipes pode desequilibrar a balança e colocar fim às expectativas de campeonato disputado.

F1: Hamilton igualando recorde de Schumacher

F1: Hamilton igualando recorde de Schumacher
9/47

Foto de: Steve Etherington / Motorsport Images

Levando em conta a performance do britânico e da Mercedes nas últimas seis temporadas, é possível supor que mesmo que Ferrari e Red Bull possam incomodar, Hamilton conquistará mais um título mundial. Se o fizer, o inglês igualará a marca de Michael Schumacher e estará muito perto de ser considerado o maior de todos os tempos.

F1: Ocon x Ricciardo na Renault

F1: Ocon x Ricciardo na Renault
10/47

Foto de: Renault

Esteban Ocon terá sua segunda oportunidade na Fórmula 1 e não vai querer desperdiçá-la. Para mostrar seu valor, nada melhor do que superar o companheiro, Daniel Ricciardo, que é apontado como um dos nomes mais fortes do grid. A disputa interna na escuderia francesa, promete ser de tirar o fôlego.

F1: Raikkonen - Aposentadoria ou continuidade?

F1: Raikkonen - Aposentadoria ou continuidade?
11/47

Foto de: Erik Junius

Finlandês tem contrato com a Alfa Romeo até o fim de 2020 e, apesar dos rumores, afirma estar disposto a ficar na F1 e experimentar os novos carros de 2021. Neste ano, Raikkonen vai superar o recorde de corridas na F1, que pertence atualmente a Rubens Barrichello (326). Se Mick Schumacher fizer boa temporada na F2, é possível que a equipe queira dar espaço ao filho do heptacampeão, mas hoje, seria no lugar de Antonio Giovinazzi. Pela experiência do campeão de 2007, outras equipes poderiam se interessar em seus serviços. O que fica é a pergunta: O que será de Kimi Raikkonen?

F1: Albon se consolidando na Red Bull

F1: Albon se consolidando na Red Bull
12/47

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

O tailandês não fez nada incrível nas corridas que disputou pela equipe austríaca, mas o mais importante é que não cometeu erros graves e somou pontos constantemente para o time. Com Pierre Gasly e Daniil Kvyat queimados no banco de reservas, bastará regularidade para Albon garantir seu espaço na Red Bull.

F1: Mercado agitado

F1: Mercado agitado
13/47

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Hamilton, Vettel, Bottas, Verstappen e Albon estão sem contrato para 2021. A dança das cadeiras promete ser uma das mais movimentadas da história, com rumores ligando Hamilton à Ferrari e Vettel com futuro indefinido. Correndo por fora, Fernando Alonso tem dado indícios de que deseja retornar à categoria. Até o momento tudo é boato, mas as surpresas podem começar a surgir a partir de julho.

Alonso: Primeira parada - Dakar

Alonso: Primeira parada - Dakar
14/47

Foto de: Toyota Racing

Por falar no espanhol, o ano do bicampeão começa no próximo domingo com a disputa do Rally Dakar. Alonso tem mantido as expectativas baixas e discursa com humildade, reconhecendo a superioridade dos experientes rivais. No entanto, ele foi terceiro colocado em uma prévia da competição em dezembro o multicampeão terá Marc Coma como navegador e contará com todo o apoio da Toyota.

Alonso: Foco total em vencer as 500 milhas de Indianápolis

Alonso: Foco total em vencer as 500 milhas de Indianápolis
15/47

Foto de: Phillip Abbott / Motorsport Images

Apesar de estar focado para o Dakar, Alonso já afirmou que sua prioridade máxima de 2020 é vencer a Indy500 e fechar a tríplice coroa. O espanhol, que já venceu duas vezes em Mônaco e duas em Le Mans, fará sua terceira tentativa na lendária prova e promete ser impecável.

Alonso: Possível participação na Stock Car

Alonso: Possível participação na Stock Car
16/47

Foto de: Toyota Racing

Nada está confirmado, mas o desejo existe. A Toyota estreia na categoria máxima do automobilismo brasileiro e muito se especula sobre uma participação especial do espanhol. O mais provável é que esteja presente na corrida de duplas, que retorna ao calendário da competição em 2020.

IndyCar: Título deve ficar entre Penske e Chip Ganassi

IndyCar: Título deve ficar entre Penske e Chip Ganassi
17/47

Foto de: Phillip Abbott / Motorsport Images

As duas equipes faturaram nove dos últimos dez campeonatos, mas a Andretti promete quebrar essa hegemonia. Pagenaud, Newgarden são os nomes mais fortes da Penske, mas Power não pode ser descartado. Na Ganassi, Dixon segue como o principal piloto, apesar de Ericsson e Roseqvist estarem crescendo. Rossi e Hunter-Reay são as grandes apostas na Andretti. Mas a Indy não é tão previsivel quanto outras modalidades, será que alguém pode surpreender em 2020?

Stock: Eurofarma segue forte

Stock: Eurofarma segue forte
18/47

A temporada 2020 da Stock será cheia de novidades, a principal delas é a estreia da Toyota. No entanto, a equipe de Rosinei Campos, o Meinha, tem tudo para continuar como uma das favoritas e buscar o quarto título consecutivo.

Stock: KTF continua avançando

Stock: KTF continua avançando
19/47

Foto de: Divulgacao

A equipe inaugurou uma nova sede em 2019 e parte mais experiente e preparada para 2020, além de contar com a chegada de Guilherme Salas, sensação da Stock Light na última temporada.

Stock: Chegada da Toyota agita temporada

Stock: Chegada da Toyota agita temporada
20/47

Foto de: Divulgacao

A Toyota estreará na categoria que deixa de ser dominada apenas pela Chevrolet. Com isso, pelo menos oito carros serão da fabricante japonesa. Os confirmados são Rubens Barrichello, Nelsinho Piquet, Matías Rossi e Bia Figueiredo.

Stock: Finalistas de 2019 devem seguir fortes

Stock: Finalistas de 2019 devem seguir fortes
21/47

Foto de: Duda Bairros

Serra, Maurício, Camilo, Barrichello e Campos são nomes fortes para 2020. Dos seis que disputaram o último campeonato, apenas Fraga não estará no grid neste ano. Mas outros pilotos podem chegar ao fim do ano com a mão na taça.

Stock: Cacá pode ter chance de voltar ao topo

Stock: Cacá pode ter chance de voltar ao topo
22/47

Foto de: Duda Bairros

Após anos sem faturar títulos, 2020 pode oferecer a chance que o pentacampeão estava precisando para voltar a brigar pelo campeonato, já que as mudanças na categoria podem trazer novas oportunidades.

Stock: Fraga busca carreira mundial

Stock: Fraga busca carreira mundial
23/47

Foto de: Duda Bairros

Depois de garantir o título em 2016 e continuar competitivo por todos esses anos, Fraga decidiu interromper sua passagem pela Stock e focar na carreira internacional. A primeira parada será no WEC e 24H de Le Mans.

Stock: Serra também mira trajetória internacional

Stock: Serra também mira trajetória internacional
24/47

Foto de: Renato Mafra

O tricampeão da categoria também está de malas prontas para perseguir conquistas pelo mundo, além de seguir na Stock. Depois de vencer uma prova do IMSA em 2019, Serra já traçou planos ousados. Em janeiro ele disputa as 24H de Daytona.

WEC: Toyota segue dominando

WEC: Toyota segue dominando
25/47

Foto de: Toyota Racing

Por falar em Toyota, a marca japonesa deve seguir dominando o campeonato, já que é a única montadora diretamente envolvida na competição e já venceu três das quatro primeiras etapas da temporada.

WEC: Rebellion corre por fora

WEC: Rebellion corre por fora
26/47

Foto de: Erik Junius

A única equipe a vencer além das Toyota na atual temporada foi a Rebellion Racing. O time, que conta com o brasileiro Bruno Senna, triunfou na etapa de Shanghai e ainda está viva na luta pelo título. Além do sobrinho de Ayrton Senna, o carro #1 é pilotado por Norman Nato e Gustavo Menezes

24H de Le Mans: Brasileiros chegam fortes à competição

24H de Le Mans: Brasileiros chegam fortes à competição
27/47

Foto de: Erik Junius

André Negrão, na LMP2 pela Signatech, busca o bicampeonato do WEC e a terceira vitória nas 24H. Felipe Fraga disputa a prova na GTE Am pela alemã Project 1. Além deles, outros brasileiros podem competir na prova que acontece entre 13 e 14 de junho.

IMSA: Brasileiros buscam título

IMSA: Brasileiros buscam título
28/47

Foto de: Michael L. Levitt LAT Photo USA

Na DPi, Pipo Derani e Felipe Nasr reeditam parceria em busca do título que escapou em 2019. Além deles, Helio Castroneves e Matheus Leist disputam na modalidade. Na GT Lm, Augusto Farfus e Daniel Serra buscam ampliar leque de vitórias depois de vencerem provas no ano passado. Na GT D, Bia Figueiredo vai atrás de seu primeiro pódio na categoria depois de bater na trave no ano passado.

Fórmula E: Di Grassi busca mais um título

Fórmula E: Di Grassi busca mais um título
29/47

Foto de: Dan Bathie / Motorsport Images

Campeão da temporada 2016-2017, Lucas di Grassi começou a temporada com um pódio na Arábia Saudita e está entre os ponteiros do campeonato. Provavelmente o maior nome do automobilismo brasileiro na atualidade por conta do retrospecto na F-E, di Grassi busca se consolidar como maior vencedor da categoria em 2020.

Fórmula E: Massa pode entrar na briga

Fórmula E: Massa pode entrar na briga
30/47

Foto de: Sam Bloxham / Motorsport Images

Felipe Massa teve um começo problemático com a Venturi, que ainda não se encontrou na competição, mas a equipe do brasileiro ex-F1 passou a contar com os trens de força da Mercedes e pode entrar na briga em breve.

Fórmula E: Marcas alemãs chegam com força

Fórmula E: Marcas alemãs chegam com força
31/47

Foto de: Sam Bloxham / Motorsport Images

As estreantes Mercedes e Porsche dominaram o pódio das primeiras provas da temporada ao lado das já experientes, BMW (Andretti) e Audi (Abt), dando a entender que o ano será difícil para os rivais. O único piloto que não guia por uma das marcas a subir ao pódio foi Sam Bird, da Virgin, que venceu a primeira corrida, na Arábia Saudita.

Jaguar I-PACE eTROPHY: Sérgio Jimenez em busca do bi

 Jaguar I-PACE eTROPHY: Sérgio Jimenez em busca do bi
32/47

Foto de: Jose Mario Dias

Depois de superar Cacá Bueno na primeira temporada dos carros elétricos da Jaguar, que acontece junto às etapas da Fórmula E, Sergio Jimenez está em busca do bicampeonato. Depois de duas provas realizadas, o brasileiro está empatado com Simon Evans na liderança da temporada.

F2: A estreia de Pedro Piquet

F2: A estreia de Pedro Piquet
33/47

Foto de: FIA Formula 2

O brasileiro testou com a Choruz Racing em Abu Dhabi e confirmou sua participação na temporada 2020 da F2. Ele será companheiro do experiente Louis Delétraz, que ainda não venceu na categoria.

F2: Todas as atenções estarão em Mick Schumacher

F2: Todas as atenções estarão em Mick Schumacher
34/47

Foto de: Joe Portlock / Motorsport Images

O filho do heptacampeão começa a segunda temporada na principal competição de acesso à F1 com o título na mira. 12º no primeiro ano, Mick faturou a corrida 2 na Hungria. Correndo pela Prema, ele terá muita pressão para estar entre os três primeiros ao fim do campeonato.

F2: Robert Shwartzman pode surpreender

F2: Robert Shwartzman pode surpreender
35/47

Foto de: FIA Formula 2

O prodígio da academia de pilotos da Ferrari será companheiro de Schumacher e tem sido muito forte nas categorias por onde passa, podendo ser a grande surpresa do campeonato. Entre os que ainda não foram confirmados para 2020, são favoritos (caso disputem) Sérgio Sette Câmara, Jack Aitken e Guanyu Zhou.

Para ficar de olho: Sergio Sette Camara

Para ficar de olho: Sergio Sette Camara
36/47

Foto de: Joe Portlock / Motorsport Images

O mineiro ainda não definiu qual será seu destino, mas suas principais opções são a permanência na Fórmula 2 ou uma mudança para a IndyCar.

Para ficar de olho: Pietro Fittipaldi

Para ficar de olho: Pietro Fittipaldi
37/47

Foto de: Andy Hone / Motorsport Images

O piloto de testes da Haas na Fórmula 1 disputará a temporada de Super Fórmula no Japão, em busca de garantir os pontos que faltam para conseguir a super-licença para a F1.

Para ficar de olho: Enzo Fittipaldi

Para ficar de olho: Enzo Fittipaldi
38/47

Foto de: Alexander Trienitz

Irmão mais novo de Pietro, Enzo disputará F3 em 2020 e deve ser um dos nomes fortes da competição. O jovem, neto de Emerson Fittipaldi, segue um caminho traçado pela academia Ferrari para ajudá-lo a chegar à F1.

Para ficar de olho: Gianluca Petecof

Para ficar de olho: Gianluca Petecof
39/47

Foto de: Divulgacao

Outro que segue o caminho da Academia Ferrari é Petecof, que depois da boa temporada na F4 italiana deverá disputar a F3 regional europeia em 2020.

Para ficar de olho: Igor Fraga

Para ficar de olho: Igor Fraga
40/47

Foto de: acisportitalia.it

Fraga é campeão mundial de E-Sports e foi terceiro na regional europeia de 2019.

Para ficar de olho: Felipe Drugovich

Para ficar de olho: Felipe Drugovich
41/47

Foto de: FIA F3

Em 2020, Felipe deve disputar sua segunda temporada na FIA F3.

Para ficar de olho: Caio Collet

Para ficar de olho: Caio Collet
42/47

Foto de: Dutch Photo Agency

O brasileiro foi o melhor estreante na Fórmula Renault em 2019 e fará uma segunda temporada na categoria buscando o título da competição.

Para ficar de olho: Bruna Tomaselli

Para ficar de olho: Bruna Tomaselli
43/47

Foto de: Divulgacao

Depois de receber o prêmio de maior número de ultrapassagens e fechar a temporada em 8ª na USF 2000, a catarinense foi selecionada para disputar o segundo ano da W Series. Ela buscará rivalizar com Jamie Chadwick, que busca o bicampeonato, e deverá enfrentar outras fortes rivais, como Marta Garcia, Alice Powell e Beitske Visser.

Dakar: Al-Attiyah, Sainz e Peterhansel prometem belas corridas

Dakar: Al-Attiyah, Sainz e Peterhansel prometem belas corridas
44/47

Foto de: Red Bull Content Pool

Nasser Al-Attiyah (tricampeão), Carlos Sainz (bicampeão) e Stéphane Peterhansel (heptacampeão) prometem uma luta intensa pelo título da competição na categoria de carros que começa no próximo domingo. Outros nomes fortes para a competição são os campeões Giniel de Villiers e Nani Roma, além da ilustre presença de Fernando Alonso.

Dakar: Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin favoritos

Dakar: Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin favoritos
45/47

Foto de: Divulgacao

A dupla campeã da copa mundial de Rally Cross-country de 2019 busca o segundo título na modalidade UTVs do Rally Dakar e partem como favoritos para a disputa. Além deles, o outro brasileiro no Dakar será o curitibano Antonio Lincoln Berrocal, que, aos 60 anos de idade, disputará a corrida na categoria de motos.

Copa Truck: Beto Monteiro defende título

Copa Truck: Beto Monteiro defende título
46/47

Foto de: Duda Bairros

Após a conquista da temporada 2019 da Truck, Beto Monteiro terá de 'suar a camisa' para defender a coroa contra os principais rivais. Os grandes adversários em 2020 devem ser os mesmos que enfrentou em 2019 até a final em Interlagos: Felipe Giaffone, Paulo Salustiano, Roberval Andrade, André Marques e Leandro Totti.

GP do Brasil: Definição da sede para os próximos anos

GP do Brasil: Definição da sede para os próximos anos
47/47

Foto de: Andrew Hone / Motorsport Images

Por falar em Interlagos, o autódromo paulistano está no centro de uma disputa que deve se arrastar 2020 a dentro: a 'batalha' contra o novo autódromo do Rio de Janeiro para sediar a Fórmula 1 a partir de 2021. Apesar de ainda não ter saído do papel, o circuito carioca deu o que falar em 2019. Construtores, promotores e autoridades políticas devem protagonizar os próximos capítulos da luta para ver quem será a casa da F1 nos próximos anos.

Próximo artigo
GALERIA: Aprilia revela novo modelo para temporada 2020 da MotoGP

Artigo anterior

GALERIA: Aprilia revela novo modelo para temporada 2020 da MotoGP

Próximo artigo

Suspenso, Iannone deve perder etapa inaugural da MotoGP no Catar

Suspenso, Iannone deve perder etapa inaugural da MotoGP no Catar
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP