Vitor Genz vence a primeira corrida da GT Sprint Race em Tarumã

O piloto de Porto Alegre foi o destaque da prova e da categoria PROAM na manhã deste domingo em Tarumã. Léo Yoshii (AM) e Rafael Dias (PRO) também venceram

Vitor Genz

Vitor Genz, um dos estreantes no grid da Dignity Gold GT Sprint Race, brilhou em uma disputa frenética com o conterrâneo gaúcho Arthur Gama. Na manhã deste domingo, no circuito de Tarumã, em Viamão (RS), o experiente piloto venceu a corrida que abriu a programação da sétima etapa da 11ª edição. Vitor completou as 16 voltas em primeiro na pista de 3.016 km de extensão com o tempo de 24min37seg190.

Arthur Gama dominava de ponta a ponta, usando a zebra como pista e procurou posicionar o carro para a mais direita possível. Mas Vitor Genz o pressionava contornando as curvas a aproximadamente 170 km/h, no GT que combina bem com o traçado do tradicional circuito do Rio Grande do Sul.

Leia também:

Na manhã de temperatura amena e céu aberto em Viamão, os pilotos da Dignity Gold GT Sprint Race se encarregaram de esquentar o clima. Como vem acontecendo em todas as provas, o equilíbrio e o arrojo dos participantes garantiram mais uma prova emocionante e incrível, definida somente nos metros finais.

Vitor Genz largou da terceira posição e logo na largada assumiu a segunda. Na volta 10, depois de um erro do então líder Arthur Gama, Vitor assumiu a ponta que foi retomada na volta seguinte. Os dois pilotos passaram a brigar pela ponta, e Vitor tomou a frente na última volta para garantir a primeira conquista em uma das principais categorias do automobilismo nacional.

“Larguei em terceiro e consegui a segunda posição logo antes da segunda volta. Foi uma briga dura o tempo todo. Uma hora, eu estava com a estratégia toda feitinha e tirei toda a diferença no braço e vencer no final da corrida. Quero agradecer todo mundo que me orientou via rádio, que me deu todas as dicas estratégicas para que eu chegasse aqui. Estou feliz com o resultado”, conta o estreante, campeão na geral e pela PROAM.

Rafael Dias largou da pole e conquistou mais uma vitória na PRO. “Meu foco foi disputar com quem é da minha categoria. A largada foi boa e consegui manter minha posição, segurando a corrida toda. Também consegui controlar meu tempo volta a volta e acredito que possa manter meu desempenho na segunda corrida, na qual vou largar na pole geral”, aponta Rafa Dias.

Léo Yoshii foi outro destaque da corrida defendendo a posição de largada para confirmar mais uma vitória na divisão AM. “Foi bom, sempre evoluindo, virei bons tempos. Larguei na pole e na primeira metade da corrida eu vinha bem, com bom desempenho e administrando minha posição. A partir de então, comecei a ter falhas na direção elétrica e passei a administrar minha posição na categoria e verificar onde estava o Giovani (Girotto), pra me manter em primeiro. No fim tudo deu certo”, declara o piloto de Londrina/PR.

As nove etapas que compõe o calendário da competição estão divididas em duas séries: o campeonato Brasil, com seis etapas (duas corridas em cada), – Santa Cruz do Sul (RS), Velocitta (SP), Interlagos (SP), Londrina (PR) –, e as três etapas da “Special Edition” – duas etapas em Goiânia (GO) e uma em Interlagos (SP) –, com três corridas cada.

Da somatória dessas séries sairá o campeão do Overall nas suas respectivas classes: PRO, AM e PROAM. O último e decisivo encontro do torneio será com retorno ao Autódromo de Goiânia, programada para o dia 06 de novembro.

As emoções da 11ª temporada da Dignity Gold GT Sprint Race têm geração de imagens ao vivo pela Master/CATVE, com narração de Luc Monteiro e comentários de Eduardo Serratto.

As duas corridas da sétima etapa em Tarumã, serão transmitidas, via streaming, nos perfis e canais das plataformas digitais da competição (@GTSprintRace), pelas quais haverá ainda ampla cobertura dos bastidores e, no Youtube, a exibição ficará também a cargo dos canais @Acelerados, @MotorsportBrasil e @HighSpeedTVbr. O canal por assinatura BandSports transmitirá a segunda corrida, neste domingo a partir do meio dia.

A GT Sprint Race é patrocinada por Dignity Gold e Pirelli, com o apoio de Militec1, TecPads, Fremax, Real Radiadores e Graxa.

Confira o resultado da corrida 1:

1) #37 Vitor Genz/ Cassiano Lopes, PROAM, 19 voltas, 24min37seg190

2) #9 Arthur Gama, PROAM, a 0s531

3) #13 Rafael Dias, PRO, a 10s687

4) #54 Diogo Moscato, PROAM, a 22s603

5) #21 Raphael Teixeira /Thiago Camilo, PRO, a 22s866

6) #82 Gerson Campos, PRO, a 24s689

7) #18 Dudu Trindade, PROAM, a 27s097

8) #1 Marcelo Henriques/ Alex Seid, PRO, a 27s520

9) #79 Rafael Seibel, PROAM, a 27s888

10) #88 Lucas Mendes, PROAM, a 34s855

11) #77 Pedro Costa/ Léo Torres, PRO, a 35s325

12) #87 Jorge Martelli/ Rodrigo Sperafico, PRO, a 37s022

13) #19 Luciano Zangirolami/ Sérgio Ramalho, PRO, a 37s330

14) #12 Edgar Bueno Neto/ César Ramos, PRO, a 38s305

15) #78 Leo Yoshii, AM, a 44s030

16) #72 Giovani Girotto, AM, a 44s301

17) #56 Brendon Zonta, PROAM, a 54s689

18) #17 Walter Lester, AM, a 1min01s215

19) #31 Roberto Possas, AM, a 1 volta

Não completaram 75% da prova:

20) #61 Antonio Junqueira, PROAM, a 8 voltas

21) #8 Alexandre Cauê, AM, sem tempo

Podcast #195 - Fantasma de Abu Dhabi assombra Monza: o que mudar na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior GT Sprint Race: Gama segura Moscato até o fim para vencer corrida 2 em Tarumã
Próximo artigo Gama vence segunda corrida em fim de semana gaúcho na GT Sprint Race

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil