Últimas notícias

NASCAR Brasil: de olho no título, pilotos da PROAM seguem para a final do Special Edition

Velocitta requer equipamento equilibrado e muita precisão dos competidores em busca dos pontos que levarão aos títulos do torneio na temporada 2023; saiba

NASCAR Brasil Sprint Race

Os pilotos chegam para a segunda e última etapa do torneio Special Edition da NASCAR Brasil Sprint Race, nos próximos dias 8, 9 e 10 de setembro, no Velocitta, em Mogi Guaçu (SP), com otimismo e carros competitivos. O certame promete ter boas estratégias para o regulamento exclusivo da etapa que prevê treino classificatório valendo pontos, além das três corridas do final de semana.

Ao todo, serão 86 pontos em jogo na tabela de classificação do torneio nas categorias PRO, AM e PROAM. A tomada de tempos vale 25 pontos ao pole, a primeira e a segunda corrida rendem uma bonificação, 18 pontos cada, e no embate final serão mais 25 pontos em jogo.

O editor recomenda:

Nada definido na tabela de classificação da PROAM: Witold Ramasauskas (#13) lidera na categoria com 55 pontos, seguido por Fê Tozzo / João Bortoluzzi (#57) com 53 pontos. Completa o top 3 Antonio Junqueira (#16) com 52.

Arthur Gama / Celio Vinicius (#9), 41; Giovani Girotto/ Lourenço Beirão (#72), 41; Gabriel Casagrande / Gui Backes (#43), 35; Vinny Azevedo / Rodolpho Santos (#80), 30 e Jorge Martelli (#87), 14.

Ramasauskas diz: “A estratégia para o Velocitta, logicamente, é brigar pela vitória, claro, mas temos que pensar em pontuar muito bem. Até porque, temos descarte alto. Então isso também é bom, nos ajuda na estratégia, mas é procurar pontuar muito bem nas três corridas e na classificação principalmente, para podermos garantir o título, que seria uma coisa maravilhosa para meu primeiro ano na NASCAR Brasil. Seria um sonho”.

O Velocitta já é bem familiar para o piloto paulistano do carro #13. “Competi nele algumas vezes na Império Endurance Brasil, na Mercedes-Benz Challenge e Marcas e Pilotos, com vitórias no circuito. Então, tenho um apreço muito grande pelo autódromo. É um traçado bem difícil, acredito que é o mais técnico do país. Assim, vai requerer bastante estudo do carro, tem muito piloto do grid que já andou com esse carro no Velocitta. Temos que correr atrás”, explica.

“Tenho que agradecer a organização, ao Thiago [Marques, CEO da NASCAR Brasil Sprint Race] e a todos os meus patrocinadores que viabilizaram o projeto. Já estamos pensando em 2024, com certeza vamos estar no grid, mas não sei se no campeonato regular ou se 'só' no Special Edition. De todo modo, muito feliz com a entrega que a NASCAR Brasil nos proporcionou em uma etapa”, completa Witold.

Fê Tozzo nunca andou na pista paulista. “Vamos para o Velocitta com o objetivo de conseguir o título, estamos a apenas dois pontos do 1º colocado e temos condição de título. A estratégia vai ser a mesma de Goiânia, tentar não se envolver em batidas e pontuar em todas as corridas. Será a minha primeira experiência no circuito: sei que é uma das pistas mais técnicas do Brasil, vai ser bem desafiador”, conclui o competidor catarinense.

Sistema de classificação e pontuação

O treino classificatório terá duas voltas lançadas, que formará os grids para as corridas 1 e 2. Definido o grid, o pole position poderá trocar seu lugar de largada para a primeira corrida, levando em consideração que na segunda terá a posição escolhida invertida.

Por exemplo: se o pole escolheu se manter na pole na corrida 1, largará na décima posição no certame seguinte; por outro lado, se optar pela terceira posição na primeira prova, partirá da oitava posição na segunda corrida. Essa escolha só poderá afetar até a 10ª posição. As classificações entre a 11ª e a última do grid não entram nessa regra, permanecendo cada carro na localização definida no treino classificatória, seguindo as regras do regulamento do torneio.

A terceira corrida terá sua ordem de largada definida conforme a somatória de pontos conquistados nas duas primeiras. Quem tiver mais pontos sairá na pole e, consequentemente, quem pontuar menos sairá da última posição. A regra do pole position e esta somatória de pontos só serão aplicadas após a devida divulgação dos resultados de cada prova pelos Comissários Desportivos.

Os pontos conquistados no treino classificatório e nas três corridas de cada etapa da NASCAR Brasil - Special Edition serão considerados no resultado geral de todo o torneio, mas cada prova seguirá um sistema diferente de pontuação.

Para o treino classificatório e a última corrida seguem esta ordem conforme a classificação na conclusão das sessões: 1º lugar, 25 pontos; 2º, 20; 3º, 16; 4º 14; 5º, 12; 6º, 10; 7º, 08; 8º, 06; 9º, 04; 10º, 03; 11º, 02 e 12º, 01. Já para a corrida 1 e 2, a pontuação será a seguinte: 1º, 18 pontos; 2º, 17; 3º, 16; 4º, 15; 5º, 14; 6º, 13; 7º, 12; 8º, 11; 9º, 10; 10º, 09; 11º, 08; 12º, 07; 13º, 06; 14º, 05; 15º, 04; 16º, 03; 17º, 02 e 18º, 01.

O calendário da NASCAR Brasil está dividido em dois torneios e oito etapas: o campeonato nacional, com seis etapas e duas corridas cada (duas em Goiânia, Interlagos, Londrina, Cascavel e Tarumã), e o “Special Edition”, sendo duas etapas (Interlagos e Velocitta), com três corridas cada. Nesta edição serão quatro títulos distintos da Sprint Race: Brasil, Special Edition, Overall e Rookie Of The Year, nas suas respectivas classes: PRO, AM e PROAM.

Após o Velocitta, acontecem as duas etapas finais da temporada 2023: no autódromo gaúcho de Tarumã, em 15 de outubro, e etapa MatchPoint com decisão dos títulos Overall, Brasil e Rookie Of The Year, que será em 10 de dezembro, em Londrina/PR. Tudo no YouTube do Motorsport.com.

CLASSIFICAÇÃO SPECIAL EDITION (Após etapa 1, três corridas do torneio)

PRO

1) #54 Diogo Moscato, 67 pontos

2) #27 Lucas Mendes, 61

3) #1 Léo Torres, 61

4) #46 Vitor Genz / Rafa Dias, 52

5) #3 Alex Seid, 45

6) #88 Beto Monteiro/Kiko Porto, 34

 

PROAM              

1) #13 Witold Ramasauskas, 55 pontos

2) #57 Fê Tozzo / João Bortoluzzi, 53

3) #16 Antonio Junqueira, 52

4) #9 Arthur Gama / Celio Vinicius, 41

5) #72 Giovani Girotto/ Lourenço Beirão, 41

6) #43 Gabriel Casagrande / Gui Backes, 35

7) #80 Vinny Azevedo / Rodolpho Santos, 30

8) #87  Jorge Martelli, 14

 

AM       

1) #12 Edson Reis, 50 pontos

2) #98 MC Gui, 49

3) 8 Alexandre Kauê / Fabio Gubert, 48

4) #77 Pedro Bezerra, 41

5) #78 Léo Yoshii, 41

6) #7 Brendon Zonta / Dorivaldo Gondra Jr, 29

-

Calendário NASCAR Brasil 2023:

Etapa / Data / Local

Etapa 1 – 19 de março – Goiânia/GO

Etapa 2 – 30 de abril – Interlagos – São Paulo/SP

Etapa 3 – 03 de junho – Londrina/PR (#NightChallenge)

Etapa 4 – 02 de julho – Cascavel/PR (#SuperPole)

Etapa 5 – 30 de julho – Goiânia/GO (#SpecialEdition)

Etapa 6 – 10 de setembro – Velocitta/SP (#SpecialEdition)

Etapa 7 – 15 de outubro – Tarumã, Viamão/RS

Etapa 8 – 10 de dezembro – Interlagos/SP (#MatchPoint)

Qual a DIFERENÇA entre o domínio de Max com a Red Bull e o pico de Hamilton/Mercedes? E a McLaren?

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #243 – Quem faz da F1 em 2023 um verdadeiro fiasco?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Artigo anterior Lenda do automobilismo norte-americano, Paul Tracy vai correr na NASCAR Brasil
Próximo artigo NASCAR Brasil: na classe AM, tudo igual pelo título do Special Edition
Assinar