NASCAR Cup
17 mai
-
17 mai
Evento encerrado
20 mai
-
20 mai
Evento encerrado
23 mai
-
24 mai
Evento encerrado
27 mai
-
28 mai
Evento encerrado
12 jun
-
14 jun
Postponed
19 jun
-
21 jun
Postponed
27 jun
-
27 jun
Evento encerrado
28 jun
-
28 jun
Evento encerrado
05 jul
-
05 jul
Evento encerrado
R
Kentucky
12 jul
-
12 jul
Próximo evento em
1 dia
23 jul
-
23 jul
Próximo evento em
12 dias
R
02 ago
-
02 ago
Próximo evento em
22 dias
R
Michigan II
07 ago
-
09 ago
Postponed
R
Michigan
08 ago
-
09 ago
Próximo evento em
28 dias
R
Watkins Glen
14 ago
-
16 ago
Canceled
R
Daytona II
16 ago
-
16 ago
Próximo evento em
36 dias
R
Dover II
21 ago
-
23 ago
Postponed
R
Richmond II
10 set
-
12 set
Próximo evento em
61 dias
R
Bristol II
19 set
-
19 set
Próximo evento em
70 dias
R
Las Vegas II
25 set
-
27 set
Próximo evento em
76 dias
R
Talladega II
02 out
-
04 out
Próximo evento em
83 dias
R
Charlotte II
09 out
-
11 out
Próximo evento em
90 dias
R
Kansas II
18 out
-
18 out
Próximo evento em
99 dias
R
Texas II
25 out
-
25 out
Próximo evento em
106 dias
R
Martinsville II
30 out
-
01 nov
Próximo evento em
111 dias
R
Phoenix II
06 nov
-
08 nov
Próximo evento em
118 dias

NASCAR: Bubba Wallace explica como tomou conhecimento sobre episódio da corda e comenta repercussão do caso

compartilhar
comentários
NASCAR: Bubba Wallace explica como tomou conhecimento sobre episódio da corda e comenta repercussão do caso
24 de jun de 2020 17:20

Em entrevista à CNN, o piloto falou sobre os comentários sobre ele nas redes sociais e elogiou o presidente da NASCAR

Desde o final de semana, um dos assuntos mais comentados no mundo do automobilismo é a corda com laço de enforcamento encontrada na garagem de Bubba Wallace, da NASCAR Cup. Após uma investigação, o FBI informou que não houve um crime federal e que a corda não era uma ameaça ao piloto, porque o objeto já estava no local desde 2019.

No domingo e na segunda, houve muitas manifestações de apoio ao piloto, já que a corda com esse tipo de laço simbolizava os linchamentos que a população negra sofria na era da segregação, durante o século XX.

Leia também:

Nesta terça (23), Bubba foi um dos entrevistados do jornalista Don Lemon, da CNN americana, e falou sobre o impacto da repercussão do assunto, falando sobre as criticas que ele lê nas redes sociais.

"Estou chateado. Estou bravo, porque existem pessoas que estão tentando me testar, a pessoa que sou e minha integridade. Eles não vão roubar isso de mim, mas estão tentando", disse Bubba.

"E, como uma pessoa que não precisa da fama, não precisa do hype, não precisa da mídia, eu poderia me importar menos. Eu poderia prestar menos atenção a isso. Mas, sentar e ler... eu estou lendo muito [as redes sociais], passando muito tempo nisso".

Bubba contou também como que descobriu a história da corda. Segundo o piloto, ele estava no motorhome após o adiamento da prova de saída para jantar com outros pilotos da NASCAR quando recebeu uma ligação do presidente da NASCAR, Steve Phelps, falando que eles precisavam conversar.

O piloto falou que, pelo tom da ligação já sabia que não seria algo bom, mas achou que seria algo totalmente diferente, como uma suspensão por algo que poderia ter dito. 

"A minha conversa com Steve, vou falar por ele, mas acho que foi uma das coisas mais difíceis que ele já teve que dizer a alguém. Ele me disse, com lágrimas no rosto, que um crime de ódio havia sido cometido. E imediatamente eu pensei que a minha família estava em perigo".

"Eu estava prestes a ligar para eles, para saber se tudo estava bem. Mas aí ele falou que havia acontecido na garagem, e eu meio que fiquei sem entender".

"O jeito que ele falava, como ele abordou o assunto, mostra o caráter que ele tem, como ele representa o esporte, como ele defende o que é certo, não tolerando o racismo e eu mantenho meu apoio a ele e a NASCAR".

Ontem, após o anúncio do FBI, a NASCAR divulgou um comunicado com mais informações sobre o caso. 

“O FBI concluiu sua investigação no Talladega Superspeedway e determinou que Bubba Wallace não foi alvo de crime de ódio. O relatório do FBI conclui e evidências fotográficas confirmam que a corda havia sido posicionada lá no início do outono [norte-americano]".

O comunicado oficial seguiu: "Obviamente, isso foi bem antes da chegada da equipe à garagem. Agradecemos a investigação rápida e completa do FBI e estamos gratos por saber que este não foi um ato racista intencional contra Bubba".

"Permanecemos firmes no compromisso de oferecer um ambiente acolhedor e inclusivo para todos os que gostam de corridas", concluiu a categoria.

Superação: veja como Zanardi surpreendeu a todos na UTI e nos inspirou a amar a vida

PODCAST Motorsport.com discute notas polêmicas do game F1 2020; ouça o bate-papo

 

.

Próximo artigo
NASCAR: FBI diz que Bubba Wallace não foi alvo de "crime de ódio"; entenda

Artigo anterior

NASCAR: FBI diz que Bubba Wallace não foi alvo de "crime de ódio"; entenda

Próximo artigo

Linha do tempo: entenda polêmica do suposto símbolo do racismo americano encontrado no box de Bubba Wallace

Linha do tempo: entenda polêmica do suposto símbolo do racismo americano encontrado no box de Bubba Wallace
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria NASCAR Cup