Porsche Cup: Após Supercup, Frangulis volta ao palco de primeira vitória

Última corrida da categoria em SP foi prova de endurance em 2020, vencida pelo piloto ORT com Gaetano di Mauro, na GT3 Cup

Porsche Cup: Após Supercup, Frangulis volta ao palco de primeira vitória
Carregar reprodutor de áudio

Depois de realizar o sonho de ser o primeiro brasileiro competindo com o novo Porsche 911 GT3 Cup geração 992 em etapa preliminar ao GP da Áustria de Fórmula 1 há duas semanas, Georgios Frangulis e a Oak Racing Team (ORT) voltam suas atenções para outro traçado histórico. Interlagos recebe a terceira etapa da Porsche Cup Brasil em 2021, temporada que marca a estreia do competidor do carro #88 na Carrera Cup.

Leia também:

A pista de São Paulo viu o nascimento da categoria dos carros de competição mais produzidos no planeta no Brasil em 2005 e desde então recebeu ao todo 185 corridas da Porsche Cup. A mais recente delas foi a prova de encerramento da temporada 2020, corrida de endurance de 500 km vencida justamente por Frangulis em parceria com Gaetano di Mauro na classe GT3 Cup. O Autódromo José Carlos Pace foi também o palco do primeiro contato do piloto com o Porsche de motor 4.0 litros da Carrera Cup, nos testes de pré-temporada realizados em fevereiro.

Novato na divisão principal em 2021, o ‘Grego’ pontua no geral e nas classes Sport e Trophy. Ele já foi ao pódio este ano e está a apenas três pontos do top-5 na divisão voltada para competidores estreantes.

Terceira etapa do calendário, a jornada em Interlagos fecha a primeira metade do campeonato de Sprint e possivelmente deve apontar os favoritos a lutar pelos títulos em cada categoria. Nesse sentido, o piloto ORT espera tirar o máximo dos treinos livres e quali, para conseguir uma posição de largada capaz de render corridas limpas e bons pontos na tabela.

“Sou completamente apaixonado por Interlagos desde sempre”, disse Frangulis. “Sempre é um prazer treinar e competir nesta pista. Vou tentar relembrar o que evoluímos da pré-temporada em fevereiro, que já tem um tempo.”

“Na Áustria andei em um carro sem ABS, então aqui em Interlagos inicialmente o foco será virar a chavinha e lembrar que eu posso dar uma patada no freio e segurar, que não preciso ficar tirando o pé do freio para evitar de a roda bloquear pois o ABS faz isso por mim.”

“Vamos aproveitar o máximo do tempo de pista desde os treinos e tirar o máximo proveito para recuperar depois da etapa de Curitiba, que não foi a melhor pra mim.”

Veja como foi a etapa de Curitiba

PODCAST: Quais 'passagens de bastão' mais emblemáticas da F1?

 

 

.

 

 

 

 

 

compartilhar
comentários
Porsche Cup: Muller quer manutenção da liderança da Carrera em Interlagos
Artigo anterior

Porsche Cup: Muller quer manutenção da liderança da Carrera em Interlagos

Próximo artigo

Porsche Cup: Pizii terá carro alusivo ao filme Space Jam 2 em Interlagos

Porsche Cup: Pizii terá carro alusivo ao filme Space Jam 2 em Interlagos