Porsche Cup: Veja o que disseram os pilotos após a etapa de Curitiba

Renan Pizii e Márcio Mauro venceram as corridas da Carrera e GT3 Cup

Porsche Cup: Veja o que disseram os pilotos após a etapa de Curitiba

O domingo da Porsche Cup em Curitiba foi bastante movimentado. Hoje foi o dia das segundas provas da Carrera e da GT3 Cup, que não decepcionaram, mas que também trouxeram grandes incidentes.

Na Carrera Cup, Renan Pizii fez uma ótimo trabalho para vencer na geral pela primeira vez, segurando até o fim o líder Miguel Paludo. Já na GT3 Cup foi a vez de Márcio Mauro segurar o ímpeto de Caio Castro para cruzar a linha de chegada em primeiro.

Leia também:

Renan Pizii: “Bati a meta! Meu objetivo era ganhar na geral com menos de 1 ano de categoria. Ontem mentalizei muito esse momento e senti que essa vitória viria hoje. Estou extremamente feliz com isso e significa muito para mim esse momento.”

Marcio Mauro: “Foi muito apertado! Olhava no espelho e só via gente com a faca nos dentes. Estou contente, o carro ficou muito bom, depois de largar de carro reserva ontem, fiz uma boa prova e consegui manter a liderança até o final.”

Miguel Paludo: “Foi uma etapa boa, pontos importantes para o título, fim de semana agitado com acidentes e toques. Quarto ontem e segundo hoje, faltam quatro para o fim da temporada e estamos na frente, foco em Goiânia.”

Nelson Monteiro: “Balanço super positivo em terminar na liderança com duas etapas para o fim da temporada. Acertei o setor 3 depois de muito tempo, vamos buscar pois aqui não da pra acomodar! Tem que batalhar sempre para conquistar o título.”

Werner Neugebauer: “Foi uma etapa muito boa para mim, descontei a diferença para dois pontos pro Miguel, queria ter pontuado mais que ele. O campeonato é muito disputado, empatamos em pontos nessa etapa, o ritmo da segunda corrida foi muito forte, todos andando muito próximos. Vamos pensar no campeonato.”

Marçal Muller: “Fim de semana que começou ruim, essa prova foi para dar uma animada, estava com bom ritmo, feliz com o resultado e com os pontos coletados.”

Francisco Horta: “Estou bem, o carro é muito seguro! Estava consciente durante todo o processo. A batida foi forte, mas estou muito bem e tudo está em ordem.”

Eduardo Menossi: “A segunda etapa foi aqui e quase venci na Trophy. Trabalhei muito de lá pra cá, focado no kart e nos simuladores. Meu carro tava muito traseiro, a entrada do miolo estava complicada. Ele me deu uma folga só quando rodou na Zero. Vim para ganhar e deu certo.”

Caio Castro: “Acho que hoje teve uma questão importante que foi a maturidade em uma hora que me vi em segundo na geral e primeiro na categoria. Poderia botar tudo a perder, pois o Marcio é um piloto muito difícil de ultrapassar. Ele me ensinou a andar atrás de um cara duro. Feliz com o resultado dessa corrida.”

Raijan Mascarello: “Tem mais quatro corridas ainda, muita coisa pode acontecer. Tivemos azar no quali com um pneu furado, acabou me complicando na largada e estar no meio do pelotão é difícil. Cheguei em quinto hoje largando de 16º, foi uma boa escalada com pilotos competitivos e carros iguais. O lastro que carrego desde o começo do ano é muito duro aqui em Curitiba que é uma pista de alta. Importante é chegar vivo no fim e estar bem colocado para o encerramento da temporada em Interlagos.”

Ricardo Fontanari: “O fim de semana foi muito bem trabalhado, e meu coach Matheus Iorio fez um acerto muito bom. O setup com carro usando restritor é mais difícil, pois muda algumas referências na pilotagem. Hoje fiz a largada consciente, escapei um pouco na confusão no fim da reta. O carro ficou dianteiro depois e não tinha como segurar os caras da geral. Raijan e Daniel passaram e fiz meu trabalho para chegar em segundo na Sport. O objetivo era a pontuação na classe Sport e fico feliz de sair em primeiro no campeonato na minha categoria”

Enzo Elias: “Foi uma corrida complicada, com duas bandeiras vermelhas por conta de acidentes. Graças a Deus os pilotos estão bem. Foi uma falta de sorte pro nosso lado, estávamos em quarto e poderíamos brigar pela vitória. Fiz algumas manobras boas ao longo da duração, era o mais rápido da pista, mas a sorte não estava do nosso lado, vamos brigar até o fim para disputar o campeonato.”

Leo Sanchez: “Foi uma prova de recuperação, estou em uma maré de má sorte há algumas etapas. Fui muito cauteloso para poder fazer uma prova limpa e sem acidentes. Consegui sobreviver bem aos acidentes, gostaria de ter escalado mais, mas o terceiro na categoria foi ótimo, agora é voltar mais forte para a próxima etapa pensando no campeonato.”

Sang Ho Kim: “Demorou para sair essa vitória! Foi bom, mantive bem o ritmo, encaixando bons setores e o resultado veio. A equipe ajudou muito, foi ótimo.”

Rodrigo Mello: “Foi um susto enorme o acidente antes da bandeira vermelha. Mas o carro é muito seguro. Estou inteiro e se tivesse agora um carro reserva eu estaria correndo de novo. Pena que não tem”

Veja como foi a corrida 2 da Carrera Cup em Curitiba

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST - Bottas: piloto que deixou a desejar ou talento 'sacrificado'?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Porsche Cup: Pizii diz que "bateu a meta" após vitória na Carrera
Artigo anterior

Porsche Cup: Pizii diz que "bateu a meta" após vitória na Carrera

Próximo artigo

Porsche Cup: pódio mantém Raijan na briga pelo título

Porsche Cup: pódio mantém Raijan na briga pelo título
Carregar comentários