Porsche Cup Termas de Río Hondo (Endurance)

Porsche Endurance na Argentina tem abertura emocionante e vitória de Feldmann/Salas

Variação da temperatura pegou pilotos de surpresa e prova de 300 quilômetros foi recheada de disputas e emoção

Alceu Feldmann e Gui Salas

A nova geração dos Porsche 911 modelo 992 se portou muito bem em seu primeiro desafio de longa duração na etapa inaugural da Porsche Endurance Series, disputada na tarde deste domingo (14) em Termas de Río Hondo, na Argentina. Tanto que apenas quatro dos 34 carros que largaram não completaram a prova.

Outro desafio superado pelos carros e pelos pilotos foi a repentina mudança de temperatura ambiente. Durante a semana, os pilotos encararam o frio argentino e haviam acertado seus carros para tais condições.

Leia também:

O domingo amanheceu com 8 graus e no momento da classificação os termômetros já se aproximavam de 20 graus. A corrida foi disputada sob muito sol e um calor de 31ºC, colocando à prova os discos de freio fornecidos à categoria pela Fremax, que suportam mais de 700ºC de temperatura.

A pole position foi de Miguel Paludo e Dennis Dirani, mas a dupla foi uma das quatro que teve de abandonar a disputa. Saindo em 11º, Alceu Feldmann e Guilherme Salas foram escalando o pelotão alternando forte ritmo e boa estratégia nas paradas de box.

A seis voltas de se completarem as 63 da corrida, a liderança era de Werner Neugebauer, que forma dupla com Ricardo Zonta. Um erro custou a vitória ao piloto do carro #8, e Salas assumiu a liderança para não mais perde-la.

"Os freios se comportaram perfeitamente", disse Feldmann. Travou um pouco, passei a carga mais para trás e aí o carro ficou traseiro. No começo fui ajustando no primeiro stint; no segundo eu fiz um stint rápido – o carro estava muito rápido. A gente tinha acertado o carro ontem para o frio e depois fez muito calor: erramos na classificação e largamos em 11º, e então fizemos um novo acerto para a corrida e aí deu tudo certo”.

“O início foi muito bom, e mais para o final tivemos de nos adaptar porque o calor estava muito forte, a temperatura era muito alta e a aderência mudava de tempos em tempos", disse Salas. "A corrida foi bem difícil, a temperatura estava muito alta. Não fomos bem na classificação por causa disso, mas nosso ritmo na corrida era animal. Só tenho a agradecer à equipe e a quem torceu”.

Werner e Zonta terminaram em segundo, a 4s9 dos vencedores. Christian Hahn e Diego Nunes ficaram em terceiro, com Rubens Barrichello e Franco Giaffone em quarto – e vencendo na classe Carrera Sport -, com Nicolas Costa e Jeff Giassi fechando o pódio dos cinco primeiros.

O próximo encontro da Porsche Cup Brasil acontece em Goiânia (GO) e em dois finais de semana consecutivos: nos dias 8 e 9 de outubro com a etapa Sprint, e em 15 e 16 de outubro com a segunda etapa da Endurance Series.

PODCAST: É o fim da linha para Ricciardo na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Porsche Endurance: Dinardi e Alves celebram quinto lugar na Argentina
Próximo artigo RETA FINAL: Binotto faz revelação surpreendente e Wolff com traumas de 2021; veja debate

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil