Porsche Cup: Marcondes encara viagem de mais de 2 mil km para etapa argentina

Piloto conquistou uma das vitórias do campeonato sprint em Termas de Río Hondo, além de triunfar na endurance, ao lado de Renan Guerra, que também encarou desafio

Nelson Marcondes

A Porsche Cup voltou a realizar uma etapa internacional, após o período mais intenso da pandemia, cuando as restrições a viagens inviabilizavam deslocamento a outros países. O local escolhido: Termas de Río Hondo, autódromo localizado em Santiago del Estero, a quase 2.400 km de São Paulo.

A distância impressiona, mas não para o piloto da categoria Sprint Challenge, Nelson Marcondes, que encarou viagem até o local em sua moto, junto com o também piloto e coach Renan Guerra, que fez par na primeira etapa do campeonato de endurance em que a dupla se saiu vitoriosa.

Leia também:

Com exclusividade, Marcondes explicou a ideia de fazer a etapa na Argentina de moto.

“Eu viajo de moto há muitos anos e já fiz diversas delas pela América Latina”, disse Marcondes. “Conheço Peru, Bolívia, o Chile inteirinho, a Argentina, Uruguai e o Paraguai que estava faltando na minha lista eu cruzei agora, pela primeira vez. Eu estou fechando o mapa, agora preciso subir para a Colômbia e Panamá.”

Nelson Marcondes e Renan Guerra

Nelson Marcondes e Renan Guerra

Photo by: Reprodução

“Eu estou acostumado a fazer essas viagens longas, a última que eu fiz foi em janeiro de 2020, pouco antes de estourar a pandemia e logo depois a minha moto ficou guardada, por praticamente dois anos. Quando a Porsche confirmou a etapa aqui, eu disse ‘perfeito, vou alinhar um prazer com outro’. Eu estava super empolgado em vir para a Argentina de moto, deu aquela ansiedade, parecia que eu era criança novamente, de prepara mala e tal, e a viagem foi perfeita.”

A moto utilizada é voltada para esse tipo de jornada: “Sempre uso uma moto da BMW, uma R1250 GS Adventure, uma moto com tanque e autonomia grandes, feita para todo terreno, ela vai muito bem no asfalto, mas quando preciso cortar caminho por uma pista de terra, ela vai bem também.”

Além da maratona na ida, Marcondes conseguiu vencer uma das corridas no campeonato sprint, além de triunfar na primeira etapa de endurance ao lado de Guerra. O piloto também decidiu voltar a São Paulo de moto, pedindo que a categoria levasse os troféus em uma ‘carona’ inusitada, já que não haveria espaço para trazê-los de volta.

Nelson Marcondes

Nelson Marcondes

Photo by: Reprodução

Veja como a corrida da dupla no domingo 

Podcast #191 – O que primeira parte da temporada da F1 em 2022 trouxe de bom e ruim?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Artigo anterior RETA FINAL: Binotto faz revelação surpreendente e Wolff com traumas de 2021; veja debate
Próximo artigo André Bragantini Jr. mostra projeto "Ultrapassando Limites" a lendas
Assinar