Equipe brasileira conquista título sul-americano de rali na Argentina

Rodrigo Varela disputou na última semana a etapa final e garantiu o título no “território do Dakar”

Rodrigo Varela e Lourival Roldan

O Campeonato Sul-Americano de Rally Cross-Country encerrou no último final de semana uma etapa considerada duríssima. Disputada ao longo de toda a semana, a corrida aconteceu no que os argentinos passaram a chamar de “território do Dakar”, em uma referência à famosa prova internacional disputada naquele país durante uma década, entre 2009 e 2018.

Foi nesse contexto que a equipe Can-Am Monster Energy conquistou o título da categoria geral  entre os UTVs com o piloto Rodrigo Varela e também o vice-campeonato na categoria UTV Over PRO, com seu pai, Reinaldo Varela. Em terceiro ficou o argentino Nazareno Lopez, que venceu a etapa encerrada no fim de semana.

Ao todo foram cinco estágios (ou especiais) entre as cidades de San Fernando del Valle de Catamarca, Tinogasta e Fiambalá, com um desafiante trajeto de 1.495 quilômetros, considerado o melhor terreno para o off-road na Argentina. Formando dupla com o experiente navegador brasileiro Lourival Roldan durante a prova, Rodrigo Varela teve um início animador, e terminou as duas primeiras especiais em segundo lugar, muito próximo do tempo da dupla argentina Jeremías Ferioli e Gonzalo Rinaldi, que venceram aquele trecho e foram os vencedores do rally.

Um problema mecânico durante o terceiro estágio, entre Tinogasta e Fiambalá, minou as chances de vitória do brasileiro, que terminou o rally na sexta colocação geral entre os UTVs. Resultado que foi suficiente para garantir o título sul-americano de 2023. “Vínhamos num bom ritmo e conseguindo ficar próximos da dupla argentina. Mas infelizmente o carro quebrou no terceiro dia, e perdemos muito tempo consertando, diminuindo as chances de vitória. De qualquer forma, passamos a nos preocupar em conseguir o resultado necessário para conquistar o título, e no final, foi o que conseguimos”, comentou Rodrigo Varela.

“Agradeço a todo o apoio da equipe, não só durante essa semana, mas nas etapas anteriores. Foi um belo trabalho, que foi agraciado com o título. Agora, é se recuperar para os próximos desafios que estão por vir”, completou.

Por sua vez, Reinaldo Varela, que nesta prova contou com a navegação do também brasileiro Enio Bozzano, conseguiu superar as desafiantes e altas dunas argentinas, fechando a corrida na terceira colocação da classificação geral – resultado suficiente para também lhe garantir o título na UTV Over PRO. “Foi um rally com etapas muito difíceis e longas. É praticamente um mini-Dakar, com dunas muito altas e trechos cercados de rochas e obstáculos perigosos”, explicou o tricampeão mundial de rally.

“Apesar das dificuldades, conseguimos fazer um bom rally e conseguimos fechar com o vice-campeonato. Ver a equipe conseguir o top-3 no Sul Americano é gratificante. Obrigado a todos por tanto empenho durante estes dias de muito desafio pessoal e coletivo”, completou Reinaldo.

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Lucas Moraes lidera briga no Campeonato Brasileiro de Rally Baja
Próximo artigo Lucas Moraes defende a liderança do Brasileiro de Baja no Rally de Inverno

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil