Rally dos Sertões 2021 começa com vitória de tricampeão mundial

”Foram 235km de curvas o tempo todo. Não tivemos 200m de reta”, disse Reinaldo Varela

Rally dos Sertões 2021 começa com vitória de tricampeão mundial
Carregar reprodutor de áudio

Se a sensação da 29ª edição do Rally dos Sertões é a categoria UTV, com um recorde de mais de 90 inscritos e altíssimo nível de competitividade, já no primeiro dia o destaque ficou com o tricampeão mundial Reinaldo Varela e o navegador Gunnar Dums, da equipe Monster/Can-Am. A dupla venceu a especial disputada neste sábado entre Praia da Pipa (RN) e Patos (PB), num total de 410km de percurso e 235km de trechos cronometrados em alta velocidade.

“Foram 235km de especial sempre fazendo curvas. Se tivemos uma reta de 200 metros, foi muito”, comentou o vencedor, depois de terminar o percurso. “Tivemos muitos trechos de puro ziguezague, em uma especial tremendamente travada. Havia pedras por toda parte, inclusive alguns muros naturais ladeando a trilha. Por isso muita gente abandonou com pneus rasgados ou por acidente. E acho que a experiência contou muito a nosso favor, pois soubemos a hora de acelerar e a hora de ter prudência”, completou o piloto da equipe Monster Can-Am.

O time de Varela e Dums conseguiu ainda colocar seus outros dois carros entre os oito melhores. Depois de um problema no prólogo que o fez largar entre os últimos, Rodrigo Varela e o navegador Filipe Palmeiro fizeram uma excelente prova de recuperação. “No geral eu acho que conseguimos fazer uma especial bem limpa, sem cometer erros e com navegação do Filipe. Recuperamos bastante terreno e acho que nos colocamos entre os carros que podem brigar pelo pódio na geral”, disse Rodrigo, que terminou em sexto.

Trecho mais perigoso – “Nós mantivemos um ritmo forte até faltarem 40km, que era o trecho mais perigoso do dia. Decidimos então maneirar e tentar chegar ao final do dia com tranquilidade. Foi muito bom estar entre os dez melhores. Se continuarmos assim temos chance de terminar bem esse Sertões”, completou Gabriel Varela, parceiro de Filipe Bianchini, avaliando a atuação da dupla que foi sexta colocada neste sábado.

Reinaldo Varela e Gunnar Dums completaram os 235km de especial em 4h19min24s. O segundo dos dez dias de competição do Rally dos Sertões terá largada em Patos (PB) e chegada Araripina (PE), totalizando 509km – sendo 306km de trechos cronometrados em alta velocidade. A equipe Monster Can-Am conta com patrocínio de Norton, Divino Fogão, Arisun Pneus, Motul e Blindarte, além do apoio de Auto Service e Tecmin.

Confira os dez melhores entre os mais de 90 inscritos na categoria UTV:
1 – Reinaldo Varela/Gunnar Dums, 4h19min24s
2 – Denísio Casarini/Ivo Mayer, a 3min12s8
3 – João Valentim/Henrique Correia, a 4min29s6
4 – Guilherme Benchimol/Daniel Spolidorio, a 4min44s8
5 – João Franciosi/Cesar Valandro, a 4min53s5
6 – Rodrigo Varela/Filipe Palmeiro, a 5min17s7
7 – Denísio Nascimento/Idali Bosse, a 5min35s7
8 – Gabriel Varela/Filipe Bianchini, a 5min58s7
9 – Otávio Souza Leite/Wladimir Grunenbert, a 6min29s3
10 – Wilker Campos/Lauro Sobreira, a 6min37s9

compartilhar
comentários
Marcelo Medeiros chega em primeiro entre os quadriciclos na etapa de abertura do Sertões 2021
Artigo anterior

Marcelo Medeiros chega em primeiro entre os quadriciclos na etapa de abertura do Sertões 2021

Próximo artigo

Piquet Jr. destaca adaptação no dia 1 e vê margem para avançar após ganhar posições na 1ª especial no Sertões

Piquet Jr. destaca adaptação no dia 1 e vê margem para avançar após ganhar posições na 1ª especial no Sertões
Carregar comentários