Fórmula 1
01 ago
-
04 ago
Evento encerrado
MotoGP
09 ago
-
11 ago
Evento encerrado
IndyCar
16 ago
-
18 ago
Evento encerrado
R
Gateway
22 ago
-
24 ago
Próximo evento em
2 dias
Fórmula E
12 jul
-
13 jul
Evento encerrado
14 jul
-
14 jul
Evento encerrado

Barrichello tem estratégia perfeita e vence corrida 2 de Campo Grande

compartilhar
comentários
Barrichello tem estratégia perfeita e vence corrida 2 de Campo Grande
11 de ago de 2019 20:16

Largando de 14ª, campeão da Stock Car de 2014 começou com pneus menos desgastados e conseguiu fazer pit stop obrigatório mais rápido

Rubens Barrichello foi o grande nome na corrida 2 da etapa de Campo Grande da Stock Car. Com uma estratégia perfeita, mesmo largando em 14º, o campeão de 2014 conseguiu vencer pela terceira vez no ano. 

O piloto da Full Time se aproveitou de ter trocado quatro pneus e reabastecido no final da corrida 1 para depois fazer um pit stop "voando" e garantir a primeira posição.

Ricardo Maurício e Gabriel Casagrande completaram o pódio. Daniel Serra foi o quinto colocado.

Com os resultados, Serra ainda lidera com 190 pontos, com Maurício em segundo com 175. Julio Campos é o terceiro com 169, seguido de Barrichello com 168 e Thiago Camilo com 166.

A Corrida

Marcos Gomes e Allam Khodair dividiram a primeira fila na segunda prova, com o campeão de 2015 levando a melhor. O “Japonês Voador” perdeu o segundo posto para Daniel Serra, Ricardo Maurício e Max Wilson completaram o top-5 na primeira volta.

Faltando 32 minutos, Galid Osman, que estava em nono, rodou após encontro com Cesar Ramos e votou em 24º.

Khodair, aos poucos, perdia rendimento, caindo para o sexto posto com 10 minutos de prova. Enquanto isso, Rubens Barrichello, que começou em 14ª, vinha se recuperando e era o oitavo.

Restando 23 minutos, Valdeno Brito e Cesar Ramos se chocaram na reta principal, com ambos rodando e chamando o safety car.

 

Faltando 16 minutos, foi dada a relargada com Gomes na frente, seguido por Maurício e Serra. Na volta seguinte, começaram as paradas obrigatórias. Entre os ponteiros, o atual bicampeão foi o primeiro a fazer o pit stop. Gomes fez o mesmo no giro seguinte e Maurício no seguinte.

Ao final das paradas, Rubens Barrichello, que havia trocado quatro pneus no final da corrida 1 fez o pit stop o mais rápido possível, aparecia na liderança, seguido de Bruno Baptista e Ricardo Maurício.

Mas a alegria de Baptista durou pouco, com o anúncio de queima de largada do jovem piloto.

Com menos de cinco minutos para o fim, Bia Figueiredo e Pedro Cardoso saíram da pista e foram parar na barreira de pneus, trazendo novamente o safety car.

A relargada foi dada já para a última volta e Barrichello cruzou a linha de chagada em primeiro, seguido de Maurício e Casagrande. Fraga e Serra completaram o top-5.

A próxima etapa da Stock Car será a Corrida do Milhão, no dia 25 de agosto em Interlagos.

Resultado final

Pos. No. Piloto
1 111 Rubens Barrichello
2 90 Ricardo Maurício
3 83 Gabriel Casagrande
4 88 Felipe Fraga
5 29 Daniel Serra
6 9 Guga Lima
7 51 Átila Abreu
8 70 Diego Nunes
9 5 Denis Navarro
10 65 Max Wilson
11 12 Lucas Foresti
12 0 Cacá Bueno
13 4 Julio Campos
14 80 Marcos Gomes
15 44 Bruno Baptista
16 21 Thiago Camilo
17 28 Galid Osman
18 33 Nelson Piquet Jr
19 18 Allam Khodair
20 10 Ricardo Zonta
21 3 Bia Figueiredo
22 143 Pedro Cardoso
23 8 Rafael Suzuki
24 30 Cesar Ramos
25 77 Valdeno Brito
26 110 Felipe Lapenna
27 177 Marcel Coletta
28 11 Gaetano di Mauro

 

 

Próximo artigo
Thiago Camilo dá susto, segura pressão de Julio Campos e vence em Campo Grande

Artigo anterior

Thiago Camilo dá susto, segura pressão de Julio Campos e vence em Campo Grande

Próximo artigo

Barrichello exalta tática em prova 2: “conseguimos executar com perfeição”

Barrichello exalta tática em prova 2: “conseguimos executar com perfeição”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Stock Car Brasil
Seja o primeiro a receber as últimas notícias