Suspenso, Cacá será substituído por Laurens Vanthoor em Curitiba

Pentacampeão da Stock Car irá cumprir pena por ofender CBA em Ribeirão Preto neste final de semana na sexta etapa do campeonato

Suspenso, Cacá será substituído por Laurens Vanthoor em Curitiba
Caca Bueno, Red Bull Racing Chevrolet
Cacá Bueno
Pódio corrida 2: Cacá Bueno, Max Wilson, e Julio Campos
Cacá Bueno, Red Bull Racing Chevrolet
Vencedor Cacá Bueno, Red Bull Racing Chevrolet

Após o efeito suspensivo conseguido antes da última etapa da Stock Car, realizada em Santa Cruz do Sul no final de junho, Cacá Bueno irá cumprir sua punição de uma corrida na próxima rodada do campeonato, em Curitiba, que será realizada neste final de semana.

A sanção foi imposta ao piloto da Red Bull depois de ter ofendido pelo rádio a Confederação Brasileira de Automobilismo após o fim da corrida 1 da rodada dupla de Ribeirão Preto, segunda etapa do ano. Bueno continuou sendo pressionado por Marcos Gomes após ambos não receberem a bandeirada da fiscal responsável por decretar o final da prova na linha de chegada.

Apenas depois de alguns instantes ambos perceberam que a corrida já tinha terminado, já que alguns fiscais e mecânicos haviam entrado na pista. Neste momento Cacá, em reclamação em seu rádio, chamou a CBA de “bando de imbecis”. O desabafo foi julgado pelo Supremo Tribunal de Justiça Desportiva como “falta gravíssima”. A suspensão de uma etapa foi mantida, além de multa de R$ 50 mil.

Cacá Bueno será substituído pelo belga Laurens Vanthoor de 24 anos. O piloto foi campeão da Fórmula 3 alemã em 2009, além de bicampeão de GT em 2013 e 2014. Ele também venceu as 24 Horas de Spa-Francorchamps no ano passado.

“O que aconteceu em Ribeirão Preto foi uma falha humana, que todos estamos sujeitos. No mesmo dia conversei com a bandeirinha, que me pediu desculpa, assim como eu também me desculpei”, iniciou Cacá.

“Infelizmente vou ficar fora desta etapa, mas voltarei na Corrida do Milhão com ainda mais vontade e gana para lutar pelo hexa e pelos pontos que deixarei de somar neste final de semana.”

Vanthoor, que correu a primeira corrida deste ano em Goiânia ao lado de Vandeno Brito na Shell (outra equipe capitaneada por Andreas Mattheis), se disse feliz com a nova experiência. “Tudo aconteceu muito rápido, desde o convite até fechar todos os detalhes com a Red Bull Racing.”

“Corro contra o Cacá há três anos no Blancpain Sprint Series e sei que ele é um piloto muito rápido e muito talentoso. Infelizmente ele não poderá correr nesta etapa e estou lisonjeado por ter sido convidado para substituí-lo. Espero fazer o melhor trabalho possível para somar pontos importantes para a equipe neste fim de semana em Curitiba.”

“No começo do ano corri a prova de duplas em Goiânia e, logo de cara, me senti muito à vontade no carro da Stock Car. Acho que a segunda vez vai ser melhor.”

compartilhar
comentários
Marcos Gomes: “nunca me senti tão competitivo quanto em 2015”
Artigo anterior

Marcos Gomes: “nunca me senti tão competitivo quanto em 2015”

Próximo artigo

Cacá Bueno dispara: “ainda incomodarei muita gente”

Cacá Bueno dispara: “ainda incomodarei muita gente”
Carregar comentários