Stock Car Goiânia III

Stock Car: Cacá Bueno avalia ano na Crown e traça planos para o futuro no automobilismo

Maior campeão em atividade no automobilismo brasileiro, piloto afirma ter ‘bastante lenha para queimar’ nas pistas

Cacá Bueno

Cacá Bueno, maior vencedor da Stock Car em atividade com cinco títulos (2006, 2007, 2009, 2011, 2012), anunciou no último dia 11 de outubro, no programa “Encontro de Craques”, do Bandsports, o fim da sua passagem na Crown Racing e a mudança para a KTF Sports.

O editor recomenda:

“Obviamente já vazaram os planos para o ano que vem. Mas vamos fazer um comunicado oficial na próxima semana, explicando direitinho o porquê, para onde, como, quem, com qual infraestrutura, apoio de engenharia, parceiro de equipe e patrocinadores. O destino meio que o pessoal já vazou, não vou ficar confirmando. As pessoas já sabem o destino, mas não as condições gerais”, disse ao Motorsport.com.

Na 24ª colocação com 82 pontos, o dono do Chevrolet Cruze #0 entende que o início ruim de campeonato acabou prejudicando as suas pretensões e as da equipe. “Não começamos bem a temporada. Aliás, começamos muito mal a temporada, com o rendimento do carro muito aquém do desejado por mim e pela equipe. No meu entendimento, olhando para trás, demoramos um pouco a reagir e entender o que não estava dando certo", disse Bueno.

Segundo Cacá, as coisas chegaram a melhorar na segunda metade do campeonato. Porém, os problemas de confiabilidade e quebras começaram a assolar a Crown, principalmente, nas pistas em que o desempenho foi de maior qualidade.

“Andamos super bem no Velopark, mas eu tive um problema no pit-stop com a lança de subir o carro. Estava super bem com chances reais de terminar (a prova) no pódio. Depois, tive uma quebra de freio no Vellocita. E, na corrida em Santa Cruz do Sul, larguei em quinto, estava andando entre os cinco primeiros na corrida 1, liderei metade da corrida 2, mas tive uma quebra de semieixo", afirmou Cacá.

"Então, foram três quebras, exatamente, nas três pistas, nas quais a gente andou melhor e podia ter conquistado pódios e vitórias. A equipe evoluiu demais nessa segunda metade da temporada", seguiu.

"Estou satisfeito com o rendimento do carro, apesar de obviamente querer estar fazendo todas as pole positions e ganhando todas as corridas. Afinal é isso que todo piloto e toda equipe desejam. Evoluímos, porém não conseguimos transformar isso em pontos. É isso! A gente melhorou, mas reagimos um pouco tarde e não conseguimos traduzir isso em pontos para estar ali brigando na parte de cima do campeonato”, avalia.

Planos para o futuro

Aos 46 anos de idade, Cacá Bueno almeja seguir o exemplo de Rubens Barrichello (50), Ricardo Zonta (46) e Tony Kanaan (47) e continuar por mais alguns anos queimando pneu nas pistas pelo Brasil e pelo mundo.

“Eu ainda tenho bastante lenha para queimar. Quero! Gosto de estar aqui! Me sinto competente o suficiente para estar aqui (no grid). Não pretendo me aposentar no final deste ano e nem no ano que vem O meu intuito, o meu desejo é ganhar mais um título de Stock Car. Ou ser protagonista da categoria e estar brigando na frente, se não puder ganhar um campeonato. É o que tenho feito na Endurance e vou me manter lá”, frisou.

O piloto fez questão de ressaltar que os seus planos para o futuro, pelo menos nos próximos três anos, são no automobilismo brasileiro: “Eu tenho planos de seguir forte na Stock Car e no automobilismo brasileiro. Desde a pandemia, deixei de fazer campeonatos internacionais e foquei mais no Brasil. Não tenho focado tanto internacionalmente e meus projetos são para o Brasil. Talvez, num curto prazo, o plano é voltar para a Porsche Cup e fazer os três campeonatos no ano que vem.”

Dono de 11 títulos no automobilismo, dos quais um é o Sul-Americano de Turismo, conquistado em 1999, Cacá Bueno falou sobre a possibilidade de competir no TCR South America. “Acho que a TCR tem muito a crescer e possa ser um futuro. Claro, vou monitorar um pouco mais de longe a TCR e ver o que ela vai alcançar para poder, quem sabe, no futuro, poder estar fazendo parte. Mas o meu foco ainda é na Stock Car e na Endurance Brasil, por mais alguns anos”, concluiu.

ABSURDO MAIOR AINDA? Albon REVELA que Vettel alertou FIA sobre trator na pista

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura durante nossos programas. Não perca!

Podcast Motorsport.com #200 - F1 virá 'vidraça': é preciso um 'choque de realidade'?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Casagrande chega à final brigando pelo título pelo terceiro ano seguido
Próximo artigo Matías Rossi leva Argentina para disputa do título da Stock Car

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil