Stock Car: Zonta ressalta importância de resultado: "Tivemos um fim de semana positivo"

compartilhar
comentários
Stock Car: Zonta ressalta importância de resultado: "Tivemos um fim de semana positivo"
Por:

Em Cascavel, paranaense fica em segundo na corrida 2, duas posições à frente de Gaetano; Átila chega no top-10 nas duas provas do dia

Em um dia positivo para a Shell na sexta etapa da Stock Car, em Cascavel, Ricardo Zonta conquistou seu quarto pódio na temporada 2020, com um segundo lugar na corrida 2, e Gaetano di Mauro igualou seu melhor resultado na categoria, em quarto. Já Átila Abreu pontuou nas duas provas, e Galid Osman também somou na tabela. Único piloto com duas vitórias no campeonato, Zonta é o vice-líder na classificação geral, enquanto Átila também se manteve no top10, em sétimo.

O domingo começou com mais uma sessão de classificação, e Átila foi o melhor piloto da Shell, em oitavo, três posições à frente de Galid. Já Di Mauro ficou em 22º lugar no grid, logo à frente de Zonta.

Leia também:

A primeira corrida teve uma largada limpa, e Átila chegou a subir para sétimo, mas depois estabeleceu-se em oitavo, com Galid em 13º, Zonta em 20º, logo à frente de Gaetano. Na terceira volta, Di Mauro deixou a prova para se concentrar na segunda corrida.

Galid entrou nos boxes no começo da janela de pit stops, enquanto Átila e Zonta estenderam a permanência na pista. Abreu ganhou uma posição depois da parada e ficou em sétimo, e o paranaense recolheu aos boxes planejando a segunda corrida. Átila cruzou a linha de chegada em sétimo e marcou pontos importantes para o campeonato, e Osman ficou em 14º lugar.

Na corrida 2, Átila largou em quarto e passou em quinto no fim da primeira volta. Zonta fez uma boa largada e subiu para 15º, à frente de Gaetano, e Galid ficou em 19º. Na terceira volta, o sorocabano subiu para o quarto lugar, e, logo depois, o safety car entrou na pista após um contato entre Osman, que seguiu na prova, e um concorrente.

Zonta seguiu evoluindo e, com menos de 20 minutos, já estava em 13º, duas posições à frente de Gaetano, com Átila em quinto. Os quatro pilotos da Shell estenderam o stint quando abriu-se a janela de paradas nos boxes, e o piloto do carro #10 assumiu a liderança logo à frente de Gaetano e Galid a 12 minutos do fim.

A estratégia de Zonta se mostrou eficaz, e ele pulou para quinto depois do pit stop. Depois, o paranense ganhou uma posição quando Ricardo Maurício rodou e outra quando Rubens Barrichello pagou uma punição. Com uma bela ultrapassagem sobre Denis Navarro, Ricardo pulou para segundo.

Quem também escalou o pelotão com uma tática perfeita foi Gaetano di Mauro, que, nos minutos finais, se posicionou em quarto lugar. Átila Abreu vinha em oitavo lugar, com Galid Osman em 12º lugar.

Nas últimas voltas, Zonta forçou o ritmo e se aproximou do líder Daniel Serra, chegando mesmo a disparar o botão de ultrapassagem na última volta, mas não houve tempo para uma tentativa de ultrapassagem. Gaetano fechou num ótimo quarto lugar, Átila foi o nono, e Osman, o 12º.

Daqui a duas semanas, a Stock Car volta a se reunir para duas etapas no circuito do Velocitta.

"Foi um fim de semana muito difícil, tivemos vários problemas tanto na corrida de sábado, com um carro muito difícil de guiar, e a temperatura chegou a 71 graus dentro do carro ontem. Foi bastante sofrido, hoje também, classifiquei lá atrás e foquei na segunda corrida. Tinha pneus melhores, condição de apertar o botão de ultrapassagem toda volta. Foi uma corrida de recuperação, estou muito feliz por ter conseguido esse pódio, com condições de brigar pela liderança. Se tivesse mais uma ou duas voltas dava para ir para cima do Daniel, ainda tinha três botões de ultrapassagem sobrando."

Ricardo Zonta, piloto do carro #10 da equipe Shell RCM

"O nosso domingo não começou muito bem, na classificação tivemos alguns problemas no carro e não conseguimos classificar bem. Aí temos de planejar muito bem as corridas, pensar no que fazer para ter um bom desempenho. E consegui muito bem executar o que precisava, que era preparar na corrida 1, terminar com o carro inteiro, largar a corrida 2, deixar o carro inteiro também, e a partir do pit, começar a correr para frente, buscar velocidade de passar quem estava com o pneu mais desgastado. No fim das contas, tivemos um fim de semana positivo com esse resultado, no resto temos de trabalhar e melhorar para ter resultados na corrida 1 e velocidade nos qualis."

Gaetano di Mauro, piloto do carro #11 da equipe Shell Vogel Motorsports

"Foi um fim de semana interessante para o campeonato. Chegamos a 30 pontos do líder e saímos a 30 pontos do líder. Se pegarmos as corridas de ontem e hoje, fui um dos maiores pontuadores de Cascavel, mesmo sem ter o carro mais competitivo. Estamos sofrendo com a performance ainda, estamos conseguindo somar alguns pontos, mas falta encaixar para ser mais combativo e tentar brigar por uma vitória e pódios mais consistentes. É continuar trabalhando. Não achamos ainda, saímos no lucro se contar que largamos em 17º e conseguimos um bom resultado. Hoje fui no primeiro grupo que tinha óleo na pista e não consegui entrar no Q2. Uma corrida 1 com a performance que nos permitia, e na corrida 2, o safety car nos judiou, aqueles que tinham se preparado melhor na corrida 1, com mais pneu e combustível, tiveram alguma vantagem, e isso nos custou algumas posições. Junto a isso, a performance que não tínhamos. Estamos fazendo a nossa parte, somando, precisamos continuar trabalhando para evoluir o carro. Há lições que tiramos daqui, coisas que vamos ter de testar nas próximas corridas. e ser mais ousado para conseguir essa performance. Mas estou satisfeito, foi um fim de semana interessante, fizemos do limão uma limonada. Vamos para o Velocitta."

Átila Abreu, piloto do carro #51 da equipe Shell V-Power Crown Racing

"Começamos o fim de semana com um ritmo muito lento, se arrastando. De ontem para hoje, viramos o carro de ponta-cabeça, mudamos completamente o setup, e hoje já fomos mais competitivos, com um ritmo bem forte. O que aconteceu foi que na primeira corrida iríamos arriscar um pouco mais na estratégia. Mas administramos mal os pushes, e nos preparamos para a segunda corrida. Só que quando fui para a pista, o farol estava fechado, e tive de largar dos boxes. Isso muda completamente a situação, dificulta muito mais. Deu para fazer uns pontinhos, mas o mais importante foi a evolução do carro de ontem para hoje na performance."

Galid Osman, piloto do carro #28 da equipe Shell V-Power Crown Racing

 

 

 

 

Stock Car: Daniel Serra segura Zonta no final e volta a vencer após tricampeonato

Artigo anterior

Stock Car: Daniel Serra segura Zonta no final e volta a vencer após tricampeonato

Próximo artigo

Stock Car: Cesar Ramos é o novo líder e Barrichello cai para 5º; veja tabela

Stock Car: Cesar Ramos é o novo líder e Barrichello cai para 5º; veja tabela
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Stock Car Brasil
Autor Redação Motorsport.com