TCR South America: Promotor avalia temporada e projeta 2022 com aumento de grid, locais inéditos e confirmação de TCR Brasil

Mauricio Slaviero falou sobre aprendizados do primeiro ano na categoria sul-americana e anuncia início de campeonato para 2022 em abril

TCR South America: Promotor avalia temporada e projeta 2022 com aumento de grid, locais inéditos e confirmação de TCR Brasil

A primeira temporada do TCR South America está na reta final, com apenas mais duas etapas para a sua conclusão. A categoria que estreou em terras sul-americanas neste ano, ainda sofrendo com as medidas restritivas de viagens por causa da Covid-19, já mira seus olhares para 2022, e de maneira muito mais otimista do que foi antes dos motores roncarem em 2021.

O promotor da categoria no Brasil, Mauricio Slaviero falou ao Motorsport.com com exclusividade, em que avaliou os acertos e erros deste ano, além de abrir o jogo sobre algumas novidades para 2022, com a temporada começando em abril.

Leia também:

“Acho que a temporada tem sido um sucesso até agora”, comentou Slaviero. “Obviamente, temos que ser honestos e transparentes e dizer que as restrições de viagens realmente atrapalharam, tivemos que mudar corridas, mexer um pouco no calendário, e isso acaba atrapalhando um pouco. No geral, a categoria conseguiu superar esses desafios.”

Circuitos nível 1 e Punta del Este

As novidades em relação aos locais das corridas serão mais latentes fora do Brasil. No País, o TCR South America se juntou à Mais Brasil e terá seus eventos com a Copa Truck em três oportunidades, Velocitta, Interlagos e Goiânia.

“A expectativa é muito grande, há muitas coisas novas para acontecer e já temos definidos que estaremos nos melhores autódromos da América do Sul. Na Argentina, as três corridas serão em Buenos Aires, Termas de Rio Hondo, que tem homologação 1 da FIA, e em San Juan, no autódromo de Villicum, onde teve recentemente o Mundial de SuperBike.”

“Vamos repetir a etapa de Rivera. O segundo local no Uruguai ainda está em definição, mas existe a possibilidade de a etapa fechar o campeonato e em circuito de rua em Punta del Este, o que seria maravilhoso.”

“As tratativas para essa corrida estão em andamento, teremos nos próximos 30-60 dias a confirmação da realização desta etapa. Caso não aconteça, vamos para Montevidéu novamente.”

TCR South America

TCR South America

Photo by: Divulgacao

Grid aumentado e qualificado

Segundo Slaviero, o universo TCR está empolgado com o campeonato sul-americano, especialmente com o interesse das montadoras.

“A repercussão do campeonato sul-americano dentro do mundo TCR tem sido excelente. Eu, que trabalho aqui na WSC na Europa, que é a empresa proprietária da TCR, tem o contato com todas as montadoras, elas estão muito animadas e acreditando muito no crescimento forte do campeonato. Tanto é que o ano que vem teremos mais marcas participando.”

“Temos a confirmação da participação da Peugeot, com uma equipe que será com o Tito Bessone, piloto super conhecido da Argentina. A equipe Lynk & Co. continua. A Esquadra Martino provavelmente vai trocar de marca, hoje ela está correndo de Honda e deve participar com uma nova que eles estão negociando, o que vai ser também excelente para categoria.”

“A equipe do Peru continua com Hyundai e talvez exista a possibilidade de crescerem para dois carros. No Brasil, continuamos com a equipe do Carlos Chiarelli com Hyundai, do Nonô Figueiredo com os Audis, Duda Pamplona e do Serafim com Honda, do Dárcio do Santos e a Prop Car com Alfa Romeo.”

O número de carros no grid pode chegar a 20, dependendo da etapa, com a chegada da Toyota e de uma nova equipe brasileira.

“Vamos ter aí uma ótima novidade anunciada nos próximos dias, de uma nova equipe brasileira que se juntará à categoria. Com isso, a gente já tem aí a garantia de pelo menos 16 ou 17 carros no grid e a partir do momento que entrar a Toyota, provavelmente na primeira corrida, acreditamos que o nosso grid vai subir para uma média de 18 a 20 carros.”

TCR Brasil?

O sucesso do campeonato motiva Slaviero, equipes e montadoras a criar a versão brasileira do campeonato e nos próximos dias, mais novidades devem chegar ao conhecimento do público.

“As negociações estão muito evoluídas, a cada dia que passa, a possibilidade dela se concretizar aumenta e eu diria que nós vamos ter algo oficial e definitivo em janeiro de 2022 e se tudo der certo, podemos anunciar o campeonato TCR Brasil para 2023 esse é o nosso plano e esse é o nosso objetivo.”

Mauricio Slaviero

Mauricio Slaviero

Photo by: Divulgacao

Mudanças nas corridas

Como um campeonato inaugural, erros e acertos são constatados esportivamente. Slaviero adiantou ao Motorsport.com uma alteração que já acontece em muitas categorias pelo mundo.

“Como aprendizado, posso dizer que existe coisas a melhorar, como por exemplo as corridas de duplas, elas não podem mais ter um pit stop liberado como foi as duas primeiras. Existe uma diferença técnica entre os carros, então a partir do ano que vem vamos ter um tempo mínimo de permanência nos boxes. Isso vai deixar a categoria mais equilibrada.”

Verstappen CAMPEÃO já na Arábia? Hamilton OCTA com FACILIDADE? Veja MATEMÁTICAS DO TÍTULO da F1 2021

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #148: O jogo virou a favor da Mercedes? Quem é o favorito ao título?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

compartilhar
comentários
Honda de Reis e Girolami vence em Buenos Aires pelo TCR South America
Artigo anterior

Honda de Reis e Girolami vence em Buenos Aires pelo TCR South America

Próximo artigo

TCR South America: Amigo de Guerrieri e Girolami, Pepe Oriola busca “erro zero” para levantar título

TCR South America: Amigo de Guerrieri e Girolami, Pepe Oriola busca “erro zero” para levantar título
Carregar comentários