Com pódio e duplo top 5, Rapha Reis se aproxima da liderança após as etapas uruguaias do TCR South America

Brasiliense do Cupra #77 reduz de 30 para 9 pontos a distância para o líder do campeonato, que agora parte para pistas argentinas

Rapha Reis

Raphael Reis iniciou a segunda metade da temporada 2022 do TCR South America com dois top 5 na pista uruguaia de El Pinar. O brasiliense da equipe W2 Pro GP fez duas provas de recuperação, terminando a primeira em quarto e a segunda em terceiro.

Terceiro maior pontuador da etapa, Reis reduziu de 30 para 9 pontos sua desvantagem em relação ao argentino Fabricio Pezzini, que lidera o campeonato, sendo a diferença entre eles agora de 331 contra 322 em favor do 'hermano'.

O editor recomenda:

O TCR South America parte agora para três etapas no país do concorrente, sendo uma delas de endurance. Largando em segundo lugar do lado sujo da pista, o Cupra #77 ficou mal posicionado no início da corrida 1 e caiu para sexto ao término da primeira volta.

O piloto brasiliense então tratou de ir escalando o pelotão, negociando ultrapassagens por dentro e por fora com segurança, de modo a não comprometer pontos importantes para o campeonato. A duas voltas do fim ele alcançou o vice-líder e esteve perto de retomar o segundo lugar, mas, o uruguaio Enrique Maglione defendeu bem sua linha e, com isso, a dupla permitiu a chegada de Manuel Sapag. O argentino eventualmente passou Rapha, que cruzou a linha em quarto.

Na segunda corrida ele partiu em nono com a largada lançada. A administração de espaço no início foi complicada -- inclusive com uma intervenção do safety car logo na segunda volta. Em questão de cinco giros, Reis tratou de entrar no top 5 superando Juan Ángel Rosso.

Depois partiu para o ataque sobre Franco Farina, trazendo junto seu companheiro de W2 Pro GP, Alceu Feldmann. Os dois superaram o Peugeot e passaram a duelar entre si. Rapha segurou o assédio do parceiro e na parte final da corrida buscou o carro de Maglione, que vinha em terceiro.

O uruguaio tratou de defender a posição com todos os recursos, mas o brasileiro foi hábil ao desenhar a manobra na reta oposta e aplicar um “X” de almanaque na entrada da reta principal na penúltima volta.

No final, ainda tirou a diferença para o Hyundai de Pedro Aizza, mas faltou tempo para lutar pelo segundo posto. A próxima etapa do TCR South America acontece em Termas de Río Hondo, no último fim de semana de agosto.

Reis disse: “Muitos acidentes na corrida, tivemos que usar a cabeça para conseguir sobreviver. Velocidade a gente tinha, e conseguimos pontuar bem, que era nosso objetivo aqui. Os pontos eram importantes, não precisávamos arriscar tudo a qualquer custo. Conseguimos guardar o equipamento, ter um bom ritmo e pontuar. O campeonato é longo e isso é o que vai fazer diferença no final do ano.”

VÍDEO EXCLUSIVO: DRUGOVICH admite que é “MUITO DIFÍCIL” entrar na F1 como piloto oficial e revela PARCERIA

Podcast #189 - Quem tem mais a perder com confusão contratual? Alpine, Piastri, McLaren ou F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior TCR South America: Sapag brilha e vence corrida 2 em El Pinar, Uruguai
Próximo artigo TCR South America: com duas largadas perfeitas, Aizza conquista mais um pódio na temporada

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil