TCR South America: Lynk & Co e Peugeot aproveitam teste coletivo para desenvolver seus carros e testar novos pilotos

Evento aconteceu no Velocitta, em Mogi Guaçu, interior de São Paulo

Rafael Suzuki testa carro do TCR no Velocitta

Em mais um dia extremamente quente o TCR South America abriu a pista do Velocitta para um teste coletivo que trouxe novos pilotos e integrantes da temporada regular da categoria para Mogi Guaçu (SP).

Link & Co e Peugeot foram para a pista testar novos ajustes e pilotos que podem competir em 2024. Na equipe PMO Motorsport a piloto Thaline Chicoski acelerou pela primeira vez um carro da categoria.

Leia também:

Thaline que compete em dois certames de turismo esteve no traçado de 3.493 metros do interior de São Paulo na parte da manhã. Pela mesma equipe o piloto Felipe Junqueira teve o primeiro contato com os carros de turismo, o piloto que vem dos monopostos completou 28 voltas.

Rafael Suzuki e Guilherme Reischl, da PMO Motorsport e PMO Racing, foram os pilotos regulares do TCR South America que testaram novos setups em seus carros. Reischl que venceu duas provas no fim de semana acelerou seu Peugeot pela manhã enquanto Suzuki usou o período da tarde para desenvolver sua máquina.

O próximo compromisso do TCR South America acontece no dia 3 de dezembro, em Cascavel, no interior do estado do Paraná.

O que eles disseram:

“Foi uma experiência muito boa, nunca tinha corrido com um carro tão potente, fiquei muito contente com a evolução durante o teste e com a qualidade deste carro”

Thaline Chicoski

“Foi meu primeiro contato com um carro de turismo, foi um desafio muito bacana justamente pelo carro ser muito gostoso de guiar. É um carro muito rápido e leve, a tocada muda muito em relação ao monoposto que estou acostumado. Saio muito satisfeito, eu já havia acompanhado a etapa de Interlagos e quero parabenizar a categoria pelo evento e pelo excelente carro.”

Felipe Junqueira

“Acho importante participar da sessão de hoje porque na corrida não temos tanto tempo para testar novos ajustes, basicamente são dois treinos e já vamos para a classificação. Então hoje vamos testar coisas novas e deixar o carro melhor para as próximas etapas.”

Guilherme Reischl

“Acho que o diferencial do TCR é a possibilidade de testar, há muitos anos não faço um dia de treino com a liberdade de testar coisas diferentes não apenas no carro, mas na pilotagem também. Eu ainda não tinha feito um treino desses durante o ano e foi muito produtivo para os novatos que andaram de manhã, mas para mim também. Vai ser importante não só para desenvolver o carro para as próximas corridas, mas também para solucionar problemas que descobrimos ao longo da temporada.”

Rafael Suzuki

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #253 – Desclassificação de Hamilton nos EUA 'salva pele' de Pérez na Red Bull?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Reis comemora vitória na corrida 1 do TCR South America no Velocitta
Próximo artigo Llaver e Montenegro estão cada vez mais perto do top 10 no TCR WORLD RANKING

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil