TCR South America: Pedro Aizza terá líder do WTCR como companheiro na Argentina

Mikel Azcona terá sua primeira experiência na América do Sul ao lado do piloto mais jovem do grid

Podium: Mikel Azcona, BRC Hyundai N Squadra Corse, Hyundai Elantra N TCR

Pedro Aizza, de apenas 17 anos, receberá um convidado superespecial para a disputa da sexta etapa do TCR South America, que acontecerá em Termas de Río Hondo, na Argentina, neste final de semana (27 e 28).

Segunda prova do ano no formato endurance, Aizza formará dupla com o principal nome do TCR na atualidade: o espanhol Mikel Azcona, de 26 anos, que lidera o WTCR deste ano e também é bicampeão do TCR Europeu.

Leia também:

Estreando na categoria em 2022, Aizza vem sendo um dos destaques da temporada, com quatro pódios em cinco etapas e vê a chance de dividir o seu #35 Hyundai Elantra, da Scuderia Chiarelli, com uma estrela mundial como uma oportunidade única para a sua carreira.

A vinda de Azcona para a disputa em Río Hondo é mais uma amostra de um dos diferenciais do TCR: o importante intercâmbio que a categoria realiza entre equipes e pilotos dos campeonatos de todo o mundo e que favorece muito o desenvolvimento de carreiras internacionais para pilotos e engenheiros. Tanto que este ano, o piloto campeão do TCR South America receberá como prêmio uma etapa no Campeonato Europeu em 2023.

Azcona chega para disputar uma corrida na América do Sul pela primeira vez. A participação de estrelas dos diversos eventos TCR ao redor do mundo no TCR South America também é um dos trunfos do conceito TCR, caracterizado por aplicar rigorosamente os mesmos pacotes técnico e desportivo nos mais de 30 campeonatos disputados em 2022.

Pedro Aizza: surpresa no stand da Rufato

Pedro Aizza: surpresa no stand da Rufato

O Hyundai Elantra pilotado por Azcona na Copa do Mundo corre com as mesmas especificações do carro de Aizza na América do Sul.

Nascido na cidade de Arrigorriaga, no País Basco, Azcona começou sua carreira no kart aos seis anos de idade, assim como Aizza.

Em 2012, o espanhol fez a transição para os carros de turismo, na Copa Renault Clio Espanha. Após alguns anos em categorias monomarca na Europa, como a SEAT León Eurocup e a Audi Sport TT Cup, estreou nos campeonatos de TCR.

E logo em seu primeiro ano, em 2018, foi campeão europeu de TCR a bordo de um Cupra León da PCR Sport, com uma vitória e 181 pontos. Ele repetiria a dose três anos depois, em 2021, com o mesmo carro, mas pela equipe Volcano Motorsport. Foram seis triunfos e 432 pontos.

Azcona disputa o WTCR desde 2019, com seis primeiros lugares, sendo três apenas na temporada 2022. Ele é o líder do campeonato deste ano com seu Hyundai Elantra N TCR, somando 241 pontos, 35 à frente do argentino Néstor “Bebu” Girolami.

Já Aizza nasceu em Curitiba, no Paraná, e faz sua estreia na temporada completa do TCR South America em 2022, após uma carreira vitoriosa no kart e o título da GT Sprint Race PROAM no ano passado, em seu primeiro ano competindo com carros de turismo. Piloto da Scuderia Chiarelli, ele já foi ao pódio este ano nas etapas de Interlagos, Rivera e El Pinar e ocupa a quinta colocação no campeonato.

“Estou muito feliz em me juntar à Scuderia Chiarelli e ao Pedro Aizza na corrida de endurance do TCR South America em Termas de Río Hondo neste fim de semana”, comentou Azcona. “Mesmo sendo o piloto mais jovem do campeonato, o Pedro vem fazendo uma boa temporada com o Elantra N TCR e, espero que juntos, possamos continuar essa marca e conquistar mais um pódio para ele e a equipe em 2022”.

“Como aprendizado, não consigo nem mensurar o que esta oportunidade irá representar para a minha carreira”, disse Aizza. “O Azcona é o atual líder do campeonato mundial e considerado o melhor piloto de TCR no mundo. Tenho certeza de que vou aprender muito com toda a experencia que ele tem e isso vai ajudar muito no meu desenvolvimento como piloto. Poderei comparar os meus dados com o melhor do mundo e ele também vai nos ajudar bastante a evoluir o set up do carro. Sem dúvida, vai ser uma experiência que vou levar para o resto da minha carreira, que ainda está começando. Vai agregar demais. Não vejo a hora de estarmos juntos em Río Hondo", concluiu.

Podcast #191 – O que primeira parte da temporada da F1 em 2022 trouxe de bom e ruim?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior TCR South America: Brasileiros brigam por título da Copa Trophy
Próximo artigo TCR South America chega à Argentina com etapa Endurance em Termas de Río Hondo

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil