Interlagos impõe desafio extra a caminhões da Truck; veja vídeo

Pastilhas de freio não terão descanso. Reduções de até 130 km/h em poucos metros proporcionam várias oportunidades de ultrapassagem e disputas acirradas

Interlagos impõe desafio extra a caminhões da Truck; veja vídeo
Carregar reprodutor de áudio

Após um agitado início de temporada, no mês de março, com duas etapas realizadas em Santa Cruz do Sul (RS), com vitórias de Wellington Cirino (Mercedes), Paulo Salustiano (Volkswagen) e Roberval Andrade (Mercedes), a Copa Truck realiza o segundo encontro da temporada 2022, válido pela terceira etapa do calendário. Desta vez, o desafio é na pista que mais exige dos freios: os 4.309 metros do tradicional circuito de Interlagos, em São Paulo (SP).

O editor recomenda:

É pelo traçado da capital paulistana que os caminhões atingem as maiores velocidades do ano e, consequentemente, fazem as maiores reduções com as freadas mais fortes e exigentes do calendário.

Freios extremamente exigidos

São dois os pontos de mais intensa frenagem no circuito de Interlagos: a aproximação para o S do Senna, a primeira curva do traçado, que é feita a 190 km/h (isso depois da retomada após os pilotos passarem obrigatoriamente a 160 km/h no radar imposto pelo regulamento) e o piloto percorre 210 metros freando para contornar a primeira “perna” da curva a cerca de 60 km/h; o segundo ponto é a Curva do Lago, a quarta do circuito, na qual os pilotos acionam os freios a 200 km/h e reduzem a velocidade para 90 km/h em cinco segundos e 190 metros, apenas. Pontos que geralmente proporcionam boas oportunidades de ultrapassagem.

Mas o circuito também representa outros desafios, como no trecho chamado de “miolo”, e que compreende as curvas do Laranjinha, Pinheirinho, Bico de Pato, Mergulho e Junção. “São curvas de baixa velocidade e muito próximas entre si, o que representa um desafio importante para a refrigeração dos componentes dos freios”, aponta Roger Lusa dos Santos, engenheiro de aplicação da Fras-le, empresa que desde 2021 é a fornecedora oficial das pastilhas de freio da Copa Truck, abastecendo todas as equipes da categoria.

Depois das quatro corridas disputadas no Rio Grande do Sul, o campeonato chega empatado a São Paulo. Wellington Cirino e Beto Monteiro dividem a ponta da tabela com 67 pontos; Paulo Salustiano é o terceiro colocado, apenas dois pontos atrás da dupla, com Felipe Giaffone em quarto somando 53 e Débora Rodrigues em quinto com 49. Regis Boessio (46), Luiz Lopes (41), Roberval Andrade (38), Djalma Fogaça (30) e Adalberto Jardim (28) fecham os dez primeiros da classificação geral.

A programação prevê três treinos livres – dois na sexta-feira e um no sábado, dia em que também é realizada a classificação para definição do grid de largada, às 14h30. No domingo, 1º de maio, as largadas das duas provas acontecem às 13h35 e 14h10, com inversão dinâmica dos primeiros colocados do grid. As provas serão mostradas pela Band, pelo SporTV e também pelo canal oficial da Copa Truck no YouTube.

A Fras-le, maior fabricante de materiais de fricção da América Latina e um dos líderes mundiais, é a fornecedora oficial de pastilhas de freio para a Copa Truck, proporcionando eficiência e segurança nas frenagens dos caminhões mais rápidos do planeta.

Fala, piloto!

“O S do Senna é a freada mais forte e principal ponto de ultrapassagem na Copa Truck. Chegamos neste ponto a cerca de 230 km/h, e temos a primeira freada forte, no radar, onde temos de reduzir para 160 km/h; retomamos a velocidade e nos aproximamos da curva a cerca de 200 km/h. Isso exige uma freada brusca e técnica, que reduz a velocidade para 60 km/h. Então é necessário ter um caminhão muito equilibrado e as pastilhas de freio Fras-le em dia”.(Paulo Salustiano, R9 Competições, Volkswagen#55)3ª Etapa – Copa Truck 2022SÃO PAULO (SP)Autódromo Internacional José Carlos PaceINTERLAGOSExtensão: 4.309 metrosSentido: anti-horárioCurvas: 13 (4 à direita e 9 à esquerda)Inauguração: 1940Previsão climática: Mínima de 18ºC e Máxima de 29ºC no domingo (1), com sol entre nuvens e baixa probabilidade de chuva.PROGRAMAÇÃO DA ETAPA:Sexta-feira, 29 de abril11h00 – Treino Livre 114h00 – Treinio Livre 2Sábado, 30 de abril09h50 – Treino Livre 314h30 - ClassificaçãoDomingo, 1º de maio08h20 – Warm-up13h35 – Corrida 114h10 – Corrida 2Classificação do campeonato, após a primeira etapa (top 10):1. Wellington Cirino, 67 pontos2. Beto Monteiro, 673. Paulo Salustiano, 654. Felipe Giaffone, 535. Débora Rodrigues, 496. Regis Boessio, 467. Luiz Lopes, 418. Roberval Andrade, 389. Djalma Fogaça, 3010. Adalberto Jardim, 28

Conheça as origens da rivalidade entre Verstappen e Leclerc

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #175 - Como explicar desempenho constrangedor de Hamilton em Ímola?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Copa Truck: Iveco Usual Racing busca liderança na classe PRO em Interlagos
Artigo anterior

Copa Truck: Iveco Usual Racing busca liderança na classe PRO em Interlagos

Próximo artigo

Saiba por que Ecclestone visitou Stock Car, GT Sprint Race, Copa HB20 e TCR

Saiba por que Ecclestone visitou Stock Car, GT Sprint Race, Copa HB20 e TCR