WEC: Alpine homenageia brasileiro, lança filme e anuncia novo projeto no WEC

Campanha da equipe de André Negrão em Le Mans superou expectativas e mereceu láureas, diz fábrica francesa

WEC: Alpine homenageia brasileiro, lança filme e anuncia novo projeto no WEC

André Negrão foi um dos centros de atenção no evento realizado na noite de ontem (5) em Paris, onde a Alpine anunciou o seu projeto para disputar a temporada 2024 do WEC com um modelo híbrido, dentro do novo regulamento dos supercarros.

Leia também:

O evento também marcou uma homenagem feita pelo braço esportivo da Renault, a Alpine, para a equipe que vem disputando a temporada 2021 do WEC. O time é composto pelos franceses Nicolas Lapierre e Matthieu Vaxivière e o brasileiro André Negrão, que foi convidado a subir ao palco para ser entrevistado e homenageado por seu trabalho na equipe que ele integra desde 2017.

Com um carro adaptado e de desempenho inferior, o trio André Negrão/Nicolas Lapierre/Matthieu Vaxivière vem dando trabalho aos favoritos equipados com veículos já desenvolvidos dentro das regras da categoria Hipercarros, que conta com bólidos de tração 4x4 e motor híbrido, consumindo menos combustível e oferecendo melhor estabilidade e retomadas de velocidade especialmente em trechos sinuosos. Chamou a atenção da fábrica francesa o desempenho obtido nas 24 Horas de Le Mans, principal corrida do calendário e disputada em agosto, quando os pilotos do Alpine A480 subiram ao pódio no terceiro lugar.

O filme que mostra a campanha do brasileiro e seus parceiros na Alpine foi produzido pelo Canal+, líder no segmento esportivo no território francês e uma referência nacional em coberturas jornalísticas. “O filme vai até a nossa corrida em Le Mans e mostra momentos bem bacanas da nossa temporada. Foi uma homenagem muito bacana. Lógico que nós três ficamos extremamente felizes e emocionados”, destacou André Negrão.

A Alpine deu entrada na homologação de seu carro atual, que utiliza chassi Oreca e motor Gibson, para disputar a temporada 2022. “Nossa meta novamente será brigar por um bom resultado no campeonato do ano que vem – e tentar vencer algumas provas. O WEC e, em particular, as 24 Horas de Le Mans, são muito importantes para qualquer marca de automóveis. Como piloto profissional, é uma honra e um privilégio fazer parte deste projeto”, disse o brasileiro.

Já o carro que deve ser utilizado pela equipe em 2024 trará a tecnologia mais moderna disponível e pretende funcionar como uma das pontas de lança da Renault na briga pela preferência dos consumidores que valorizam a sofisticação técnica e o cuidado com o meio ambiente. “O projeto envolverá a estrutura empregada pela equipe Alpine Renault na F-1. O motor será preparado na fábrica de Viry-Châtillon (França) e o chassi, assinado pela especialista Signatech, terá participação da fábrica da Renault Alpine de Enstone (Inglaterra), que também será responsável pela carroceria”, destacou o brasileiro.

“A meta da Renault com este projeto da Alpine é se destacar tanto no mundo da Fórmula 1 quando no do Endurance, duas vitrines extremamente eficientes em termos de conquistar o coração dos fãs e consumidores. Na Fórmula 1, você testa sua tecnologia em provas mais curtas. No Endurance, você avalia não apenas sua capacidade de ser rápido mas também sua resistência em longas distâncias. É uma estratégia inteligente e eu acho que vai dar certo”, destaca André Negrão.

O brasileiro e a equipe Alpine estarão em ação no próximo dia 30 de outubro, quando o WEC disputa a penúltima etapa da temporada 2021, no Barein.

F1 2021: Red Bull favorita na Turquia? Mais chuva em Istambul? Rico Penteado responde| TELEMETRIA

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #136 – Ju Cerasoli faz raio-X da rivalidade Hamilton X Verstappen de quem acompanha direto do paddock

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

 

compartilhar
comentários
Cadillac disputará WEC e IMSA na nova classe LMDh a partir de 2023
Artigo anterior

Cadillac disputará WEC e IMSA na nova classe LMDh a partir de 2023

Próximo artigo

Coluna do André Negrão - Recado aos fabricantes: tragam novidades, vamos testá-las na pista

Coluna do André Negrão - Recado aos fabricantes: tragam novidades, vamos testá-las na pista
Carregar comentários