Eric Granado termina primeiro teste para o Mundial de Superbike

Piloto da MIE Racing Honda Team acelerou a Honda CBR1000RR-R na especificação do campeonato. "Meta era me adaptar à moto e à equipe", diz o brasileiro

Granado checa a posição de pilotagem da CBR1000RR-R Fireblade

O brasileiro Eric Granado sentiu o primeiro gostinho de pilotar a moto Honda CBR1000RR-R Fireblade da equipe MIE Racing na sessão de três dias de testes realizada no circuito espanhol de Jerez de la Frontera.

Este contato inicial foi importante porque o time japonês será defendido pelo brasileiro na temporada 2023. Os ensaios, porém, foram marcados por forte chuva, que acabou impedindo o recordista de vitórias do Mundial de MotoE de explorar ao máximo os limites do equipamento.

O editor recomenda:

Com pista bastante molhada, Eric não pôde dar muitas voltas para trabalhar no acerto da moto e também na adaptação de seu estilo de pilotagem para a Honda CBR1000RR-R Fireblade com os pneus slicks.

Apesar disso, Granado destaca que o treino foi bom para conhecer os integrantes da MIE Racing Honda Team e entender as peculiaridades da eletrônica de sua nova moto. “Mesmo com a chuva, o teste foi muito positivo. Nosso objetivo neste primeiro contato era realmente conhecer melhor a equipe e a moto, entender como funciona a eletrônica e o motor da nossa Honda agora no Mundial de Superbike – que é diferente do que eu estava habituado", afirmou.

"Mas o principal era me aproximar do time e me acostumar ao método de trabalho deles. De qualquer forma nós só andamos no molhado mesmo. E no geral foi um trabalho muito positivo. Agora vou entrar de férias, chegou a hora de descansar e curtir um pouco a família no Brasil. Vamos retomar o trabalho no fim de janeiro, quando iremos fazer um outro teste, com algumas novas evoluções na moto já tendo em vista a primeira etapa, que vai ser em fevereiro, na Austrália”.

“Mais uma vez, agradeço muito à MIE Racing, Honda Brasil e a todos os meus patrocinadores por esta oportunidade. Mal posso esperar para recomeçar o trabalho em 2023”, adiantou Granado, que terá como companheiro Hafizh Syahrin, piloto do time no ano passado e que passou pela MotoGP.

O Mundial 2023 de Superbike terá início de 24 a 26 de fevereiro, em Phillip Island, na Austrália. O campeonato terá 12 etapas, passando ainda por Indonésia, Holanda, Espanha, Itália, Inglaterra, República Tcheca, França, Portugal e Argentina. A última etapa ainda não teve o local confirmado.

Veja teaser da série documental sobre Bernie Ecclestone

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast: bi da Stock Car redefine tamanho de Barrichello?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Com Granado, Brasil terá representante no Mundial de Superbike 2023
Próximo artigo Granado exclusivo: brasileiro traça 'super' 2023 com metas ousadas para Mundial de Superbike e título na MotoE

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil