Como o TCR oferece uma plataforma para corridas a combustão e elétricas

A fórmula TCR usada na FIA World Touring Car Cup e inspiradora da eTouring Car World Cup foi introduzida em 2015 e sinalizou uma nova era para as corridas em todo o mundo

Como o TCR oferece uma plataforma para corridas a combustão e elétricas
Carregar reprodutor de áudio

Com regulamentos comuns em campeonatos nacionais e internacionais em todo o mundo, os mesmos carros podem ser usados ​​em praticamente qualquer lugar.

Uma pedra angular do formato TCR é sua acessibilidade, com regulamentos projetados para manter orçamentos baixos e concorrência alta por meio de medidas de equilíbrio de desempenho.

O editor recomenda:

Isso levou ao sucesso do TCR, alimentado por equipes clientes, evitando ciclos de altos e baixos que inevitavelmente ocorrem nos campeonatos de grande orçamento.

Os times clientes podem comprar máquinas desenvolvidas pelas equipes de fábrica e competir no mais alto nível internacionalmente ou em um dos mais de uma dúzia de campeonatos nacionais que seguem as regras TCR.

E, com o advento do Pure ETCR no ano passado, agora tudo isso pode estar em carros com motorizações elétricas, bem como já ocorria em motores de combustão interna mais tradicionais.

O Cupra e-Racer 'liderou o caminho' no primeiro ano das corridas de carros de turismo multimarcas totalmente elétricos. Venceu três das cinco rodadas do Pure ETCR, levando Mattias Ekstrom à coroa, que está ganhando o status de 'Copa do Mundo da FIA' em 2022.

O carro fornece 500kW (670cv) de potência às rodas traseiras, com o torque dos motores elétricos permitindo aceleração de 0-100km/h em 3.2 segundos, sem a necessidade de caixa de câmbio, e velocidade máxima de 270km/h.

Cupra venceu o título inaugural do Pure ETCR em 2021

Cupra venceu o título inaugural do Pure ETCR em 2021

Photo by: Martin Trenkler

A Cupra também está obtendo sucesso entre as máquinas convencionais movidas a gasolina. O Leon Competicion TCR de 340 cv e seis velocidades, lançado em 2020, está equipado com a mais recente tecnologia de aerodinâmica e suspensão projetada para otimizar os ajustes de configuração.

Mikel Azcona e Rob Huff foram os vencedores da FIA World Touring Car Cup em carros da equipe húngara Zengo Motorsport no ano passado, enquanto Azcona também conquistou o título TCR Europeu de forma convincente.

Robert Dahlgren conquistou a coroa do TCR Escandinávia em seu Leon, e houve mais vitórias em séries nacionais como Alemanha, Espanha e Dinamarca, onde o ex-piloto de Fórmula 1 Jan Magnussen ficou em terceiro na classificação.

Esse amplo sucesso significa que o Leon Competicion ficou em terceiro lugar no ranking de Modelo do Ano de 2021 do TCR, com base em resultados mundiais, apesar de sua relativa 'jovialidade'.

Agora, terá como objetivo imitar o sucesso de 2017 de seu antecessor, o Cupra TCR, à medida que o número de Leons competindo em todo o mundo continua a aumentar. Foi recentemente confirmado que o carro fará sua estreia no TCR UK 2022, com muitos outros seguindo o exemplo pelo mundo.

 

SERGIO MAURICIO: Rivalidade, BAND e Netflix fizeram F1 ACORDAR no coração e mente dos brasileiros

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #159 – O que esperar da temporada 2022 da F1?

 
 

compartilhar
comentários
Ekstrom elogia Cupra Racing após conquista do título no ETCR
Artigo anterior

Ekstrom elogia Cupra Racing após conquista do título no ETCR