Extreme E Sardinia II

Klara Andersson substitui Jutta Kleinschmidt pela CUPRA no Uruguai

A CUPRA completará a temporada 2022 do Extreme E com Nasser Al-Attiyah e Klara Andersson como pilotos na final de Punta del Este, no Uruguai, com Jutta Kleinschmidt descartada devido a lesões

Klara Andersson, Swedish rallycross driver is the new Abt Cupra XE driver.

A segunda temporada do Extreme E (X-E) terminará nos dias 26 e 27 de novembro em Punta del Este em um ano intenso para o campeonato de SUVs elétricos.

A equipe ABT CUPRA X-E chega com vontade de terminar o campeonato em alta, depois de um valioso pódio na última prova, o Antofagasta Minerals Copper X Prix no Chile, em setembro.

Assim como no Chile, Andersson voltará a substituir a veterana Kleinschmidt, que ainda está 'de molho' após acidente, e fará dupla com Al-Attiyah, que chega após vencer o Campeonato Mundial de Rally-Raid.

A sueca, que era reserva e recebeu a notícia no último minuto de que teria que substituir Kleinschmidt, teve de se adaptar rapidamente ao CUPRA Tavascan X-E e agora espera um resultado ainda melhor depois de terminar em terceiro no Chile - o único pódio para a ABT CUPRA X-E esta temporada.

Andersson, uma piloto do Campeonato Mundial de Rallycross da FIA de 22 anos, substituiu Kleinschmidt depois que ela machucou as costas e teve que passar a noite no hospital. Apesar da falta de experiência, tendo pilotado apenas o ODYSSEY 21 no teste para jovens estreantes de 2021, Andersson teve uma boa exibição.

Klara Andersson, Nasser Al-Attiyah, Abt Cupra XE, Sara Price, Kyle Leduc, Chip Ganassi Racing

Klara Andersson, Nasser Al-Attiyah, Abt Cupra XE, Sara Price, Kyle Leduc, Chip Ganassi Racing

Photo by: Charly Lopez / Motorsport Images

Mas, apesar da surpresa, Andersson diz que poderia ter conseguido mais. “Uma equipe muito profissional que me recebeu incrivelmente bem”, disse Andersson. “Foi muito bom trabalhar com eles durante todo o fim de semana e aprendi muito".

Olhando para a corrida uruguaia, ela disse: “Eu nunca estive no Uruguai antes, então toda a jornada é uma aventura. Estou muito feliz por terem confiado em mim e por estarmos a competir juntos na final. É um grande desafio e já estou um pouco animada.

Nasser Al-Attiyah, Abt Cupra XE, hugs Klara Andersson, Abt Cupra XE

Nasser Al-Attiyah, Abt Cupra XE, hugs Klara Andersson, Abt Cupra XE

Photo by: Andrew Ferraro / Motorsport Images

Além das corridas, Andersson também guia um CUPRA Born em seu país natal, um vínculo que começou porque sua equipe PWR na Suécia compete com a CUPRA no Scandinavian Touring Car Championship.

“[Estou] definitivamente melhor preparada do que da última vez no Chile”, acrescentou. “Agora temos a oportunidade de nos organizarmos antecipadamente, esclarecer questões em aberto e nos prepararmos de forma estruturada".

“No local, fiz o percurso a pé para conhecer a pista e duas sessões de treinos livres para me acostumar com tudo antes da classificação – um fim de semana normal de corrida, em outras palavras."

“Estamos trabalhando juntos para um bom final de temporada da equipe. Vimos no Chile que temos ritmo para isso. Vamos construir sobre isso.”

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Entenda rumores sobre possível saída de Pérez da Red Bull
Próximo artigo F1 teve aumento de 30% em ultrapassagens em relação à 2021, diz Pirelli

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil