F4 Brasil: Sucessora da equipe dominante, Bassani Racing retorna às pistas em 2023

Com nova sede em Itu (SP), organização comandada por Eduardo Bassani terá quatro carros na temporada

Eduardo Bassani

Sinônimo de sucesso nas categorias de base de monopostos, a Bassani Racing está de volta às pistas brasileiras na temporada 2023. A organização chefiada pelo engenheiro Eduardo Bassani irá operar quatro carros na FIA F4 Brasil.

Leia também:

No ano passado, o estafe da Bassani Racing integrou a mais bem-sucedida equipe da pioneira temporada da F4 Brasil. Com seu programa na categoria coordenado por Eduardo Bassani, a Full Time Sports colocou seus quatro pilotos entre os dez melhores do campeonato, vencendo corridas com três deles (Fernando Barrichello, Pedro Clerot e Ricardo Gracia). Com dez vitórias em 18 provas realizadas, a organização levantou o título de equipes e fez de Pedro Clerot campeão entre os pilotos - o brasiliense foi o único do grid a vencer com os três carros diferentes que lhe foram sorteados ao longo do ano.

Em 2023, a cooperação entre Eduardo Bassani e a equipe Full Time permanece na operação do time chefiado por Mauricio Ferreira na Stock Car. Já o programa de F4 foi integralmente transferido para a nova sede da Bassani Racing, em Itu (SP).

Além do sucesso na temporada inaugural da F4 Brasil, a Bassani Racing retorna ao grid da principal categoria de monopostos do País credenciada por sua história. No início do século, a equipe ganhou três campeonatos da Fórmula Renault e foi a maior vencedora de corridas na história do evento (14). O êxito motivou a entrada da Bassani Racing na F3 Sul-Americana em 2004. Nesta categoria, a equipe levou Nelson Merlo ao título de 2008 e conquistou 15 vitórias ao longo de cinco temporadas (seis delas em pistas argentinas).

O engenheiro Eduardo Bassani tem 57 anos de idade, sendo 43 deles dedicados ao esporte a motor. Em seu início no kart, Eduardo competiu com nomes consagrados, como Rubens Barrichello. Em 1991, já engenheiro formado e com o sonho de trabalhar na F1, ele vendeu seu carro e se mudou para a Inglaterra, acompanhando de perto a atuação do engenheiro de Gil de Ferran. Logo surgiram oportunidades para trabalhar como freelancer nas corridas, o que Bassani aproveitou para aprofundar seu repertório. Após uma passagem pela equipe PropCar na F3 Sul-Americana em seu retorno ao Brasil, ele mais novamente foi para o exterior, em 1995. Desta vez para trabalhar no estafe de Gil de Ferran em sua campanha na Indycar. Em 1997, Bassani estava de volta ao Brasil e à PropCar, como engenheiro responsável pelo carro de Bruno Junqueira, que encerrou a temporada como campeão da F-3 Sul-Americana.

Daí para frente sua carreira no País decolou. No ano 2000, em parceria com Washington Bezerra, foi campeão da Stock Car com Chico Serra. Então, já com equipe própria, vieram os títulos da F-Renault (inclusive na temporada de estreia do chassi Tatuus, do mesmo fabricante da FIA F4 Brasil) e F3 Sul-Americana.

Agora a Bassani Racing está de volta. O desafio é repetir neste ano o sucesso da temporada inaugural da FIA F4 Brasil e escrever mais uma página na história de sucesso da escuderia nas pistas brasileiras.

A temporada 2023 da FIA F4 Brasil tem início em Interlagos, nos dias 22 e 23 de abril. A categoria passará também pelo Velocitta, Goiânia e Brasília. A grande novidade deste ano é a etapa 5, a penúltima do calendário, que será realizada em São Paulo como evento-suporte do GP Brasil de F1.

“Estamos muito motivados para a temporada 2023 da FIA F4 Brasil”, disse Bassani. “A categoria foi a principal novidade do esporte a motor no ano passado e tem tudo para seguir em alta com a profissional promoção da VICAR. Os carros de fórmula são minha paixão e, quando tive a oportunidade de montar minha estrutura própria para dar sequência ao trabalho do ano passado, abracei na hora. Todos na Bassani Racing sabem da responsabilidade que temos pela frente e não faltarão esforços para desenvolver os quatro pilotos da equipe. Nossa realização não é apenas vencer corridas, mas ver que os pilotos que passaram pela equipe seguirem trajetórias profissionais de sucesso no automobilismo”

FIA F4 Brasil 2023 – Calendário:

  1. Interlagos – 23.abr
  2. Brasília – 18.jun
  3. Velocitta – 06.ago
  4. Goiânia – 27.ago
  5. Interlagos (F1) – 05.nov
  6. Brasília – 26.nov

Prenúncio de APOSENTADORIA? CRISE na Mercedes F1 precede FIM DA LINHA entre Hamilton e Wolff? DEBATE

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #221 - Crise na Mercedes pode significar fim da linha para Hamilton?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Dia Internacional da Mulher: as jovens brasileiras que buscam futuro profissional nas pistas
Próximo artigo F4 Brasil anuncia documentário ‘estilo Drive to Survive’

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil