Após dia mais perigoso do Dakar, brasileiros seguem com bons resultados; Moraes destaca aprendizado

Organização interrompeu final da prova por riscos com o público. Representantes do País miram pódio e até mesmo títulos

#206 Toyota Gazoo Racing Toyota GR DKR Hilux: Lucas Moraes

#206 Toyota Gazoo Racing Toyota GR DKR Hilux: Lucas Moraes

Red Bull Content Pool

No que foi classificado como o dia mais caótico e perigoso da edição 2024 do Dakar até o momento, o Brasil segue bem representado e com possibilidade de conquistas inéditas na prova, que se encerrará no próximo dia 19, na Arábia Saudita.

Depois de se tornar ontem (8) o primeiro brasileiro a vencer uma especial na categoria principal nos 46 anos da corrida, Lucas Moraes e o navegador espanhol Armand Monleón enfrentaram problemas nesta terça-feira – dia que somou 299km de trecho cronometrado. O duo, que conduz um Toyota GR DKR Hilux, foi o primeiro a largar e, por isso, “abriu” a trilha para todo o grid, o que é considerado uma desvantagem no rally.

O editor recomenda:

“Nós nos perdemos antes dos 60km de prova e acho que fizemos cinco quilômetros a mais que qualquer outro carro. Demoramos para achar a trilha novamente. É difícil quando você não tem experiência. Ainda estou no meu segundo Dakar e nunca tinha largado na frente no deserto. É uma coisa que só se aprende fazendo”, detalhou Moraes, que terminou o dia em 11º nos Carros e segue em quarto na classificação geral do Dakar equipado com máquina oficial da Toyota Gazoo.

Superação contínua  

Na categoria UTV T4, a dupla Rodrigo Varela e Enio Bozzano (Can-Am Maverick XRS Turbo) continua chamando a atenção pelas condições em que o Team Brazil – formado por técnicos brasileiros e familiares –vai superando o desafio de competir com carro improvisado/falta de peça.

Nesta terça-feira, o duo do time chegou na sétima posição e subiu para o terceiro posto no resultado acumulado. “Faltando 30km para terminar, tivemos pneu furado. Demoramos uns seis minutos para trocar, porque o equipamento para troca rápida não é de primeira e a trava que prende o step está danificada. O que deu pra fazer, mas estamos muito felizes com o que fizemos até agora”, explicou Rodrigo, atual campeão sul-americano de Rali Raid e estreante no Dakar.

O brasileiro Cristiano Batista, que conduz um Can-Am Maverick XRS Turbo com o navegador espanhol Fausto Mota na UTV T4, é o quarto colocado. Já Marcelo Medeiros (Yamaha Raptor 700) segue firme nos Quadriciclos. Hoje, o piloto chegou em terceiro e manteve o P3 na geral.Trajetórias imprevisíveis 

Em um comunicado assinado pelo comissário Pedro Almeida, a organização justificou a interrupção do final da especial para os competidores da categoria Caminhões: “Considerado o grande número de público e veículos presentes no final da especial, em uma área de dunas onde a trajetória dos competidores é difícil de prever, por razões de segurança interrompemos o percurso para todos os caminhões que chegarem ao km 273, depois das 15h10".

"Os competidores serão instruídos no local sobe o trajeto a ser seguido para retomar a rota o rally”, completou. O comunicado foi assinado pelo português, secretário de prova e comissário desportivo do Dakar.

A quinta das 12 especiais do Dakar, a ser disputada nesta quarta-feira, deve ser cansativa. A corrida só começa após um longo deslocamento, de mais de 500km. O trecho cronometrado, que é a especial propriamente dita, terá apenas 118km.

Mas marcará o retorno do comboio às enormes dunas do Empty Quarter – ou Território Abandonado, em tradução livre, denominação de uma enorme região desolada do deserto saudita. “A maior parte dos competidores só chegará de noite ao acampamento, o que vai ser exaustivo e perigoso de verdade se você se perder no deserto”, observa o sempre atento Rodrigo Varela.RESULTADOSApuração que pode ser alterada após avaliação dos resultados e infrações pelos comissários técnicosCategoria Carros - 4ª Especial de 299km, de Al Salamiya até Al Hofuf1. Sebastian Loeb (FRA) / Fabian Lurquin (BEL) – Prodrive Hunter, 2h36min02s2. Yazeed Al-Rajhi (SAU) / Timo Gottschalk (ALE) - Toyota Hilux Overdrive, +1min08s 3. Nasser Al-Attiyah (CAT) / Mathieu Baumel (FRA) – Prodrive Hunter, +1min22s4. Carlos Sainz (ESP) / Lucas Cruz (ESP) - Audi RS Q e-tron E2, +04min58s5. Guillaume de Mevius (BEL) / Xavier Panseri (FRA) – Toyota Hilux Overdrive, +05min21s6. Stéphane Peterhansel (FRA) / Edouard Boulanger (FRA) - Audi RS Q e-tron E2, +05min59s7. Mathieu Serradori (FRA) / Loic Minaudier (FRA) – Century CR6-T, +06min56s8. Vaidotas Zala (LIT) / Paulo Fiuza (POR) – Mini John Cooper Works Rally Plus, +07min38s9. Simon Vitse (FRA) / Frederic Lefebvre (FRA) – MD Optimus, +07min52s10. Martin Prokop (TCH) / Viktor Chytka (TCH) – Ford Raptor, +08min05s11. Mattias Ekström (SUE) / Emil Bergkvist (SUE) - Audi RS Q e-tron E2, +10min14s12. Lucas Moraes (BRA) / Armand Monleon (ESP) - Toyota GR DKR Hilux, +11min22sCategoria Carros – Acumulado após a 4ª Especial1. Yazeed Al-Rajhi (SAU) / Timo Gottschalk (ALE) - Toyota Hilux Overdrive, 15h44min39s2. Carlos Sainz (ESP) / Lucas Cruz (ESP) - Audi RS Q e-tron E2, +04min19s3. Nasser Al-Attiyah (CAT) / Mathieu Baumel (FRA) – Prodrive Hunter, +11min03s4. Mattias Ekström (SUE) / Emil Bergkvist (SUE) - Audi RS Q e-tron E2, +17min42s5. Lucas Moraes (BRA) / Armand Monleon (ESP) - Toyota GR DKR Hilux, +19min31s6. Sebastian Loeb (FRA) / Fabian Lurquin (BEL) – Prodrive Hunter, +23min50s7. Mathieu Serradori (FRA) / Loic Minaudier (FRA) – Century CR6-T, +24min20s8. Stéphane Peterhansel (FRA) / Edouard Boulanger (FRA) - Audi RS Q e-tron E2, +26min56s9. Vaidotas Zala (LIT) / Paulo Fiuza (POR) – Mini John Cooper Works Rally Plus, +32min42s10. Guillaume de Mevius (BEL) / Xavier Panseri (FRA) – Toyota Hilux Overdrive, +38min43sCategoria UTVs T4 - 4ª Especial de 299km, de Al Salamiya até Al Hofuf1. João Ferreira (POR) / Filipe Palmeiro (POR) - BRP Can-Am Maverick XRS Turbo, 3h13min092. Yasir Seaidan (SAU) / Adrien Metge (FRA) - BRP Can-Am Maverick XRS Turbo, +02min48s3. Xavier de Soultrait (FRA) / Martin Bonnet (FRA) - Polaris RZR Pro R, +04min54s4. Cristiano Batista (BRA) / Fausto Mora (ESP) - BRP Can-Am Maverick XRS Turbo, +07min22s5. Sebastian Guayasamin (EQU) / Fernando Matias Acosta (ARG) – BRP Can-Am Maverick XRS Turbo, +07min37s6. Jerome de Sadeleer (SUI) / Michael Metge (FRA) - BRP Can-Am Maverick XRS Turbo, +12min00s7. Rodrigo Varela (BRA) / Enio Bozzano Junior (BRA) - BRP Can-Am Maverick XRS Turbo, +12min25s8. Gerrard Farres Guell (ESP) / Diego Ortega Gil (ESP) - BRP Can-Am Maverick XRS Turbo, +17min08s9. Enrico Gaspari (ITA) / Facundo Jaton (ARG) – Polaris RZR Pro R, +20min41s10. Sara Price (EUA) / Jeremy Gray (EUA) - BRP Can-Am Maverick XRS Turbo, +25min55sCategoria UTVs T4 – Acumulado após a 4ª Especial1. Gerrard Farres Guell (ESP) / Diego Ortega Gil (ESP) - BRP Can-Am Maverick XRS Turbo, 19h10min19s3. Jerome de Sadeleer (SUI) / Michael Metge (FRA) - BRP Can-Am Maverick XRS Turbo, +14min33s4. Rodrigo Varela (BRA) / Enio Bozzano Junior (BRA) - BRP Can-Am Maverick XRS Turbo, +19min03s5. Cristiano Batista (BRA) / Fausto Mora (ESP) - BRP Can-Am Maverick XRS Turbo, +21min52s2. Sara Price (EUA) / Jeremy Gray (EUA) - BRP Can-Am Maverick XRS Turbo, +23min52s6. Yasir Seaidan (SAU) / Adrien Metge (FRA) - BRP Can-Am Maverick XRS Turbo, +27min32s7. João Ferreira (POR) / Filipe Palmeiro (POR) - BRP Can-Am Maverick XRS Turbo, +31min09s8. Xavier de Soultrait (FRA) / Martin Bonnet (FRA) - Polaris RZR Pro R, +40min31s9. Sebastian Guayasamin (EQU) / Fernando Matias Acosta (ARG) - BRP Can-AmMaverick XRS Turbo, +1h12min28s10. Eduardo Pons Sune (ESP) / Jaume Betriu (ESP) - BRP Can-Am Maverick XRS Turbo, +2h37min30s46ª EDIÇÃO DO RALLY DAKAR7.891 km de percurso total. Especiais somam 4,727 kmData / locais / total do dia / especial06/01, Etapa 01 – Al Ula –> Al Henakiyah – 414 km07/01, Etapa 02 – Al Henakiyah –> Al Duwadimi – 431 km08/01, Etapa 03 – Al Duwadimi –> Al Salamiya –447 km09/01, Etapa 04 – Al Salamiya –> Al-Hofuf – 299 km10/01, Etapa 05 – Al Hofuf –> Shubaytah – 118 km11-12/01, Etapa 06 – Shubaytah  –> Shubaytah (48 horas) – 572 km13/01 – Descanso14/01, Etapa 07 – Riyadh –> Al Dawadimi – 483 km15/01, Etapa 08 – Al Dawadimi –> Hail – 458 km16/01, Etapa 09 – Hail –> Al Ula – 417 km17/01, Etapa 10 – Al Ula –> Al Ula – 371 km18/01, Etapa 11 –Al Ula –> Yanbu – 480 km19/01, Etapa 12 – Yanbu –> Yanbu – 175 kmCompetidores778 inscritos72 nacionalidadesVeículos e CategoriasCarros: 72 (5)*Motos: 148Quadriciclos: 10 (1)Protótipos Leves: 66UTVs (Challengers, T3): 42 (6)UTVs (de produção, T4): 36 (5)Caminhões: 46Clássicos: 14Total: 434 veículos*Nota: entre parêntesis, quantidade de competidores brasileiros, que totalizam 17, a maior delegação brasileira no Rally Dakar

DRUGOVICH E BORTOLETO NA MESMA EQUIPE? O QUE ELES DIZEM?

Podcast #263 – Max mais incomodado? Briga pela P2 acirrada? O que esperar da F1 2024?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior Dakar: Medeiros finaliza maratona em terceiro entre os Quadriciclos
Próximo artigo Audi confirma fim do programa do Dakar em 2024 para ter "foco total" na F1

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil