Brasileiros fazem conserto em 15min no Dakar; veja vídeo do 'caos' no rali

Com agilidade eles trocaram a junta homocinética e eixo da roda. E continuam brigando pela ponta

Brasileiros fazem conserto em 15min no Dakar; veja vídeo do 'caos' no rali

Treinamento, preparo e equipamento fizeram a diferença nesta terça-feira para a dupla brasileira Reinaldo Varela e Maykel Justo, que disputam na categoria UTV a vitória na 43ª edição do Dakar, nos 'caóticos' desertos da Arábia Saudita. Veja o 'drama' com as pedras na região:

 

No meio das dunas e após centenas de saltos, a quebra de uma junta homocinética forçou o duo da equipe Monster Energy Can-Am a realizar um conserto relâmpago para substituir o kit formado pela peça e o eixo traseiro direito. Com agilidade, Varela e Justo conseguiram trocar o conjunto em menos de 15 minutos, em uma operação que demoraria cerca de 1h30 se fosse realizada em um carro normal e em uma oficina comum.  

O editor recomenda:

“A homocinética é onde vai conectado o eixo da roda que transfere a força do motor – ela toda a força do motor e também sofre com as batidas do carro contra o solo. Com a velocidade constante, subidas íngremes e os saltos intermináveis que fizemos hoje nas dunas durante mais de 400km da especial, ela acabou quebrando”, explicou Reinaldo Varela.

“Essa é a hora que o treinamento, a experiência e a qualidade do equipamento que usamos aparecem. No Dakar, nós carregamos um kit de reparos de emergência. Felizmente fizemos a lição de casa e isso nos permitiu continuar na corrida ainda sonhando em brigar pela ponta”, resumiu o piloto da equipe Monster Energy Can-Am.

Campeão do Dakar em 2018, Varela e o navegador Maykel Justo ainda tiveram um pneu furado, que foi trocado em pleno deserto em cerca de seis minutos – o que rendeu à dupla um atraso de aproximadamente 22 minutos em seu tempo normal, terminando o dia no 16º lugar. No acumulado da prova, a dupla está na nona colocação.

O mais difícil do mundo – “Essas coisas são o que mais acontece no Dakar. Não é à toa que essa é a prova mais difícil do mundo”, pondera Maykel Justo. “Felizmente, estávamos preparados. Agora é manter o foco e continuar a andar forte como temos feito”, continuou o navegador da equipe. A vitória no terceiro dia na categoria UTV ficou com a dupla chilena Francisco Lopez Contardo e Juan Pablo Vinagre, que também ocupam a liderança do Dakar.

Nesta quarta-feira, quarto dia de competição do Dakar 2021, a caravana do rally sairá de Wadi Ad-Dawasir para chegar à capital saudita, Riad. “Se incluirmos o deslocamento, este é o dia mais longo de todo o rally. Serão ao todo 813km – uma distância realmente respeitável! – com 337km de especiais em alta velocidade”, observa Maykel Justo.

Dakar em resumo – Disputada inteiramente na Arábia Saudita, a 43ª edição do Dakar terá em seus 7.646km um total de 4.767km de especiais – trechos cronometrados em alta velocidade. Os restantes 2.879km são correspondentes aos deslocamentos entre os pontos de largada e chegada em cada um dos doze dias. O roteiro da prova começa e termina em Jedá.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Confira DEZ motivos para ficar ligado na temporada de 2021 da F1

PODCAST: Quem ou quais foram os maiores fiascos da F1 em 2020?

 

.

compartilhar
comentários
Al-Attiyah vence mais uma e Peterhansel segue na liderança

Artigo anterior

Al-Attiyah vence mais uma e Peterhansel segue na liderança

Próximo artigo

Dakar: Al-Attiyah vence pelo terceiro dia seguido; poloneses fazem a festa nos UTVs

Dakar: Al-Attiyah vence pelo terceiro dia seguido; poloneses fazem a festa nos UTVs
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Dakar