Fórmula 1
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

10 fatos marcantes da primeira parte dos testes da Fórmula 1

compartilhar
comentários
10 fatos marcantes da primeira parte dos testes da Fórmula 1
22 de fev de 2019 19:06

Confira os principais destaques dos primeiros quatro dias de testes da pré-temporada 2019 da Fórmula 1

Nesta semana, começaram os testes da pré-temporada 2019 da Fórmula 1, no Circuito de Barcelona-Catalunha, em Montmeló. Ainda não é para valer, mas já podemos fazer algumas análises com base no que ocorreu durante os testes. Por isso, o Motorsport.com Brasil preparou um vídeo (abaixo) para tratar dos principais fatos dos quatro primeiros dias de testes na Espanha.

O que aconteceu de mais importante?

Um dos destaques foi a Ferrari. A escuderia mostrou força, em especial nos dois primeiros dias. Na segunda-feira, Sebastian Vettel fez o melhor tempo, enquanto Charles Leclerc liderou na terça. O poderio dos italianos inclusive fez Lewis Hamilton manifestar preocupação com o potencial dos rivais, já que a Mercedes não foi rápida. Mas, na opinião de Leclerc, a equipe alemã está escondendo o jogo. Será?

O substituto de Kimi Raikkonen na Ferrari também levantou as mesmas suspeitas sobre a Red Bull. O time austríaco, porém, está mais preocupado com outra coisa: manter Max Verstappen nos eixos. O chefão Helmut Marko diz que espera o holandês “mais maduro” neste ano. Enquanto isso, Daniel Ricciardo, que foi para a Renault, tinha problemas com o sistema de DRS e via sua asa traseira quebrar e voar pelos ares de Montmeló.

Leia também:

No outro extremo do grid, a Williams passa por dificuldades. A equipe de Grove atrasou a entrega de seu carro novo, o FW42, e perdeu os dois primeiros dias de testes. Quando foi à pista, o desempenho continuou no mesmo ritmo do ano passado: lento. O alento para os fãs recai sobre a emoção de ver um velho conhecido de volta às pistas: depois de 8 anos sem disputar um GP, o polonês Robert Kubica volta a um assento titular da F1.

Se a Williams permanece estagnada, a Toro Rosso surpreende positivamente. A equipe júnior da Red Bull apresentou um carro não só consistente, mas também rápido. Tanto que Daniil Kvyat, de volta ao grid, foi o mais rápido de quarta-feira. No último dia de testes, o novato tailandês Alexander Albon ficou na segunda posição. Bom sinal também para a Honda, cuja unidade de potência somou quase 1000 voltas e não apresentou problemas de confiabilidade.

Outro rookie que soube aproveitar a oportunidade foi Pietro Fittipaldi. Na manhã da terça-feira, o brasileiro pôde guiar o novo carro da Haas, que teve problemas e logo teve de ir para a garagem. Mas, no dia seguinte, a sorte sorriu para o neto de Emerson: com o carro melhor, o piloto de testes fez tempos consistentes e agradou.

Bom para o Brasil, bom para a Fórmula 1. Confira no vídeo:

Próximo artigo
Três funcionários da McLaren vão para o hospital após incêndio na garagem da equipe de F1

Artigo anterior

Três funcionários da McLaren vão para o hospital após incêndio na garagem da equipe de F1

Próximo artigo

Bottas diz que Mercedes precisa melhorar equilíbrio do carro

Bottas diz que Mercedes precisa melhorar equilíbrio do carro
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1