Fórmula 1
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
6 dias

Três funcionários da McLaren vão para o hospital após incêndio na garagem da equipe de F1

compartilhar
comentários
Três funcionários da McLaren vão para o hospital após incêndio na garagem da equipe de F1
Por:
22 de fev de 2019 17:26

Box da equipe inglesa no circuito catalão, onde ocorrem os testes de pré-temporada, é atingido por fogo

Três membros de equipe da McLaren foram levemente feridos e tratados após um incêndio atingir a garagem do time inglês no circuito de Barcelona, onde acontecem os testes da pré-temporada 2019 da Fórmula 1.

Junto da Racing Point e da Williams, a McLaren colocou seu novo carro na pista em uma sessão extra, ocorrida em função de uma sessão de filmagens. Além do MCL 34, um carro de rua laranja-papaia da McLaren também deu algumas voltas.

Leia também:

No twitter, o jornalista espanhol Albert Fraga divulgou que o fogo teria começado durante o reabastecimento do carro, que era ocupado pelo novato Lando Norris. Os indícios são de vazamento de gasolina. O britânico conseguiu sair do MCL 34 rapidamente e sem ferimentos, mas três membros da equipe sofreram queimaduras de primeiro grau. Um deles foi atingido no rosto e no pescoço. O fogo foi apagado rapidamente e ainda não há informações sobre os eventuais danos sofridos pelo carro.

 

A escuderia soltou o seguinte comunicado: "Houve um pequeno incêndio na garagem durante o dia de filmagens privadas da equipe. O fogo foi rapidamente apagado pelo staff, e os serviços médico e de emergência prestaram atendimento imediato. Três membros do time foram levados ao centro médico para tratamento e foram liberados logo depois".

A McLaren ainda não divulgou mais detalhes sobre o ocorrido. Williams e Racing Point ofereceram auxílio, mas a situação já estava controlada.

É a segunda vez que um incêndio atinge uma garagem do circuito. Em 2012, o fogo atingiu o box da Williams, que comemorava vitória de Pastor Maldonado, a primeira da equipe desde 2004. À época, 31 pessoas foram levadas ao centro médico do autódromo, das quais 24 foram encaminhadas para hospitais locais.

Próximo artigo
Carros da F1 devem ficar mais rápidos mesmo com novas regras

Artigo anterior

Carros da F1 devem ficar mais rápidos mesmo com novas regras

Próximo artigo

10 fatos marcantes da primeira parte dos testes da Fórmula 1

10 fatos marcantes da primeira parte dos testes da Fórmula 1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes McLaren Compre Agora
Autor Adam Cooper