Albon destaca importância da amizade com Leclerc, Russell e Norris na F1: "Sempre nos apoiamos"

compartilhar
comentários
Albon destaca importância da amizade com Leclerc, Russell e Norris na F1: "Sempre nos apoiamos"

Piloto tailandês destacou que, apesar da grande amizade entre eles, vale tudo na pista

George Russell, Alex Albon, Charles Leclerc e Lando Norris têm muito mais em comum além de serem jovens pilotos e vistos como o futuro da Fórmula 1. Os quatro pilotos, apesar de idades diferentes e estarem em equipes rivais mantém uma grande amizade fora das pistas. E o piloto da Red Bull falou sobre esse relacionamento entre eles, que vem desde antes da F1.

Os pilotos começaram a competir na mesma época no mundo do kart e seguiram se encontrando ao longo da trajetória até chegarem no Mundial. Em entrevista ao podcast F1 Nation, produção da própria F1, Albon falou sobre como eles se apoiam.

Leia também:

"Acho que vocês podem nos chamar de 'o quarteto to Twitch' [em referência à plataforma de streaming de jogos]. Somos todos muito próximos e temos também nossos próprios relacionamentos entre os quatro. Falamos sobre tudo. E ainda diria que em 80% do nosso tempo não falamos sobre corridas, só besteiras".

"Provavelmente sou mais próximo de George porque passamos muito tempo juntos, mas acho que todos nós queremos que o outro se saia bem. Somos a nova geração da Fórmula 1 e sempre nos apoiamos".

Nos últimos meses, a relação entre eles se estreitou ainda mais. Com a pandemia impactando o calendário da F1, o Mundial se voltou ao mundo dos games, e os quatro pilotos eram presença constante no campeonato organizado pela categoria. E eles não ficaram restritos ao mundo da F1, nem do automobilismo, realizando transmissões de diversos jogos nesse período.

Albon, que ainda vive um momento de pressão sobre sua permanência na Red Bull, devido às boas performances de Pierre Gasly falou sobre como o grupo se apoia em situações como essa.

"A Fórmula 1 é um mundo gigante e, apesar de estarmos preparados, isso ainda pode ser muito assustador em alguns aspectos. Então estamos aqui para apoiar uns aos outros. Não é segredo que a imprensa é dura, mas meus amigos estão sempre comigo".

Mas quando as luzes se apagam e a corrida começa, a amizade fica em segundo plano.

"Há uma regra não-oficial de que, quando abaixamos a viseira, não há amizades. Quando você vê um carro, disputa como se fosse qualquer um. Não há uma camaradagem ou algo do tipo. Fazemos isso desde o kart. Podemos competir um contra o outro na pista e, depois, estamos andando de bicicleta pelo paddock".

TELEMETRIA: Novo CEO da F1, frustração para Max e Vettel comparado a Schumi; Rico Penteado comenta

PODCAST: Qual é o limite de Max Verstappen na Red Bull?

 

F1: Após acidente em Mugello, Stroll será o único piloto da Racing Point com atualizações em Sochi

Artigo anterior

F1: Após acidente em Mugello, Stroll será o único piloto da Racing Point com atualizações em Sochi

Próximo artigo

F1: Chefe da Haas diz que Pérez não é uma "escolha óbvia" para a equipe

F1: Chefe da Haas diz que Pérez não é uma "escolha óbvia" para a equipe
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1