Alesi apoia mais restrições ao uso do rádio na Fórmula 1

Para ex-piloto, solução para os problemas na F1 está também em fazer a competição menos organizada com o rádio

Alesi apoia mais restrições ao uso do rádio na Fórmula 1
Ferrari - equipamentos
Fernando Alonso, McLaren no pit wall com Andrea Stella
Carregar reprodutor de áudio

O ex-piloto da Ferrari Jean Alesi disse que o movimento da Fórmula 1 em limitar o uso do rádio pelas equipes não foi suficientemente longe.

Em julho, a FIA renovou a intenção de minimizar ajudas aos pilotos - e ordenou que as orientações a partir do pit wall fossem muito mais restritas.

Mas Alesi, que ganhou reputação como um dos pilotos mais excitantes na F1, acha que o movimento da FIA deveria ter ido muito mais longe - e que restrições maiores deveriam ser impostas.

"A restrição ao rádio não é suficiente", disse ele ao Motorsport.com.

"Com o rádio, os engenheiros dizem pit agora - e já é muita informação. O piloto deve correr por si só e ver o que ele pode fazer".

"A solução para os problemas da F1 está em fazer o carro mais atraente a partir do exterior e a competição menos organizada com o rádio."

Críticas ao Turbo

O piloto francês acrescentou que o atual motor híbrido V6 não foi a melhor decisão do ponto de vista esportivo.

"Eles são muito eficientes; e a tecnologia para o ambiente é bom - mas não em termos de automobilismo e do barulho "

No entanto, com a enorme quantidade de investimento feito pelos fabricantes, acredita ele, não há nenhuma maneira de a Fórmula 1 recuar agora.

"O problema é que eles foram longe demais, os fabricantes como Ferrari e Mercedes", disse

compartilhar
comentários
Análise: Por que a Fórmula 1 não tem escândalos de doping
Artigo anterior

Análise: Por que a Fórmula 1 não tem escândalos de doping

Próximo artigo

Verstappen espera ganhar 1s por volta com motor Ferrari

Verstappen espera ganhar 1s por volta com motor Ferrari
Carregar comentários