Alonso: "senti que a Ferrari não ganharia tão cedo"

Espanhol fala sobre mudanças de equipe na Fórmula 1 e defende sua opção pela McLaren: “deixei a Ferrari porque não encontrei mais motivação”

Alonso: "senti que a Ferrari não ganharia tão cedo"
Fernando Alonso, McLaren MP4-31
Fernando Alonso, McLaren Honda
Fernando Alonso, McLaren in parc ferme
Fernando Alonso, McLaren MP4-31
Fernando Alonso, McLaren MP4-31
Fernando Alonso, McLaren MP4-31
Fernando Alonso, McLaren MP4-31 sends sparks flying

Sofrendo com um carro pouco competitivo neste momento na McLaren, Fernando Alonso não se arrepende das mudanças que fez em sua carreira nos últimos anos. Sobretudo, ele não pensa com pesar de sua decisão de se desligar da Ferrari no fim de 2014, já que para ele o time enfrentaria um longo hiato sem um título.

Ele também analisou todas as decisões que tomou na carreira.

"Tento sempre encontrar uma nova motivação para encontrar a felicidade nas mudanças de equipe que faço”, Alonso explicou à ESPN.

"Depois de dois campeonatos na Renault, eu senti que eu precisava de algo novo. Eu tive isso na McLaren em 2007, mas provavelmente não funcionou porque a atmosfera no time não estava certa e não me sentia totalmente feliz e integrado à equipe."

“Depois que me mudei de volta para a Renault, a McLaren ganhou no ano seguinte com Lewis Hamilton, mas nunca foi campeã novamente. Então não é como se eu tivesse deixado uma equipe que dominou a Fórmula 1, porque eles nunca ganharam novamente.”

"Eu entrei Ferrari porque era uma espécie de sonho guiar para a Ferrari. Eu tive um tempo fantástico lá, e um carro mais competitivo do que os que tive na Renault nos anos anteriores. Lutei por campeonatos até as últimas corridas.”

"Depois, deixei a Ferrari porque senti que meu tempo ali acabou e não encontrei mais motivação. Senti também que eles não ganhariam rápido – e eles não estão ganhando.”

“Encontrei uma nova motivação na McLaren, estou feliz e estou aproveitando este projeto. Esperemos que com um carro melhor muito em breve, já no próximo ano."

compartilhar
comentários
Ex-F1, Mazzacane critica Prost: "fez perder minha carreira"
Artigo anterior

Ex-F1, Mazzacane critica Prost: "fez perder minha carreira"

Próximo artigo

Haryanto revela que perdeu vaga na Manor por 7 mi de euros

Haryanto revela que perdeu vaga na Manor por 7 mi de euros
Carregar comentários