Fórmula 1
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
36 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
64 dias
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
92 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
99 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
113 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
120 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
134 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
148 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
155 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
169 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
183 dias

Após adiamento, organizadores do GP do Azerbaijão esperam voltar ao calendário da F1 ainda em 2020

compartilhar
comentários
Após adiamento, organizadores do GP do Azerbaijão esperam voltar ao calendário da F1 ainda em 2020
Por:
29 de mar de 2020 13:01

Na semana passada, o GP do Azerbaijão se tornou a mais recente corrida de F1 de 2020 a ser adiada, como resultado do Covid-19, deixando o Canadá como próximo da fila para qualquer anúncio

Os organizadores do GP do Azerbaijão agora estão no limbo, aguardando notícias de uma data alternativa, e estão prontos preparar o local, caso seja possível realizar a corrida em 2020.

Dos oito GPs suspensos até agora, apenas Mônaco declarou formalmente que não buscava uma data de substituição em 2020. No entanto, a Austrália não é considerada uma candidata séria, devido à enorme escala da operação envolvida na preparação de Albert Park para o segundo semestre.

Quatro dos eventos restantes na lista de espera são circuitos permanentes, e dois - Hanói e Baku - são locais temporários nas ruas. Nos dois casos, enfrentam maiores desafios logísticos do que as pistas estabelecidas ao aceitar novas datas, devido ao tempo necessário para a construção de suas instalações.

Leia também:

Foi esse tempo de espera maior que forçou os organizadores a decidir relativamente cedo por um adiamento, antes que qualquer trabalho de preparação tivesse começado.

"Tornou-se um pouco mais claro após a mudança de eventos na Austrália", disse o chefe e promotor de corridas da BCC, Arif Rahimov, ao Motorsport.com.

“Acho que foi bastante devastador para o promotor na Austrália, colocando todo o trabalho e esforço e gastando todo esse tempo e dinheiro para se preparar para o evento, apenas para ser cancelado no último minuto.”

"Essa é uma situação em que eu nunca gostaria de colocar minha própria equipe e realmente senti pena do que eles tiveram que passar. Depois disso, ficou mais claro o rumo que as coisas estavam tomando e, em seguida, vimos mais cancelamentos de eventos globais em todo o mundo, incluindo a Euro 2020, e agora os Jogos Olímpicos. Havia pressão de todos os lados.”

Montar um circuito de rua é uma operação imensa, e Rahimov sabia que era necessário uma decisão antes do início de qualquer trabalho e pagar as contas.

"Tivemos que tomar a decisão agora", diz Rahimov. "Porque certamente não somos um circuito que pode tomar a decisão tarde, porque precisamos configurá-lo e precisamos de um pouco de tempo para fazer isso.”

“Leva de dois a três meses apenas para preparar o circuito. Nem estou falando de todos os aspectos comerciais, os aspectos de entretenimento do espectador, que são mais relacionados a artistas. Essas coisas não podemos fazer no último minuto.”

“Em nosso primeiro plano, planejávamos começar a montar o circuito em 15 de março. Por isso, com a virada dos eventos, decidimos adiar por uma semana, e nessa semana houve muitas idas e vindas entre nós e a F1, governo do Azerbaijão tentando descobrir o que ia acontecer. Passamos por todos os cenários diferentes e depois decidimos parar.”

Embora o evento seja apoiado pelo governo e uma importante ferramenta promocional anual para o país e a cidade, os políticos tinham outras prioridades, mesmo que ainda houvesse uma chance de que isso acontecesse em 7 de junho, obviamente não era certo promovê-lo.

“Tivemos que tomar uma decisão com todos os conselhos do governo, que passaram de conselhos a decretos pelos ministros do gabinete para introduzir as ações preventivas que não nos permitiam sediar uma corrida. Esse foi o ponto final para garantir que precisávamos adiar a corrida.”

Alexander Albon, Toro Rosso STR14

Alexander Albon, Toro Rosso STR14

Photo by: Simon Galloway / Motorsport Images

Do lado positivo, por não começar a montar o circuito, Baku evitou a situação em que Albert Park estava, com dinheiro gasto e nada para mostrar.

"De fato sim. Fizemos alguns pedidos, mas essas são as coisas que podemos usar no próximo ano ou em um estágio posterior.”

"Mas todas as despesas que teríamos incorrido, seriam apenas um desperdício, elas não aconteceram. Portanto, não sofremos nenhuma perda financeira direta até agora."

Baku se juntou às outras corridas adiadas à espera de notícias em uma data alternativa. Rahimov diz que há alguma flexibilidade.

"Já tivemos a corrida em abril e junho. O ponto crítico no Azerbaijão, em particular, são as escolas, a temporada escolar. É isso que mais influencia a data da corrida. No entanto, tivemos corridas em abril, quando ainda havia aulas, por isso vimos os dois casos.”

“Provavelmente seria um pouco mais difícil ter uma corrida logo no início da temporada escolar, que é 15 de setembro. No entanto, acho que há muito mais complicações envolvidas na configuração do calendário, por isso estamos tentando oferecer o máximo de flexibilidade possível."

No entanto, isso não se estende à corrida nos meses de inverno.

"A principal preocupação é garantir uma decisão de dois ou três meses, isso é realmente importante.”

"E a segunda parte é que é na estação quente, quando as pessoas não precisam congelar do lado de fora, ou teremos arquibancadas vazias, o que realmente não queremos. Então, nós queremos a corrida antes de outubro.”

Charles Leclerc, Ferrari SF90

Charles Leclerc, Ferrari SF90

Photo by: Jerry Andre / Motorsport Images

Rahimov insiste que ainda não foi informado sobre possíveis alternativas: "Não podemos ter a nova data até as coisas ficarem claras, não podemos apenas especular sobre uma nova data.”

"Isso é bastante lógico, e não foi um debate, foi algo que colocamos na mesa e todos concordaram com isso. Não somos apenas nós, acho que eles concordaram com todos os outros promotores cujas corridas foram adiadas, não vamos especular sobre a data, só podemos definir a data em que a situação com o Covid-19 estiver clara.”

“Infelizmente, não há como saber sobre isso. Espero que isso aconteça no verão. É uma questão de quando tudo vai melhorar, se pudermos ver a desaceleração no início de junho, isso é uma coisa, mas se ela permanecer conosco até o final de agosto, definitivamente será uma proibição para a nossa corrida. Não podemos adiar até novembro.”

O Azerbaijão é conhecido por pagar à organização da Fórmula 1 uma das taxas mais altas e, como em todas as corridas, os fundos são transferidos com bastante antecedência.

Na teoria, o que acontece com esse dinheiro no caso de um cancelamento completo depende de quem toma a decisão. No entanto, agora se entende que, nas circunstâncias atuais excepcionais, não se espera que os locais percam sua taxa por uma corrida que não aconteça.

"Acho que será uma grande perda de receita para a F1, infelizmente", diz Rahimov. "Mas é força maior, é algo que está fora do nosso controle. E não é apenas local, é uma força global.”

“Esse tipo de situação é contabilizado na cláusula de força maior do contrato. Nosso governo certamente não perderá dinheiro se a corrida não acontecer. O fato de a corrida não ser realizada estará além do nosso controle.”

O que acontecerá com o dinheiro que já foi pago?

"Se a corrida não está acontecendo, uma opção seria pedir que o dinheiro fosse devolvido às nossas contas, mas outra seria não ter que pagar pelo próximo ano. Há várias coisas que podemos fazer."

Para todas as corridas perdidas completamente em 2020, também há uma complicação legal em potencial a ser superada, a prova perdida conta como parte de um contrato em andamento ou será revertida e um ano a mais ao prazo?

No momento, Rahimov continua comprometido em sediar a corrida até 2020, apesar de admitir que pode ser um evento em escala reduzida, com menos apresentações para fãs. Mesmo permitindo isso, não será fácil sediar a corrida em uma nova data.

“É extremamente complicado, mas acho que há coisas mais complicadas acontecendo no mundo no momento. Este é um dos efeitos colaterais da pandemia. Mas como o mundo inteiro está nessa situação, acho que a expectativa para a corrida será um pouco menor.

Confira como o coronavírus tem afetado o calendário do esporte a motor pelo mundo

Galeria
Lista

Uma das primeiras aparições do coronavírus no esporte a motor veio com o adiamento da etapa de Sanya, da Fórmula E.

Uma das primeiras aparições do coronavírus no esporte a motor veio com o adiamento da etapa de Sanya, da Fórmula E.
1/28

Foto de: FIA Formula E

A Fórmula 1 adiou o GP da China pelo mesmo motivo.

A Fórmula 1 adiou o GP da China pelo mesmo motivo.
2/28

Foto de: Steve Etherington / Motorsport Images

Com o crescente aumento de casos do Covid-19, o GP do Bahrein chegou a ser confirmado, mas sem presença de público.

Com o crescente aumento de casos do Covid-19, o GP do Bahrein chegou a ser confirmado, mas sem presença de público.
3/28

Foto de: Andy Hone / Motorsport Images

A MotoGP, a maior categoria das duas rodas do mundo, chegou a realizar a primeira etapa no Catar, mas apenas com a Moto2 e Moto3.

A MotoGP, a maior categoria das duas rodas do mundo, chegou a realizar a primeira etapa no Catar, mas apenas com a Moto2 e Moto3.
4/28

Foto de: Akhil Puthiyedath

Mais tarde, as etapas da Tailândia, Estados Unidos, Argentina e Espanha também foram suspensas, com adiamento. No momento, o GP da França é o primeiro da temporada. Mas o multicampeão Valentino Rossi acredita que as etapas de França e Itália dificilmente serão realizadas na data inicial

Mais tarde, as etapas da Tailândia, Estados Unidos, Argentina e Espanha também foram suspensas, com adiamento. No momento, o GP da França é o primeiro da temporada. Mas o multicampeão Valentino Rossi acredita que as etapas de França e Itália dificilmente serão realizadas na data inicial
5/28

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

A Fórmula E anunciou a suspensão da temporada por dois meses: os ePrix de Paris e Seul foram suspensos.

A Fórmula E anunciou a suspensão da temporada por dois meses: os ePrix de Paris e Seul foram suspensos.
6/28

Foto de: Alastair Staley / Motorsport Images

O GP da Austrália de F1 estava previsto para acontecer, com presença de público e tudo.

O GP da Austrália de F1 estava previsto para acontecer, com presença de público e tudo.
7/28

Foto de: Sam Bloxham / Motorsport Images

Um funcionário da McLaren testou positivo para o Covid-19 e a equipe decidiu não participar do evento.

Um funcionário da McLaren testou positivo para o Covid-19 e a equipe decidiu não participar do evento.
8/28

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Lewis Hamilton criticou a decisão da categoria, dizendo que era chocante todos estarem ali para fazer uma corrida em meio à crise do coronavírus.

Lewis Hamilton criticou a decisão da categoria, dizendo que era chocante todos estarem ali para fazer uma corrida em meio à crise do coronavírus.
9/28

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Após braço de ferro político entre equipes e categoria, a decisão de cancelar o GP da Austrália veio faltando cerca de três horas para a entrada do primeiro carro na pista para o primeiro treino livre.

Após braço de ferro político entre equipes e categoria, a decisão de cancelar o GP da Austrália veio faltando cerca de três horas para a entrada do primeiro carro na pista para o primeiro treino livre.
10/28

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Pouco tempo depois, os GPs do Bahrein e Vietnã também foram adiados.

Pouco tempo depois, os GPs do Bahrein e Vietnã também foram adiados.
11/28

Foto de: FOM

Os GPs da Holanda e Espanha também foram postergados.

Os GPs da Holanda e Espanha também foram postergados.
12/28

Foto de: Tim Biesbrouck / Motorsport.com

Uma das jóias da Tríplice Coroa, o GP de Mônaco, foi cancelado. Poucos dias depois, o GP do Azerbaijão também foi adiado. No momento, o GP do Canadá está marcado para ser o primeiro da temporada, no meio de junho

Uma das jóias da Tríplice Coroa, o GP de Mônaco, foi cancelado. Poucos dias depois, o GP do Azerbaijão também foi adiado. No momento, o GP do Canadá está marcado para ser o primeiro da temporada, no meio de junho
13/28

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

Para atenuar os efeitos de tantas mudanças no calendário, a F1 decidiu antecipar as férias de verão.

Para atenuar os efeitos de tantas mudanças no calendário, a F1 decidiu antecipar as férias de verão.
14/28

Foto de: Sam Bloxham / Motorsport Images

Além disso, FIA e F1 concordaram em introduzir o novo pacote de regulamentos que entrariam no próximo ano, a partir de 2022

Além disso, FIA e F1 concordaram em introduzir o novo pacote de regulamentos que entrariam no próximo ano, a partir de 2022
15/28

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

Acompanhando a F1, a F2 e F3 também anunciaram suas primeiras provas como adiadas.

Acompanhando a F1, a F2 e F3 também anunciaram suas primeiras provas como adiadas.
16/28

Foto de: Carl Bingham / Motorsport Images

Outras categorias e provas nobres do calendário do automobilismo mundial também foram prejudicadas pelo coronavírus.

Outras categorias e provas nobres do calendário do automobilismo mundial também foram prejudicadas pelo coronavírus.
17/28

Foto de: Marc Fleury

As 24 Horas de Le Mans foi adiada para 19 de setembro.

As 24 Horas de Le Mans foi adiada para 19 de setembro.
18/28

Foto de: Rainier Ehrhardt

A etapa conjunta entre WEC e IMSA em Sebring foi cancelada.

A etapa conjunta entre WEC e IMSA em Sebring foi cancelada.
19/28

Foto de: Scott R LePage / Motorsport Images

O tradicional TT da Ilha de Man foi cancelado.

O tradicional TT da Ilha de Man foi cancelado.
20/28

Foto de: Dave Kneen

A Indy suspendeu as primeiras corridas em St Pete, Alabama, Long Beach e Austin.

A Indy suspendeu as primeiras corridas em St Pete, Alabama, Long Beach e Austin.
21/28

Foto de: Phillip Abbott / Motorsport Images

Na teoria, o campeonato de 2020 começa com o GP de Indianápolis, no circuito misto do Indianapolis Motor Speedway.

Na teoria, o campeonato de 2020 começa com o GP de Indianápolis, no circuito misto do Indianapolis Motor Speedway.
22/28

Foto de: IndyCar Series

Ainda não há nada definido sobre as 500 Milhas de Indianápolis.

Ainda não há nada definido sobre as 500 Milhas de Indianápolis.
23/28

Foto de: IndyCar Series

Na NASCAR, a maior categoria do automobilismo dos EUA, foram realizadas as primeiras quatro provas, mas as atividades só voltarão a partir de 3 de maio, com a etapa de Martinsville no dia 9.

Na NASCAR, a maior categoria do automobilismo dos EUA, foram realizadas as primeiras quatro provas, mas as atividades só voltarão a partir de 3 de maio, com a etapa de Martinsville no dia 9.
24/28

Foto de: NASCAR Media

No Brasil, a CBA suspendeu as atividades no país por tempo indeterminado.

No Brasil, a CBA suspendeu as atividades no país por tempo indeterminado.
25/28

Foto de: Duda Bairros

A Stock teve que adiar a abertura do campeonato, com a Corrida de Duplas. Etapas do Velopark e Londrina também foram adiadas.

A Stock teve que adiar a abertura do campeonato, com a Corrida de Duplas. Etapas do Velopark e Londrina também foram adiadas.
26/28

Foto de: Duda Bairros

A Porsche Cup realizou apenas sua primeira etapa em Interlagos e aguarda novas diretrizes para retomar o campeonato.

A Porsche Cup realizou apenas sua primeira etapa em Interlagos e aguarda novas diretrizes para retomar o campeonato.
27/28

Foto de: Luca Bassani

Endurance Brasil, Copa Truck, entre outras competições, também estão paralisadas.

Endurance Brasil, Copa Truck, entre outras competições, também estão paralisadas.
28/28

Foto de: Duda Bairros

VÍDEO: Top 5 corridas mais geniais de pilotos na F1, por Felipe Motta

 

Próximo artigo
Memória: Há 27 anos, Senna vencia no Brasil e encontrava Fangio no pódio

Artigo anterior

Memória: Há 27 anos, Senna vencia no Brasil e encontrava Fangio no pódio

Próximo artigo

Heroes: Hakkinen conta como foi o dia mais sombrio que teve na F1

Heroes: Hakkinen conta como foi o dia mais sombrio que teve na F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Azerbaijão Ingressos
Autor Adam Cooper