Fórmula 1
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
35 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
63 dias
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
91 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
98 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
112 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
119 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
133 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
147 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
154 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
168 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
182 dias

Memória: Há 27 anos, Senna vencia no Brasil e encontrava Fangio no pódio

compartilhar
comentários
Memória: Há 27 anos, Senna vencia no Brasil e encontrava Fangio no pódio
Por:
28 de mar de 2020 18:15

Ayrton Senna conquistou no GP do Brasil de 1993, sua segunda vitória em casa e no pódio teve um encontro emocional com Juan Manuel Fangio

Os dias de domínio da McLaren haviam acabado, passando o bastão de melhor time da F1 para a Williams. Ayrton Senna veio de uma temporada de 1992 em que teve o menor número de vitórias desde que ingressou na equipe de Woking e tecnicamente passou por um ano de transição, pilotando um motor Ford, após o término da parceria com a Honda.

O início do campeonato de 1993 confirmou que a situação continuaria semelhante à temporada anterior, pois Alain Prost venceu o GP da África do Sul na abertura do ano em Kyalami, com uma vantagem de 1min19s824 sobre Senna.

Leia também:

A próxima parada seria o GP do Brasil em Interlagos, circuito que Senna havia ajudado a redesenhar anos antes.

Na classificação, a superioridade da Williams-Renault voltou a ser visível, com Prost e Damon Hill na primeira fila, com o francês sendo quase dois segundos mais rápido que Senna, seu rival mais próximo, em terceiro.

A única coisa que alimentou a esperança dos milhares de torcedores presentes em Interlagos no domingo foi a possibilidade de chuva, a maneira pela qual Senna, com seu conhecido talento em pista molhada, poderia ter alguma esperança de vitória.

Prost permaneceu na liderança no começo e Senna conseguiu ultrapassar Hill para ficar em segundo lugar, mas o brasileiro foi ultrapassado pelo britânico e também por Michael Schumacher.

Parecia indicar que seria uma tarde frustrante para Ayrton, que até recebeu uma penalidade por passar um retardatário sob bandeiras amarelas, mas a chegada da chuva no meio da corrida mudou completamente a equação e até causou o abandono de Prost, enquanto liderava, perdendo o controle quando ainda usava pneus macios e tocando na Minardi de Christian Fittipaldi, justamente quando Aguri Suzuki se perdeu na reta principal, causando a entrada do Safety Car.

Hill foi o líder no recomeço, mas Senna aproveitou as mudanças nas condições de pista molhada para pista seca para superá-lo na volta 42 e seguir para a vitória. Mas se é Senna no Brasil, você precisa sofrer primeiro. Nas voltas finais, o alarme da pressão do óleo disparou na McLaren, colocando dúvidas sobre a vitória do tricampeão, que finalmente cruzou a linha de chegada primeiro, mas seu carro parou 50 metros depois.

Na cerimônia do pódio, houve uma reunião entre Senna e Juan Manuel Fangio, que tinham um relacionamento de profunda amizade e respeito mútuo. O argentino foi convidado a entregar o troféu à equipe vencedora, que foi recebido por Ron Dennis para comemorar a 100ª  vitória da McLaren na F1 e depois foi cumprimentar Senna, que desceu do degrau mais alto e o abraçou. A maneira perfeita de Senna para encerrar uma tarde inesquecível em seu país.

A vitória de Senna no Brasil foi a 100ª da McLaren. Confira os 10 maiores triunfos do piloto brasileiro pela equipe

Galeria
Lista

GP da Grã-Bretanha de 1988

GP da Grã-Bretanha de 1988
1/22

Foto de: Sutton Motorsport Images

Senna exibiu sua habitual habilidade em Silverstone em 1988 - e essa corrida seria crucial para o campeonato, iniciando uma corrida no meio da temporada com quatro vitórias consecutivas. Excepcionalmente para a temporada de 1988, as Ferraris de Gerhard Berger e Michele Alboreto ficaram na primeira fila, mas quando a corrida começou em um circuito encharcado de Silverstone, a imagem competitiva voltou a ser a favor da McLaren.

GP da Grã-Bretanha de 1988

GP da Grã-Bretanha de 1988
2/22

Foto de: LAT Images

Senna, começando em terceiro, perdeu pouco tempo com Alboreto, p ultrapassando na primeira volta e depois começou a perseguir Berger. Na volta 15, Senna assumiu a liderança e aumentou sua vantagem para mais de um minuto, antes de conquistar a vitória por uma margem ainda confortável de 23 segundos, com Alain Prost em segundo.

GP de San Marino de 1988

GP de San Marino de 1988
3/22

Foto de: Sutton Motorsport Images

Senna conseguiu sua primeira vitória para a McLaren em Ímola, em 1988, e foi de maneira dominante. Depois de derrotar o companheiro de equipe, Alain Prost, na pole position por quase oito décimos, Senna fez uma fuga relâmpago para liderar logo na primeira curva, enquanto o francês teve problemas no motor.

GP de San Marino de 1988

GP de San Marino de 1988
4/22

Foto de: Sutton Motorsport Images

Prost conseguiu se recuperar rapidamente e voltou para o segundo lugar, mas ele simplesmente não respondia ao ritmo de Senna. A dobradinha da McLaren também destacou o domínio da equipe em sua temporada de maior sucesso.

GP do Japão de 1988

GP do Japão de 1988
5/22

Foto de: Sutton Motorsport Images

Senna quase perdeu suas esperanças de conquistar seu primeiro título no início do GP do Japão de 1988, mas sua velocidade absoluta permitiu que ele arrancasse a vitória de Prost e com isso conquistasse o título de pilotos em Suzuka. Depois de um início desastroso, Senna caiu para o 14º lugar, mas ele conseguiu voltar ao oitavo lugar no final da 1ª volta.

GP do Japão de 1988

GP do Japão de 1988
6/22

Foto de: LAT Images

Lentamente, mas firme, ele subiu para o segundo lugar e, quando Prost, prejudicado por uma questão de seleção de marchas, foi atrapalhado por Ivan Capelli, Senna passou por ele para assumir a liderança. O resultado foi suficiente para Senna conquistar seu primeiro título, com uma etapa de antecedência.

GP de Mônaco de 1989

GP de Mônaco de 1989
7/22

Foto de: LAT Images

Um ano depois de perder a vitória do GP de Mônaco, após grande domínio, Senna voltou ao Principado com a mesma velocidade, conquistando a pole position com mais de um segundo em relação a Prost. Desta vez, porém, ele manteve a McLaren longe das barreiras, apesar de um problema no câmbio, perdendo a primeira e a segunda marcha.

GP de Mônaco de 1989

GP de Mônaco de 1989
8/22

Foto de: LAT Images

Prost também teve problemas, perdendo muito tempo no trânsito, principalmente atrás da Ligier, de Rene Arnoux. Mas Senna estava em uma disputa própria, quando levou a bandeira quadriculada com uma margem dominante de 52 segundos sobre Prost. Como a amarga rivalidade havia começado na corrida anterior em San Marino, essa vitória não poderia ter sido melhor para o brasileiro.

GP dos EUA de 1990

GP dos EUA de 1990
9/22

Foto de: LAT Images

O GP dos Estados Unidos de 1990 é lembrado com carinho pela grande batalha entre Senna e a estrela em ascensão, Jean Alesi. Alesi assumiu a liderança no início da corrida, saindo em quarto lugar no grid, com sua Tyrrell com pneus Pirelli prosperando nas ruas de Phoenix. No entanto, Senna teve outras ideias. Tendo aproveitado uma rodada de seu companheiro de equipe, Gerhard Berger, Senna começou a se aproximar de Alesi quando a corrida se aproximava da metade.

GP dos EUA de 1990

GP dos EUA de 1990
10/22

Foto de: Sutton Motorsport Images

Na volta 34 de 72, Senna fez sua primeira manobra sobre Alesi para a liderança, mas o piloto de Tyrrell disparou imediatamente na curva seguinte e aproveitou a vantagem. A batalha emocionante continuou por várias voltas, mas Senna se deu melhor, conquistando a vitória por nove segundos sobre Alesi, que garantiu seu primeiro pódio.

GP do Brasil de 1991

GP do Brasil de 1991
11/22

Foto de: Sutton Motorsport Images

No momento em que Senna entrou na temporada de 1991, ele já era bicampeão mundial e uma estrela indubitável. Mas faltava uma vitória diante dos fãs brasileiros. Seu melhor resultado em casa foi o segundo lugar em Jacarepaguá, em 1986.

GP do Brasil de 1991

GP do Brasil de 1991
12/22

Foto de: LAT Images

E Senna teve que trabalhar duro para quebrar o jejum em 1991, depois que um problema sério na caixa de câmbio, em que ele precisava fazer todo o traçado apenas com a sexta marcha. Volta a volta, sua vantagem foi reduzida por Ricardo Patrese (Williams), com uma diferença de mais de 40 segundos para menos de 10. Mas Senna finalmente conseguiu manter o primeiro lugar por três segundos, tendo uma de suas vitórias mais memoráveis.

GP de Mônaco de 1992

GP de Mônaco de 1992
13/22

Foto de: LAT Images

Não há como negar que Nigel Mansell era o favorito para o GP de Mônaco de 1992. Mas as mesas viraram quando o Leão foi forçado a fazer uma parada não programada faltando apenas sete voltas para o fim da corrida, ficando atrás de Senna. Com pneus mais frescos, Mansell perseguiu Senna, tirando dois segundos por volta, mas o brasileiro se defendeu de forma agressiva, impedindo todos os movimentos. Ultrapassar em Mônaco nunca é fácil, mas as habilidades defensivas de Senna fizeram com que até mesmo alguém do calibre de Mansell não conseguisse encontrar um caminho.

GP de Mônaco de 1992

GP de Mônaco de 1992
14/22

Foto de: LAT Images

O resultado? Senna conquistou uma improvável quinta vitória em Mônaco, igualando o recorde estabelecido pelo grande Graham Hill.

GP do Brasil de 1993

GP do Brasil de 1993
15/22

Foto de: Sutton Motorsport Images

Senna se classificou um terceiro para o GP do Brasil de 1993, a 1s8 da Williams de Alain Prost, que estava na pole. Pior ainda, ele recebeu uma punição de 10 segundos por ultrapassar sob bandeiras amarelas, o deixando quase 45 segundos atrás de Prost, na quarta colocação. Mas assim que a chuva chegou, Senna optou por pneus para pista molhada, enquanto o caos se seguia. Michael Schumacher perdeu tempo em um pitstop, enquanto Prost rodou, saiu da pista e abandonou, o que levou à entrada do safety car.

GP do Brasil de 1993

GP do Brasil de 1993
16/22

Foto de: LAT Images

Isso deixou Senna em segundo, atrás de Hill, e quando a pista começou a secar novamente, o brasileiro superou o piloto da Williams. A Williams de Hill deveria ter sido mais rápida no seco, mas Senna fez o suficiente para manter o primeiro lugar, garantindo a 100ª vitória da McLaren na F1.

GP da Europa de 1993

GP da Europa de 1993
17/22

Foto de: Sutton Motorsport Images

A primeira volta do GP da Europa de 1993 em Donington Park entrou para os livros de história como um dos momentos mais memoráveis da história da F1. Depois de um começo um pouco problemático, que o deixou atrás de Schumacher em quinto, Senna mostrou um ritmo devastador no molhado, despachando seus rivais um por um com relativa facilidade.

GP da Europa de 1993

GP da Europa de 1993
18/22

Foto de: Sutton Motorsport Images

Antes que a primeira volta terminasse, Senna já estava na liderança, depois de ultrapassar a Williams de Prost. Senna acabou vitorioso com diferença de 1min23s, enquanto que Prost terminou em terceiro atrás de Hill.

GP da Austrália de 1993

GP da Austrália de 1993
19/22

Foto de: Sutton Motorsport Images

Senna conquistou uma vitória relativamente ‘normal’, saindo da pole position no GP da Austrália, a etapa final da temporada de 1993 da F1. Mas essa corrida permanecerá especial para o que se seguiu. Senna se juntou à tribuna com seu ex-companheiro de equipe, Prost, que acabara de garantir seu quarto título em seu último ano na F1.

GP da Austrália de 1993

GP da Austrália de 1993
20/22

Foto de: Sutton Motorsport Images

Os dois haviam desenvolvido um relacionamento amargo durante seu tempo juntos na McLaren, mas a notícia da aposentadoria iminente de Prost serviu uni-los. De fato, os dois pilotos se abraçaram no pódio, deixando seu passado amargo para trás. Foi um final adequado para uma das maiores rivalidades que o esporte já testemunhou. A prova em Adelaide, em 1993, também se tornou a 41ª e última vitória de Senna na F1.

GP da Austrália de 1993

GP da Austrália de 1993
21/22

Foto de: Sutton Motorsport Images

GP da Austrália de 1993: Senna e Prost na coletiva de imprensa após a prova

GP da Austrália de 1993: Senna e Prost na coletiva de imprensa após a prova
22/22

Foto de: LAT Images

 

 

Próximo artigo
Sainz não vê problema com rivalidades "exageradas" de série da Netflix

Artigo anterior

Sainz não vê problema com rivalidades "exageradas" de série da Netflix

Próximo artigo

Após adiamento, organizadores do GP do Azerbaijão esperam voltar ao calendário da F1 ainda em 2020

Após adiamento, organizadores do GP do Azerbaijão esperam voltar ao calendário da F1 ainda em 2020
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Federico Faturos