As curvas mais rápidas e mais lentas da F1: veja as velocidades

Há 401 curvas no calendário da F1, mas quais são as mais rápidas e as mais lentas? Veja no Motorsport.com

Oscar Piastri, McLaren MCL60

Oscar Piastri, McLaren MCL60

Erik Junius

A Fórmula 1 visitará 24 circuitos em 2024, numa temporada recorde para o esporte. Nestas pistas estão algumas curvas icônicas, incluindo o 'grampo' Loews, de Mônaco, e a sequência Eau Rouge/Raidillon em Spa-Francorchamps. Cada 'praça' traz seu próprio layout exclusivo para o calendário, com uma variedade de curvas que são amadas (e odiadas) por pilotos e fãs da categoria.  

O editor recomenda:

Quais são as curvas mais lentas da F1?

 

Circuito de Mônaco - hairpin Loews - 45km/h

Sem surpresa, a curva mais lenta das pistas de F1 é o 'grampo' Loews, em Mônaco. A curva é uma das mais icônicas do calendário, com os carros diminuindo muito a velocidade para conseguir fazer a curva completa e alguns pilotos tendo que guiar com só uma mão. 

Circuito de Mônaco - Nouvelle Chicane & Anthony Noghes - 55km/h

A Nouvelle Chicane e a Anthony Noghes são juntas as 'segundas' curvas mais lentas da F1 em 2023, com uma velocidade máxima de apenas 55 km/h. A Nouvelle Chicane, que representa a sequência de curvas 10 & 11, segue a saída do túnel, onde os carros passam pelos iates na orla.

 

As curvas eram anteriormente chamadas de Chicane du Port, até a década de 1980, quando receberam seu novo nome, Nouvelle Chicane. As curvas também são um ponto de ultrapassagem raro no circuito de Mônaco.  

A Anthony Noghes é a curva 18 da pista e a última curva antes de os pilotos acelerarem a fundo até a linha de largada/chegada. A curva era anteriormente uma fechada chamada Gazometre, até que foi redesenhada nos anos 1970 e renomeada em homenagem ao fundador do GP de Mônaco.

Lewis Hamilton, Mercedes W14

Lewis Hamilton, Mercedes W14

Foto de: Alessio Morgese

Circuito de rua de Marina Bay - Curva 13 - 55km/h

A curva 13 do Marina Bay Street Circuit em Singapura é uma das mais lentas do calendário da F1, com velocidade máxima de apenas 55 km/h em 2023. Em 2015, a curva foi ampliada para aumentar as oportunidades potenciais de ultrapassagem durante a corrida.  

O GP tem sido realizado no circuito de rua desde 2008 e fica em um local à beira do porto, como Monte Carlo. O circuito é conhecido por ter pelo menos uma aparição do safety car em todas as corridas até hoje, com 24 intervenções do safety car nas quatorze corridas realizadas na pista. 

Miami - Curva 17 - 60km/h

Miami tem uma das curvas mais lentas do calendário da F1, com a 17 tendo velocidade máxima de 60 km/h. A curva é outro grampo que garante que os carros reduzam significativamente a velocidade e usem a viragem total da direção para contornar a curva.  

Miami é a única pista do calendário que tem uma representante tanto entre as curvas mais lentas quanto entre as mais rápidas. O circuito fez sua estreia na F1 em 2022 e é uma pista temporária construída em torno do Hard Rock Stadium

Circuito Gilles Villeneuve - Curva 10 - 60km/h

A curva 10 no circuito Gilles Villeneuve, no Canadá, com velocidades de 60 km/h é outra curva lenta no calendário da F1.  Em 2002, a curva foi aproximada da chicane da Curva 8/9, o que permitiu a adição de um desvio de asfalto, em vez do cascalho usado anteriormente. A curva permite várias linhas de entrada, o que incentiva a ultrapassagem no ponto de tangência ou na saída da curva. 

Autódromo Internacional de Suzuka - Curva 11 - 60km/h

A curva 11 de Suzuka, no Japão, teve uma velocidade máxima de 60 km/h em 2023. A curva é um ponto de ultrapassagem difícil devido à leve curva à direita da Curva 10, logo antes da zona de frenagem. 

Liam Lawson, AlphaTauri AT04

Liam Lawson, AlphaTauri AT04

Foto de: Red Bull Content Pool

Suzuka entrou para o calendário da F1 em 1987 e é a única pista a ter um layout em forma de oito, com os carros passando sobre a 'pista abaixo'. Foi palco de decisões incríveis entre Ayrton Senna e Alain Prost.  

Quais são as curvas mais rápidas da F1?

Circuito de Las Vegas - Curva 17 - 315km/h

A curva mais rápida durante a temporada 2023 foi a Curva 17 de Las Vegas, com uma velocidade máxima de 315 km/h. O circuito de rua é novo no calendário e foi projetado para que os carros passassem por vários pontos de referência, hotéis e cassinos da cidade. A curva 17 é a última curva do circuito antes de os pilotos enfrentarem a reta de largada/chegada e é uma das duas curvas mais rápidas do calendário. 

Circuito de Las Vegas - Curva 13 - 310km/h

A curva 13 do circuito é a segunda mais rápida do calendário da F1, com velocidade máxima de 310 km/h. A curva dá início a uma seção impressionante do circuito, com os carros descendo a toda velocidade pela reta da Las Vegas Strip. Os pilotos fazem a curva em alta velocidade. Os pontos de referência após a curva incluem os gondoleiros venezianos, a Torre Eiffel de Vegas e as Fontes do Bellagio.  

Spa-Francorchamps - Courbe Paul Frere & Blanchimont - 310km/h

Spa-Francorchamps, na Bélgica, tem várias curvas de alta velocidade que se tornaram as mais rápidas do calendário da F1. As curvas 16 e 17, também conhecidas como Courbe Paul Frere e Blanchimont, tiveram velocidades máximas de 310 km/h durante a temporada 2023.  

A Courbe Paul Frere foi batizada em homenagem ao piloto e jornalista belga Paul Frere, que morreu em 2008. Frere participou de 11 GPs e conseguiu um pódio durante sua carreira. Ele também venceu as 24 Horas de Le Mans de 1960 com seu companheiro Olivier Gendebien. 

A Courbe Paul Frere é seguida pela Blanchimont - outra curva à esquerda -, onde os pilotos podem continuar em uma 'reta'. Blanchimont é traduzido como 'Montanha Branca' ou 'Montanha Branqueada' e se refere à grande colina ao lado da curva.  

Looking back towards Blanchimont

Olhando para trás, em direção a Blanchimont

Foto de: Sam Bloxham / Motorsport Images

Circuito Corniche de Jeddah - Curva 26 - 305km/h

O 'Jeddah Corniche Circuit' é uma das pistas mais rápidas do calendário, mas, surpreendentemente, apenas uma curva faz parte da lista das mais rápidas. A curva 26 teve uma velocidade máxima de 305 km/h em 2023, o que a torna a quinta mais rápida de todas as curvas da F1.  

O circuito de rua de 27 curvas corre ao longo da orla do Mar Vermelho e é o segundo circuito mais longo do calendário. A curva 26 é uma pequena curva à esquerda, o que significa que os pilotos fazem ajustes mínimos no volante e não precisam reduzir significativamente a velocidade. 

Circuito da cidade de Baku - Curva 20 - 305km/h

A última curva do Circuito da Cidade de Baku é uma das mais rápidas da F1, com a Curva 20 atingindo velocidades máximas de 305 km/h. A curva leva à longa reta antes da linha de largada/chegada.  

Sem curvas fechadas a partir da Curva 16, os pilotos podem entrar a todo vapor na Curva 20 antes de chegar à reta. O circuito da cidade de Baku entrou para o calendário em 2016 e só ficou de fora um ano, em 2020, devido à pandemia. 

Circuito de Spa-Francorchamps - Curva 2 - 305km/h

A Curva 2 no Circuito de Spa-Francorchamps tem velocidade máxima de 305 km/h e é a ligeira curva à direita antes da sequência Eau Rouge/Radillion, as curvas mais famosas do autódromo belga.

Autódromo Internacional de Miami - Curva 10 - 305km/h

Lewis Hamilton, Mercedes F1 W14

Lewis Hamilton, Mercedes F1 W14

Foto de: Andy Hone / Motorsport Images

A curva 10 de Miami registrou velocidades máximas de 305 km/h em 2023. A ligeira curva à esquerda é uma zona plana que faz parte da primeira das três zonas de DRS na pista do estado da Flórida. 

As curvas mais lentas e mais rápidas das pistas de Fórmula 1

Cada pista tem seu próprio layout exclusivo, o que resulta em velocidades variáveis de corrida para corrida. Algumas pistas são notoriamente mais lentas do que outras, sendo Mônaco a pista mais lenta do calendário da F1, com velocidade média de 150 km/h e velocidade máxima de 290 km/h. Devido ao fato de a pista ter sido construída nas ruas de Monte Carlo, o circuito é estreito, com poucas áreas de escape.   

A pista mais rápida do calendário é o Autodromo Nazionale di Monza, com uma velocidade média de 265 km/h e uma velocidade máxima de 362 km/h. O circuito apresenta curvas como a Curva Grande e a Parabolica e é uma 'praça' icônica do calendário da F1 desde 1950. Aqui estão as velocidades médias das curvas para a temporada 2023 da F1, de acordo com o Arquivo Mercedes

 

Pista 

Curva mais lenta 

Velocidade da curva mais lenta 

Curva mais rápida 

Velocidade da curva mais rápida 

Circuito Internacional do Bahrein  

Curvas 1 & 10  

65km/h 

 

 

Curva 12  

255 km/h

 

 

Circuito Corniche de Jeddah (Arábia Saudita)

Curva 2 

80 km/h 

 

Curvas 26 

305km/h

 

Circuito Albert Park (Melbourne, Austrália)  

Curva 13 (Ascari) 

80 km/h

 

 

Curvas 8 & 10 

270 km/h 

Suzuka 

Curva 11 (Hairpin) 

60 km/h

 

Curva 15  

295km/h

 

Miami 

Curva 17 

60 km/h

 

Curva 10  

305km/h

 

Circuito de Imola 

(Autódromo Internacional Enzo e Dino Ferrari) 

Curva 7 (Tosa) 

95 km/h

 

Curva 1  

285 km/h

 

Circuito de Mônaco 

Curva 6 (Loews Hairpin) 

45 km/h

 

Curva 2 (Beau Rivage) 

260 km/h

Circuito Gilles Villeneuve 

Curva 10 (The Hairpin) 

60 km/h

 

Curva 12  

285km/h

 

Circuito de Barcelona-Catalunha 

Curva 5  

95 km/h

 

Curvas 6 & 9  

240 km/h

Red Bull Ring 

Curva 3 (Remus) 

70 km/h

 

Curva 2  

290 km/h

Circuito de Silverstone  

Curva 4 (The Loop) 

85 km/h

Curva 10 (Maggots) 

300 km/h

Hungaroring 

Curvas 1 & 13  

85 km/h

 

Curvas 4 

250 km/h 

Circuito de Spa-Francorchamps 

Curva 19 (Chicane) 

65 km/h

 

Curvas 16 & 17 (Courbe Paul Frere & Blanchimont)  

310 km/h

Circuito de Zandvoort (Holanda) 

Curva 12 (Hans Ernst Bocht) 

95 km/h

Curva 6 (Slotemakerbocht) 

280 km/h 

Autódromo Nacional de Monza 

Curva 2 (Variante del Rettifilo) 

65 km/h 

Curva 3 (Curva Biassono) 

285 km/h

 

Circuito da cidade de Baku (Azerbaijão)

Curva 7  

65 km/h 

 

Curva 20  

305 km/h

Circuito de rua de Marina Bay 

Curva 13  

55 km/h

Curva 6  

280km/h

 

Circuito das Américas (Austin, Estados Unidos) 

Curva 11 

75 km/h

Curva 4  

280km/h

Autódromo Hermanos Rodríguez (México) 

Curva 13 

65 km/h 

 

Curva 9  

230 km/h

 

Circuito de Interlagos 

(Autódromo José Carlos Pace) 

Curva 10 (Bico de Pato) 

80 km/h  

 

Curva 15 (Arquibancadas) 

300 km/h

Circuito Las Vegas Strip  

Curva 8  

80 km/h 

Curva 17  

315km/h 

Circuito internacional de Losail (Catar)

Curva 6  

95 km/h 

 

Curvas 12 

275 km/h

 

Circuito de Yas Marina 

Curva 6 

65 km/h 

Curva 4 

280 km/h

As CONSEQUÊNCIAS do 'fico' de Norris: RED BULL vai atrás de QUEM agora que Lando ficará na McLaren?

Podcast #267 - Par ou ímpar: Renovados, quem você escolheria entre Norris e Leclerc?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior Volta à F1 pela Mercedes? Vettel “quer seguir os passos de Schumacher”
Próximo artigo F1: O que as primeiras imagens do carro da Andretti no túnel de vento nos dizem?

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil