Audi pode estar a um passo de anunciar entrada na Fórmula 1 em 2026

MGU-H era o principal obstáculo para montadora fabricar motores para a categoria, mas deve ser removido em novo regulamento

Audi pode estar a um passo de anunciar entrada na Fórmula 1 em 2026
Carregar reprodutor de áudio

A participação da Audi na Fórmula 1 parece estar mais perto. Em uma carta à categoria e à FIA, a montadora alemã deu a entender que os novos regulamentos do motor para 2026 abrem caminho para a entrada.

Nos últimos meses, os fabricantes de motores e potenciais participantes discutiram as novas regras da unidade de potência, que devem entrar em vigor no ano citado. Os pontos básicos foram aprovados na recente reunião do WMSC (em inglês: Conselho Mundial do Esporte a Motor).

Leia também:

Por exemplo, o componente turbo V6 de 1,6 litros continua sendo a base, mas funcionará com combustível totalmente sustentável e dará mais ênfase à energia elétrica. Isso aumenta de 160 para 477 cv (350 kW). Essa potência total virá do MGU-K a partir de 2026, porque ao mesmo tempo o MGU-H, o sistema híbrido que converte o calor do escapamento em energia elétrica, desaparecerá.

A remoção desta parte tem como objetivo principal tornar a tecnologia de motores mais acessível aos novos fabricantes. A Audi parece, portanto, já preparada para atacar e anunciar a participação na Fórmula 1 em 2026.

O chefe da montadora, Markus Duesmann, e Oliver Hoffmann, chefe de desenvolvimento técnico da marca, escreveram uma carta ao CEO da F1 Stefano Domenicali e ao agora ex-presidente da FIA, Jean Todt, antes da reunião do WMSC. De acordo com a Motorsport-Magazin, a categoria e a federação foram agradecidas por sua cooperação durante as negociações sobre o regulamento do motor. A aprovação das propostas seria o próximo passo para a entrada da Audi na classe rainha.

Anúncio seria apenas questão de tempo após aprovação do Grupo Volkswagen

A carta foi distribuída aos representantes antes da votação do WMSC, que mais tarde concordou com os planos para os novos motores de F1. Isso torna a entrada do Grupo Volkswagen um passo mais perto. O grupo automotivo alemão sentou-se à mesa com a Porsche e a Audi durante as discussões sobre a nova fórmula da unidade e deixou claro na época que o MGU-H em particular era um obstáculo.

A tecnologia é considerada inaplicável em carros de rua, além de ser muito cara e os atuais fabricantes da categoria teriam uma grande vantagem nessa área.

No entanto, essa barreira desapareceu com a decisão do WMSC e isso abre caminho para a Audi anunciar que quer entrar na F1. No entanto, essa decisão deve primeiro ser aprovada pela administração do Grupo Volkswagen. Feito isso, deverá ser apenas uma questão de tempo.

F1 AO VIVO: Além de Verstappen/Hamilton, quem foi o MELHOR DE 21? BRASIL teve GP DO ANO? Veja debate

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #152: Qual tamanho do título de Verstappen após derrotar Hamilton?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Latifi revela ameaças nas redes sociais após acidente no GP de Abu Dhabi
Artigo anterior

F1: Latifi revela ameaças nas redes sociais após acidente no GP de Abu Dhabi

Próximo artigo

Podcast #153 - Fora Max/Lewis, quem foi o melhor de 2021? Brasil teve 'GP do ano'?

Podcast #153 - Fora Max/Lewis, quem foi o melhor de 2021? Brasil teve 'GP do ano'?
Carregar comentários