F1: Latifi revela ameaças nas redes sociais após acidente no GP de Abu Dhabi

Batida do canadense na Curva 14 obrigou entrada do safety car e mudou história de corrida decisiva da temporada, o que gerou ataques na internet

F1: Latifi revela ameaças nas redes sociais após acidente no GP de Abu Dhabi
Carregar reprodutor de áudio

Nicholas Latifi disse que ficou chocado com o "ódio, abuso e ameaças de violência" que recebeu após seu acidente na final da Fórmula 1 em Abu Dhabi, reveladas por ele nesta terça-feira (21). O piloto da Williams bateu na parede na Curva 14 a seis voltas do fim da corrida no circuito de Yas Marina, resultando em um safety car que ajudaria a decidir o campeonato.

O diretor de provas, Michael Masi, optou por retomar a prova com uma volta restante, durante a qual Max Verstappen ultrapassou Lewis Hamilton para vencer o GP e o título de 2021.

Leia também:

Em uma carta aberta divulgada nas redes sociais, Latifi falou sobre as mensagens desagradáveis ​​que recebeu após corrida, mas disse que "não foram realmente uma surpresa para ele".

Ele também disse que deletou o Instagram e o Twitter de seu celular no início da corrida, antes de receber os ataques.

Latifi escreveu: "Eu propositadamente evitei as mídias sociais para deixar as coisas se acalmarem a partir dos eventos da última corrida".

"Muito se falou sobre a situação que surgiu após meu abandono em Abu Dhabi. Recebi milhares de mensagens em minhas contas - publicamente e via particular. A maioria me deu apoio, mas tem havido muito ódio também."

"Tenho tentado descobrir a melhor maneira de lidar com isso. Devo ignorar e continuar? Ou devo resolver o problema maior que infelizmente é uma realidade quando você usa as redes?"

"Esta não é uma declaração com script, mas sim eu falando o que penso na esperança de que isso talvez desencadeie outra conversa sobre os ataques online e as consequências drásticas que podem ter nas pessoas."

"Usar a mídia social como um canal para atacar alguém com mensagens de ódio, abuso e ameaças de violência é chocante".

Latifi aceitou que, como um "esportista que compete no cenário mundial", esperava críticas, mas disse que o que o chocou foi "o tom extremo do ódio, abusos e até das ameaças de morte" que recebeu.

Nicholas Latifi, Williams

Nicholas Latifi, Williams

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

Ele disse que pessoas próximas a ele também sofreram ataques online e ressaltou que aqueles que enviam essas mensagens "não são verdadeiros fãs do esporte".

Latifi acrescentou: "As pessoas terão suas opiniões e tudo bem. Ter casca grossa é uma grande parte de ser um atleta, especialmente quando você está constantemente em posição de ser julgado, mas muitos dos comentários que recebi na semana passada passaram dos limites em algo muito mais extremo."

"Me preocupa como outra pessoa poderia reagir se esse mesmo nível de abuso fosse dirigido a ela. Ninguém deve permitir que as atividades de uma minoria vocal ditem quem eles são."

"Os eventos da semana passada me fizeram ver como é importante trabalharmos juntos para impedir que esse tipo de coisa aconteça e apoiar aqueles que passam por isso."

"Sei que dificilmente convencerei aqueles que agiram dessa forma comigo a mudar seus hábitos - e eles podem até tentar usar essa mensagem contra mim - mas é certo denunciar esse tipo de comportamento e não ficar em silêncio."

"A todos os fãs e pessoas que me apoiaram durante toda esta situação, quero dizer um enorme obrigado. Eu vi e li muitas das suas mensagens e as apreciei muito. É bom saber que há muita gente me apoiando."

O canadense encerrou dizendo que espera que compartilhar suas ideias "destaque a necessidade de ação", antes de acrescentar: "Basta todo mundo ser gentil!"

Em um follow-up, a Williams acrescentou: "Uma mensagem importante do nosso piloto Nicholas Latifi com a qual nós, como equipe, concordamos de todo o coração."

F1 AO VIVO: Além de Verstappen/Hamilton, quem foi o MELHOR DE 21? BRASIL teve GP DO ANO? Veja debate

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #152: Qual tamanho do título de Verstappen após derrotar Hamilton?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Sem ressarcimento, promotores do GP da Bélgica oferecem participação em eventos e até F1TV para fãs
Artigo anterior

F1: Sem ressarcimento, promotores do GP da Bélgica oferecem participação em eventos e até F1TV para fãs

Próximo artigo

Audi pode estar a um passo de anunciar entrada na Fórmula 1 em 2026

Audi pode estar a um passo de anunciar entrada na Fórmula 1 em 2026
Carregar comentários