Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
67 dias
06 mai
Próximo evento em
109 dias
20 mai
Próximo evento em
123 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
137 dias
10 jun
Próximo evento em
144 dias
24 jun
Próximo evento em
158 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
165 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
179 dias
29 jul
Próximo evento em
193 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
221 dias
02 set
Próximo evento em
228 dias
09 set
Próximo evento em
235 dias
23 set
Próximo evento em
249 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
256 dias
07 out
Próximo evento em
263 dias
21 out
Próximo evento em
277 dias
28 out
Próximo evento em
284 dias
05 nov
Próximo evento em
292 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
305 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
320 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
329 dias

Barnard: McLaren pode não resistir à mudança de que precisa

compartilhar
comentários
Barnard: McLaren pode não resistir à mudança de que precisa

Lendário projetista da F1, John Barnard disse duvidar que a McLaren possa sobreviver às grandes mudanças que acredita serem necessárias para que a equipe volte aos tempos de glória.

A passagem de Barnard pela McLaren foi marcada por grande sucesso, já que ele ajudou o time a se recuperar de dificuldades. Seu chassi revolucionário de fibra de carbono, o MP4/1, colocou o time novamente entre os vencedores após um jejum de quatro anos, sendo que, entre 84 e 86, outros projetos venceram títulos de pilotos e construtores.

A McLaren atualmente passa por outra fase de seca. A equipe não venceu um único GP desde 2012 e não vai ao pódio desde a abertura da campanha de 2014, na Austrália.

Em entrevista no lançamento de sua biografia, intitulada “O Carro Perfeito”, Barnard afirmou que a estrutura de gestão da McLaren precisa ser eliminada para que a equipe retorne às vitórias. Contudo, ele acrescentou que o tamanho da tarefa poderia tornar a mudança impossível.

“Eles têm esse sistema de gestão instalado por, provavelmente, Martin Whitmarsh [antigo chefe da equipe], e você precisa romper com isso. Não acho que funcione. É preciso mudar a mentalidade”, disse Barnard.

“Não sei quanto tempo isso vai levar, ou se a equipe pode sobreviver a esse tipo de mudança.”

“Considerando que, quando me juntei à McLaren em 1980, os problemas que tive na época era tentar mudar a forma com que as coisas eram feitas, e estamos falando de uma operação bem pequena.”

“Se você pega esses problemas e traz para os dias de hoje, com o número de pessoas ali, esse trabalho não seria prazeroso.”

Barnard sente que a diversificação sob o antigo presidente e diretor executivo do Grupo McLaren, Ron Dennis, especialmente de olho nos carros de rua, também foi feita em detrimento aos esforços na F1.

“Sempre fui muito preocupado com a diversificação”, acrescentou. “Sei que a ideia de Ron era te rum grande grupo de empresas, uma megaoperação e que ele cuidaria de tudo, e ele conseguiu. Mas acho que ele conseguiu isso a custa da equipe de F1.”

Barnard acrescentou que, mais recentemente, quando Dennis ainda estava na McLaren, pediu para que o dirigente se concentrasse na equipe de F1 em vez de outros negócios.

“Eu continuava dizendo a Ron: ‘Quem está gerenciando o negócio da F1? Você precisa voltar à F1. Ninguém mais consegue, só você’”, explicou.

“[Dennis respondia]’Sim, tenho esses caras e eles são assim e assado’. Estou olhando a McLaren hoje e pensando que, se ele tivesse aceitado algumas dessas ideias, as coisas poderiam estar diferentes.”

Graham Keilloh

Em alta, Leclerc diz que Áustria é sua “pista favorita”

Artigo anterior

Em alta, Leclerc diz que Áustria é sua “pista favorita”

Próximo artigo

Copa volta a tirar F1 ao vivo da Globo; veja os horários

Copa volta a tirar F1 ao vivo da Globo; veja os horários
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes McLaren