Últimas notícias

Briatore pede mudanças nos regulamentos da F1

Ex-chefe de equipe deixou claro sua insatisfação com os atuais motores da categoria, além de pedir mudanças nos regulamentos

Flavio Briatore

XPB Images

Flavio Briatore
Flavio Briatore
Scuderia Toro Rosso STR10
Red Bull Racing, Renault Sport F1
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W06

Flavio Briatore pode não ter o melhor dos prestígios para muitos, mas permanece envolvido no mundo da Fórmula 1. Mesmo após o escândalo que também envolveu o brasileiro Nelsinho Piquet, ele ainda é próximo de pessoas de peso da categoria, como Bernie Ecclestone, e assessora Carlos Ghosn, CEO da Renault na F1.

Neste fim de semana ele falou sobre o momento atual da F1, sobretudo os motores:

"O mundo está mudando agora", disse à rede Sky Sports. "Você tem esses novos motores. Novos motores, novo problema."

"Esses motores criaram uma situação na F1 totalmente desestabilizadora. Espero que a Renault, se voltar à categoria como equipe, tenha um financiamento para apoiar esse programa. Quanto mais se investe em tecnologia, mais se tira o poder de decisão dos pilotos."

"O público quer ver os pilotos lutando. O motociclismo, por exemplo. É um esporte quando vemos Rossi e Marquez. Na F1 você ouve no rádio: 'Tome cuidado, você está usando muito combustível...' Nós chamamos isso de campeonato de pilotos, não campeonato de motores."

"Vamos ver, mas não será fácil para a Renault ser competitiva a curto prazo."

Briatore disse que gostaria de ver a Renault, que está em negociações para assumir a Lotus, permanecer no esporte.

"Eu adoraria. É bom para a F1. A Renault é uma grande marca. Mas eu acredito que as regras precisam mudar, principalmente no que diz respeito aos motores. Seria muito mais fácil para que todos possam participar da categoria."

Mas o italiano acredita que as críticas públicas que a Red Bull fez em cima da companhia não foi boa para a marca.

"Na F1 as pessoas esquecem as coisas muito rapidamente. A Red Bull ganhou alguns campeonatos com a Renault. Agora eles não são mais competitivos e o motor leva toda culpa."

"Então, para a Renault restou a parte ruim da fama. Se você quer os maus resultados como estes, não é saudável continuar a ser fornecedor de motores."

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Force India elogia Perez: "decepção na McLaren é passado"
Próximo artigo Nelsinho abre álbum de família com pai no Dia das Crianças

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil