Stoffel Vandoorne
Assunto

Stoffel Vandoorne

Coluna do Vandoorne: Preparativos para um início difícil

compartilhar
comentários
Coluna do Vandoorne: Preparativos para um início difícil
Por:

Em sua primeira coluna para o Motorsport.com, piloto da McLaren fala sobre expectativas para GP da Austrália

Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Stoffel Vandoorne, McLaren
Stoffel Vandoorne, McLaren
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Logo Stoffel Vandoorne
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32 running sensor equipment
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32

Embora o GP da Austrália não seja minha primeira corrida na Fórmula 1, ainda me parece uma experiência completamente nova viajar para Melbourne como piloto para a temporada de 2017.

Eu estava lá no ano passado como reserva, mas estar em Albert Park como piloto oficial da McLaren-Honda é um desafio emocionante.

Como piloto, nunca é fácil ir às corridas apenas para trabalhar à margem do que acontece e assistir. Mas levei meu papel de maneira muito profissional no ano passado. Sabia que seria uma longa temporada, indo para todas as corridas e saber que a chance de guiar era muito pequena.

Tive sorte de ter a chance de fazer uma corrida no Bahrein, o que foi inesperado. De qualquer forma, isso foi há muito tempo.

O que realmente me manteve motivado foi que sempre tive a sensação de que haveria uma oportunidade para eu correr na F1. Eu também tinha um programa de corridas no Japão, o que obviamente, significava que eu não podia me dar ao luxo de ser preguiçoso.

A Super Fórmula foi uma série muito competitiva com um carro também competitivo, e para mim foi uma grande motivação estar lá e trabalhar duro com a equipe. Então, para finalmente ter a recompensa e assinar o meu primeiro contrato na F1 com a McLaren-Honda foi um alívio, porque naquele momento não havia nada realmente mais que eu pudesse fazer.

Eu venci quase todos os campeonatos que competi. Tinha trabalhado muito com a equipe também, e foi uma sensação agradável saber que estava tendo o meu lugar.

Novos Carros

A temporada de 2017 marca o início de uma nova era para a F1, com os carros mais rápidos. Minha primeira impressão de Barcelona foi muito boa. Eles são definitivamente muito mais rápidos e os tempos de volta são bastante impressionantes.

Para nós, pilotos, é bom poder pisar muito mais fundo novamente e acho que a F1 está de volta ao nível em que deveria estar. Isso significa tempos de voltas quase 10 segundos mais rápidos do que qualquer outra coisa.

Haverá um maior desafio físico para os pilotos também. Os carros são muito mais difíceis do que os do ano passado, então durante as long runs e em climas muito quentes, acho que vai ser difícil.

Eu não tive nenhum problema físico nos testes, porque tive uma preparação de inverno muito boa e eu estava 100% pronto para guiar esses carros. Além disso, a Super Fórmula no Japão me preparou muito bem no ano passado.

Trabalhando juntos

Claro, os testes de pré-temporada da McLaren-Honda não foram tão bons como esperávamos, e penso que não foi a preparação ideal para a temporada que está por começar.

Mas conheço a McLaren extremamente bem, o que já era uma vantagem para começar a temporada, então me sinto pronto para fazer meu trabalho.

Acho que entendemos que não é uma situação fácil para todos nós na equipe neste momento, porque somos pessoas muito competitivas. Queremos voltar ao topo o mais rápido possível.

Estes não são tempos fáceis, mas temos que aproveitar ao máximo. Estamos trabalhando juntos na direção certa, para se certificar de que nos desenvolvemos no caminho certo.

Então espero que, em algum momento, seremos recompensados.

McLaren diz que Honda precisa adotar a cultura da F1

Artigo anterior

McLaren diz que Honda precisa adotar a cultura da F1

Próximo artigo

VÍDEO: Kimi joga hóquei em comercial da Ferrari

VÍDEO: Kimi joga hóquei em comercial da Ferrari
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Localização Melbourne Grand Prix Circuit
Pilotos Stoffel Vandoorne
Equipes McLaren
Autor Stoffel Vandoorne