Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
64 dias
06 mai
Próximo evento em
106 dias
20 mai
Próximo evento em
120 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
134 dias
10 jun
Próximo evento em
141 dias
24 jun
Próximo evento em
155 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
162 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
176 dias
29 jul
Próximo evento em
190 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
218 dias
02 set
Próximo evento em
225 dias
09 set
Próximo evento em
232 dias
23 set
Próximo evento em
246 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
253 dias
07 out
Próximo evento em
260 dias
21 out
Próximo evento em
274 dias
28 out
Próximo evento em
281 dias
05 nov
Próximo evento em
289 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
302 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
317 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
326 dias

Doria diz que SP vai receber F1 em 2020 e detona autódromo no RJ

compartilhar
comentários
Doria diz que SP vai receber F1 em 2020 e detona autódromo no RJ

Governador e prefeito Bruno Covas foram questionados sobre a realização da prova de Interlagos neste ano

Em meio aos rumores de cancelamento do GP do Brasil de 2020 da Fórmula 1 por causa da crise do coronavírus em São Paulo, o governador paulista, João Doria (PSDB), afirmou nesta sexta-feira que a prova de Interlagos será realizada neste ano. Além disso, o tucano também criticou o projeto para construção de um autódromo no Rio de Janeiro, que pretende sediar a corrida brasileira da F1 a partir do ano que vem.

Leia também:

"Sempre entendemos F1 como um projeto significativamente importante para o Turismo da capital de São Paulo, além do aspecto da própria atividade esportiva. Para este ano, está confirmada a F1. O autódromo [de Interlagos está] preparado para receber a F1, evidentemente dentro dos protocolos de saúde, e os organizadores já sabem", disse Doria em entrevista coletiva.

"Seguimos conversando com a Liberty Media para a possibilidade de renovação do contrato. Não há confirmação. Aqui temos um autódromo pronto, consagrado, tido como um dos cinco melhores do mundo. Nada contra o Rio de Janeiro, mas não faz sentido um gasto de R$ 1 bilhão para construir um autódromo em uma área que não tem aprovação ambiental em um momento de pandemia com escassez de recursos", criticou.

Já o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), afirmou que a cidade já conversa com os responsáveis pela F1 sobre o GP do Brasil: "Nós estamos em contato com a organização do evento, mostrando os números da pandemia aqui na cidade de São Paulo, para dar total tranquilidade à organização, para manter a prova neste ano, mostrando que os números da cidade não correspondem à realidade do Brasil como um todo".

"São os números que são divulgados no exterior que deixaram a organização preocupada com a realização da prova neste ano. Espero que compreendam que, aqui na cidade, não há nenhum risco para a realização da prova em novembro deste ano", completou.

SEXTA-LIVRE: Três times na ponta, Ricciardo bate forte, Ferrari mal e Brasil ameaçado

Podcast #057 - Bastidores do início da F1 na Áustria e participação de Felipe Drugovich

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

F1: Ricciardo diz que não tem explicação para acidente em treino

Artigo anterior

F1: Ricciardo diz que não tem explicação para acidente em treino

Próximo artigo

Vettel sai otimista de treino e diz que Ferrari é um “carro diferente” após atualizações

Vettel sai otimista de treino e diz que Ferrari é um “carro diferente” após atualizações
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1