Em meio à guerra na F1, Red Bull contrata engenheiro ex-Mercedes

Equipe austríaca fechou com Owen Jones, um dos responsáveis pela criação da unidade de potência que domina era híbrida desde seu início

Em meio à guerra na F1, Red Bull contrata engenheiro ex-Mercedes

A "guerra" entre Red Bull e Mercedes segue nos bastidores: a equipe de Milton Keynes agora contratou Owen Jones, que ocupava o cargo de chefe de engenharia da montadora alemã até pouco tempo atrás, de acordo com o site RacingNews365. O movimento vem pouco depois de Ben Hodgkinson, ex-engenheiro de desenvolvimento da rival, também se juntar ao time para ser o novo diretor técnico da fabricação de motores a partir de 2022.

O novo integrante fazia um ano sabático na Fórmula 1, após pausa em 2020, até receber a proposta. A partir da próxima temporada, a escuderia austríaca receberá a tecnologia da Honda e produzirá suas próprias unidades de potência e, por isso, recruta profissionais que ajudem nessa missão, além de "dar um golpe" na principal adversária pelo título.

Leia também:

Jones foi um dos responsáveis pelo motor híbrido dominante da Mercedes, pois fez parte da criação, junto a Andy Cowell, dos componentes da atual era da categoria, dominada pela equipe. Ele será peça-chave para a Red Bull, por poder compartilhar seu conhecimento sobre a rival, mas ainda não sabe a posição oficial que terá no time.

O desenvolvimento das atuais unidades de potência da F1 será congelado por três anos a partir de 2022, quando haverão grandes mudanças no regulamento que podem mudar a atual hierarquia do campeonato.

F1 AO VIVO - FIASCO NA BÉLGICA: tudo sobre a corrida que NÃO ACONTECEU em Spa; Rico Penteado analisa

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

TELEMETRIA: Quem vai se dar bem na segunda metade da temporada de 2020 da F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
GP da Holanda de F1: Horários e como acompanhar, com F3 e W Series
Artigo anterior

GP da Holanda de F1: Horários e como acompanhar, com F3 e W Series

Próximo artigo

F1: Organização do GP da Bélgica afirma que buscará forma de compensar público em Spa

F1: Organização do GP da Bélgica afirma que buscará forma de compensar público em Spa
Carregar comentários