F1: 23 GPs, com Interlagos em novembro, e sem choque com Copa do Mundo; veja possível calendário de 2022

Apesar das críticas de pilotos e equipes, F1 deve realizar novamente três rodadas triplas no próximo ano

F1: 23 GPs, com Interlagos em novembro, e sem choque com Copa do Mundo; veja possível calendário de 2022

Mesmo tendo ainda um longo caminho pela frente com a temporada 2021, a Fórmula 1 se aproxima da divulgação do calendário de 2022. E no modelo trabalhado atualmente pela categoria, teríamos um total de 23 GPs no próximo ano, com um final em novembro, diferentemente dos anos recentes.

Com algumas mudanças na estruturação do calendário em comparação ao deste ano, a etapa de Interlagos manteria sua data, no fim de semana do feriado prolongado de 15 de novembro, que cairá em uma terça em 2022, mas o GP de São Paulo voltaria a ocupar o posto de penúltima prova da temporada.

Leia também:

Segundo a versão publicada pelo site RaceFans, o início da temporada 2022 seria similar ao deste ano: no final de março com o GP do Bahrein. Mas as primeiras mudanças viriam logo na sequência, com a Arábia Saudita passando a ser a segunda etapa, antes mesmo do retorno da Austrália após dois anos de ausência.

Estreante em 2022, o GP de Miami deve ocupar o quinto posto do calendário, sendo realizado um mês antes da etapa do Canadá, sendo realizado antes mesmo da prova em Barcelona, que tradicionalmente abre a sequência de provas em solo europeu.

Ponto focal de críticas das equipes, as rodadas triplas devem voltar em 2022 de modo similar ao deste ano: focado no segundo semestre, com três sequências de provas: Grã-Bretanha-Áustria-França, Bélgica-Holanda-Itália e Rússia-Singapura ou Turquia-Japão.

O futuro da prova noturna em Marina Bay não é a única em xeque no momento. Indícios apontam que o GP da França, em Paul Ricard, pode ser substituído por uma etapa em Ímola, que voltou ao calendário em 2020 e esteve presente na temporada 2021.

Com essas mudanças, o GP de São Paulo voltaria a ser a penúltima etapa da temporada, sendo realizada antes apenas de Abu Dhabi. Sua data provisória seria 13 de novembro, o mesmo final de semana da prova deste ano.

Temendo choques com a Copa do Mundo de Futebol, a F1 deve abreviar a temporada 2022. Diferentemente de anos anteriores, com provas indo até próximo de 15 de dezembro, a realização do evento no Catar entre 21 de novembro e 18 de dezembro deve forçar a categoria a encerrar mais cedo. Com isso, o GP de Abu Dhabi passa para 20 de novembro.

Veja o provável calendário da temporada 2022:

Data Grande Prêmio
20 de março GP do Bahrein
27 de março GP da Arábia Saudita
10 de abril GP da Austrália
24 de abril GP da China
08 de maio GP de Miami
22 de maio GP da Espanha
29 de maio GP de Mônaco
12 de junho GP do Azerbaijão
19 de junho GP do Canadá
03 de julho GP da Grã-Bretanha
10 de julho GP da Áustria
17 de julho GP da França
31 de julho GP da Hungria
28 de agosto GP da Bélgica
04 de setembro GP da Holanda
11 de setembro GP da Itália
25 de setembro GP da Rússia
02 de outubro GP de Singapura ou GP da Turquia
09 de outubro GP do Japão
23 de outubro GP dos Estados Unidos
30 de outubro GP do México
13 de novembro GP de São Paulo
20 de novembro GP de Abu Dhabi

Documentário sobre SCHUMACHER na Netflix VALE A PENA? Confira os pontos altos e baixos do filme

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Caótico GP da Itália acirra ainda mais rivalidade Hamilton x Verstappen na F1

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Alonso: F1 precisa de carros mais similares para que "qualquer um possa sonhar com pódio"

Artigo anterior

Alonso: F1 precisa de carros mais similares para que "qualquer um possa sonhar com pódio"

Próximo artigo

F1: Sainz feliz por vitória da McLaren em Monza, apesar de rivalidade no campeonato

F1: Sainz feliz por vitória da McLaren em Monza, apesar de rivalidade no campeonato
Carregar comentários